Na convenção do PMDB, Dilma diz que parceria terá "uma longa vida" | Fábio Campana

Na convenção do PMDB, Dilma diz que parceria terá “uma longa vida”

Do UOL, em Brasília:

Em discurso na Convenção Nacional do PMDB neste sábado (2) em Brasília, a presidente da República Dilma Rousseff comemorou a união com o PMDB e afirmou que a aliança do PT com o partido terá “uma longa vida”.

“É uma honra vir aqui na convenção do PMDB. Queria dirigir um cumprimento a meu grande parceiro, Michel Temer”, afirmou Dilma ao iniciar o discurso.

Presidente do Senado, Renan Calheiros (direita), abraça o ex-presidente da Casa, José Sarney, durante a convenção nacional do PMDB, realizada em Brasília neste sábado (Roberto Jayme/UOL).

“É uma honra participar da convenção do partido que é o maior parceiro do meu governo. [Essa] parceria é sólida, produtiva e, sem duvida, terá uma longa vida”, declarou a presidente.

Dilma disse que PT e PMDB são os partidos mais queridos do Brasil e relembrou a construção da aliança com o partido, nas eleições de 2010.


Vice-presidente da República, Michel Temer, festeja a reeleição como presidente do PMDB, definida em convenção do partido realizada neste sábado, em Brasília (Roberto Jayme/UOL).

“O PMDB e o PT naquele dia, se uniam, numa grande frente pelo Brasil”, declarou Dilma. “Nossas lutas não começavam naquele momento. Aquelas lutas vinham da resistência democrática, onde nós forjamos o combate à opressão, onde forjamos um compromisso forte com a liberdade”.

“Naquele dia, eu homenageei Ulysses Guimarães como homenageio hoje”, relembrou a presidente.

Em seu discurso de aproximadamente 45 minutos, não faltaram elogios ao PMDB e ao vice-presidente Michel Temer, que, à tarde, foi reeleito presidente da sigla.

“Hoje nós estamos dando mais um passo na nossa aliança. O PMDB é protagonista de uma as maiores coalizões formadas para governar o Brasil”, declarou Dilma, que, em seguida, fez uma defesa do modelo presidencialista brasileiro, à base de coalizões partidárias.

Para presidente Dilma, modelo de coalizão política é “uma celebração, um traço institucional”
“Nós sabemos que o Brasil tem sido, desde a redemocratização, governado por coalizões políticas. Dizem que as coalizões vão manchar a política. Pelo contrário. O diálogo, o entendimento na formação de alianças tornaram-se práticas usuais”, declarou Dilma. “Essa questão da coalização política, que hoje fazemos aqui uma celebração, é um traço institucional do nosso país.”

Segundo a presidente, as coalizões “bem construídas” oferecem maior estabilidade política e segurança institucional.

Em seguida, Dilma elogiou o partido de seu vice-presidente. “O PMDB nunca faltou ao meu governo. Independentemente das eventuais contradições, o PMDB soube ser o partido da unidade, da estabilidade, da governabilidade. Esse é o reconhecimento que o país deve ao PMDB”, declarou Dilma, seguida de aplausos dos militantes. “O PMDB me ajuda a governar.”

A presidente fez um afago ao PMDB do Rio, onde esteve na última sexta-feira (1). “Dinheiro não basta, por isso estou fazendo uma homenagem à parceria com o Rio de Janeiro, tanto com o governador [Sérgio Cabral] tanto com o prefeito [Eduardo Paes]”.

Dilma disse, no entanto, que a homenagem valia a todos os governadores e chegou a cometer uma gafe, chamando o vice-governador do Distrito Federal, Tadeu Filipelli, de governador [o governante é Agnelo Queiroz, do PT].

Ao homenagear o Rio, a presidente foi colocada novamente em uma saia-justa pelos militantes do PMDB, que gritavam “a juventude já declarou, 2014 é Pezão governador”.

Encerro desejando vida longa à nossa aliança. Vida longa a essa parceria”, declarou Dilma ao final de seu discurso. “Nós juntos, eu e o Temer, vocês, a base aliada, temos esse desafio maravilhoso que é transformar o Brasil. Eu queria dar um viva ao PMDB”, encerrou Dilma.

