Ney propõe Estar especial para os pacientes de emergências hospitalares | Fábio Campana

Ney propõe Estar especial para os pacientes de emergências hospitalares

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual da Saúde e Cidadania, encaminhou proposta ao presidente da URBS, Roberto Gregório da Silva Júnior, solicitando a implantação de uma modalidade de Estar especial para atender hospitais e clínicas.

A idéia é que as vagas de Estar próximas aos estabelecimentos de saúde tenham um cartão ou credencial especial, cedido pelo próprio hospital para os pacientes utilizarem durante o tempo de consultas emergenciais.
Com o documento carimbado pelo médico, os pacientes teriam uma tolerância maior de horário para manter o veículo estacionado e não correriam risco de serem multados caso a consulta sofra algum atraso.


9 comentários

  1. Neusa do HC
    quinta-feira, 14 de março de 2013 – 17:48 hs

    O Ney sempre defendendo a saúde. Bom trabalho, deputado.

  2. Felipe
    quinta-feira, 14 de março de 2013 – 17:52 hs

    Olha, isto é necessário mesmo. Sempre que vou levar meu pai fazer hemodiálise, me incomodo com as “estaretes”.

  3. Engano
    quinta-feira, 14 de março de 2013 – 18:34 hs

    O caríssimo deputado se equivocou pois o Estar é agora com a Setran não com a Urbs.

  4. Ivo da Vila Leão
    quinta-feira, 14 de março de 2013 – 19:16 hs

    O Ney sempre faz ótimos projetos para nossa gente. Parabéns!

  5. Rosangela Wahrhaftig
    quinta-feira, 14 de março de 2013 – 20:33 hs

    Excelente esta proposta, hoje mesmo, aguardando consulta médica levei hora e meia para ser atendida, não podendo sair com receio de perder a vez, corri o risco de ser multada.

  6. Silva Jr
    quinta-feira, 14 de março de 2013 – 21:03 hs

    O que vai aparecer de chuncho …

  7. Lee
    quinta-feira, 14 de março de 2013 – 21:15 hs

    Já vi idéia idiota, mas essa é uma das maiores.

  8. sergio silvestre
    sexta-feira, 15 de março de 2013 – 8:02 hs

    Os deputados precisam tomar tenencia de que tudo que fazem para conseguir os votos de algum segmento,vai se tornando um fardo para a sociedade.
    Suas ações tem que ser balizadas na coerencia e não na pirotecnia,hoje muito usada para ter seu holofote.
    É igual o biscateiro polivalente ,que faz de tudo,assenta piso,faz pinturas,faz encanamento,tudo meia boca por não se especializar em uma só.

  9. Suely Walter
    sexta-feira, 15 de março de 2013 – 17:37 hs

    …e enquanto isso, uma certa madame advogada, na maior cara de pau, estaciona seu carrão, todas as manhãs na vaga de idoso, na Rua Voluntários da Pátria, para deixar o filhinho no ap da mamãe … que falta de educação e cidadania.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*