Dilma enfatiza importância de Temer e diz que vice é “o grande parceiro que poderia ter”

O vice-presidente Michel Temer também foi longamente elogiado por Dilma, que citou “suas qualidade de político competente, sério e excepcional articulador (…), nos representando de forma soberana e altiva no plano nacional, além das contribuições às nossas práticas administrativas”.

Segundo Dilma, Temer contribui para a construção de relações estáveis com os outros poderes.

“O vice-presidente Michel Temer é o grande parceiro que eu poderia ter”, disse, sendo interrompida pelos aplausos e gritos dos militantes. A presidente até comentou:
“a animação pro Temer tá ótima”.

“Nós formamos a chamada dobradinha, que se completa e se complementa”, elogiou Dilma,

Recepção a Dilma teve aplausos e pedidos por Pezão candidato em 2014
A presidente foi saudada calorosamente pelos militantes peemedebistas. “O símbolo do PMDB é uma chama. Essa chama revela a anima, no sentido de alma, do partido”, disse Michel Temer à presidente.

No entanto, Dilma não recebida apenas com aplausos. “Ô presidenta, 2014 é Pezão governador”, gritaram os militantes, em referência à disputa entre o senador Lindbgerh Farias (PT) e o atual vice-governador fluminense, Luiz Fernando Pezão, pelo posto de candidato da coalizão entre PT e PMDB.

Com a presença na convenção, a presidente encerra uma semana de agrados aos peemedebistas. Na quarta-feira (27), Dilma se reuniu com o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) e, à noite, foi a jantar oferecido por Temer em homenagem ao ex-presidente do Senado José Sarney (AP). Na quinta-feira (28), também se reuniu com o vice-presidente no Palácio do Planalto e nesta sexta (1) foi ao Rio de Janeiro, onde inaugura hospital com o prefeito Eduardo Paes e o governador Sérgio Cabral, ambos do PMDB. A presidente foi à inauguração de um novo museu no Rio e até dançou ao lado do governador fluminense.

O comparecimento à convenção nacional do PMDB foi a segunda participação de Dilma em um evento partidário em pouco mais de dez dias.

No último dia 20 de fevereiro, a presidente foi a São Paulo participar da festa de dez anos do PT no governo federal. No evento, foi informalmente lançada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição.

Economia e miséria
Durante o discurso, a presidente Dilma falou sobre economia, mas em nenhum momento citou o crescimento de 0,9% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, divulgado nesta sexta-feira (1º).

“Nosso modelo de desenvolvimento vem criando uma classe média que já é a maioria da população brasileira. Nós rompemos com aquela visão conservadora,que dizia que primeiro tínhamos que crescer para depois distribuir o bolo. Pelo contrário, quando o bolo é distribuído, o país cresce de forma cada vez mais efetiva”, discursou Dilma.

“O mundo viveu uma enorme crise, talvez a maior crise desde 1929. O Brasil não deixou de ser atingido.Mas nós mantivemos o país, gerando empregos, distribuindo renda”, afirmou.

De acordo com a presidente, “crises menores que essa” já teriam feito “o Brasil a bater na porta do FMI, pedindo de joelhos recursos e dólares”, o que, segundo ela, não ocorre agora.

A presidente também enfatizou o combate à miséria em sua fala. “Nós temos a obrigação de perceber que o fim da miséria é só o começo”, declarou, citando que o país tirou 22 milhões de pessoas da pobreza extrema. “O povo contente, com Dilma presidente”, gritaram os militantes após a fala.

Presidente nacional do PT, Rui Falcão representou Lula no evento do PMDB
No evento peemedebista, o presidente do PT, Rui Falcão, leu uma mensagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo a organização do evento, cerca de 1.600 pessoas estão presentes à convenção.

Antes de Dilma, falaram as principais lideranças do PMDB, como o presidente do partido Michel Temer, o presidente em exercício da legenda, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), o governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, e os presidentes da Câmara e do Senado, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros.


15 comentários

  1. OCIMAR
    sábado, 2 de março de 2013 – 20:17 hs

    E FICA TUDO EM QUADRILHA,PRA NOSSO AZAR ALI NÃO TEM INCÊNDIO,NÃO TEM EXPLOSÃO,ISSO SÓ ACONTECE ONDE TEM GENTE HONESTA.

  2. TRABALHADOR
    sábado, 2 de março de 2013 – 20:46 hs

    Desculpe mas esse PMDB é o partido que abriga os piores políticos do país, talvez o Pessuti se salve no meio dessa corja. Imagine esse Sarney não larga osso, esse cara depois que morrer vai virar assombração nos corredores do congresso, não vai mais querer ir embora nem depois de morto.
    E a Dilma com essa frase: “É uma honra participar da convenção do partido”. Tem dó Dona Dilma, uma musiquinha pra sua frase:

    Pega na mentira, pega na mentira
    Corta o rabo dela, pisa em cima, bate nela
    Pega na mentira..

    Garanto que ela adoraria estar lá no palácio do Alvorada fazendo seu crochezinho…

  3. Cajucy Cajuman
    sábado, 2 de março de 2013 – 22:54 hs

    Essa foto do Sarney e Renan é histórica. Duas histórias de um país ultrajado, vilipendiado e, porque não, empobrecido por tanta conveniência e interesses inconfessáveis…

  4. Vitor
    sábado, 2 de março de 2013 – 23:22 hs

    “TRABALHADOR”, me desculpe, mas abriga também dois políticos que são excelentes, na minha humilde opinião: o Senador Pedro Simon e o Senador Requião.

  5. Nelson
    domingo, 3 de março de 2013 – 0:34 hs

    Não misture alhos com bugalhos, o Senador Pedro Simon nunca trabalhou contra o seu estado. Já o requião….

  6. NA CORDA BAMBA
    domingo, 3 de março de 2013 – 6:05 hs

    Entre os políticos não existe o velho ditado “desta água não bebo”.
    São todos abelhas zangão sem ferrão, pois nenhum político que
    se preze pica outro político…

  7. TRABALHADOR
    domingo, 3 de março de 2013 – 6:47 hs

    Vitor concordo com o que você diz sobre o ‘SIMON”. Sobre o Requião, deixo para os outros leitores falem dele…

  8. Luiz
    domingo, 3 de março de 2013 – 8:45 hs

    Vitor, concordo com você. No PMDB existem pessoas e políticos excelentes.

  9. Charuto
    domingo, 3 de março de 2013 – 8:53 hs

    E no Paraná … os Deputados do PMDB se rendem ao poder e Governo do PSBD

  10. Silva Jr
    domingo, 3 de março de 2013 – 9:32 hs

    Grande Renan Calheiros, ex- MINISTRO DA JUSTIÇA do FHC.

  11. sergio silvestre
    domingo, 3 de março de 2013 – 9:40 hs

    Essa é uma parceria da parte do meu PMDB que me faz corar de vergonha

  12. GASTÃO
    domingo, 3 de março de 2013 – 21:38 hs

    COMECEI A LER ESTÁ MATÉRIA DA “UOL”, E FOI ATÉ O FIM.
    =========MEU DEUS,

    PORQUE FUI FAZER ISTO????????????????????????????????

    ??????????????????????????????????????????????????????

  13. tadeu rocha
    segunda-feira, 4 de março de 2013 – 9:39 hs

    TRABALHADOR, ATÉ MARIA VAI COM AS OUTRAS O PESSUTI, JA ESTA ENTRANDO NA DELES, O PESSUTI JA ERA, INFELISMENTE,,,, QUE MARAVILHA O RENAN , SARNEI, ETC, TODOS ABRAÇADO COM A DILMA, QUE PANELA, , SE FOR POR NA PONTA DO LAPIS, ENCHE UM SACO DE TANTAS NOGEIRAS DE TODOS, E OS BRASILEIROS BATEM PALMAS, OLHE A CARA DELES DE DEBOCHE.

  14. neuraldo
    segunda-feira, 4 de março de 2013 – 10:37 hs

    SO SE SALVA O DEPUTADO FEDERAL HERMES FRANGAO PARCIANELLO O MELHOR DEP DO PARANA ´, ÚNICO QUE CAMINHA COM MÃO LIMPA E TRAZ RECURSO PARA 140 MUNICÍPIOS, VC ESTA MAL ENFORMADO trabalhador, pissuti o que vive DE CORONA DO REQUIÃO.

  15. JOAO VICTOR
    segunda-feira, 4 de março de 2013 – 10:47 hs

    É MUITO BANDIDO NUMA FOTO SO

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*