Inquérito sobre boate Kiss será entregue hoje | Fábio Campana

Inquérito sobre boate Kiss será entregue hoje

A Polícia Civil de Santa Maria entrega nesta tarde à Justiça o inquérito sobre o incêndio na boate Kiss. O maio inquérito da história do Rio Grande do Sul, com mais de 10 mil páginas, deve responder a algumas das perguntas que familiares das vítimas, imprensa e sociedade em geral fazem desde o dia da tragédia, em 27 de janeiro: que fatores ou circunstâncias contribuíram para o incêndio e quem são os principais responsáveis? Por enquanto, o delegado Ranolfo Vieira Júnior, chefe da polícia gaúcha, evitou adiantar quantos indiciamentos serão feitos. A entrega está marcada para as 14h, na 1ª Vara Criminal de Santa Maria. A polícia convocou uma entrevista coletiva para as 14h30, após a entrega do inquérito.

Saiba mais:
Polícia diz ter fortes indícios de que boate Kiss não poderia estar aberta
Presos tentaram obstruir ou manipular provas sobre o incêndio, diz MP
Incêndio em boate deixa mais de 180 mortos em Santa Maria, no RS


2 comentários

  1. Barbudo
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 8:23 hs

    Com este acidente ficou o recado à muitos que dão carteiradas , fazem o jeitinho brasileiro para conseguir vantagens e agilizar alvaras, documentos …e servidores públicos corrumpidos se achando “espertos”, agora muitos destes irão prestar contas e responsabilidades com a Justiça na mortes destas pessoas.
    Não é só adiantar e liberar para funcionar e empresarios que ficam “colocando” pessoas pra dentro com super lotação, isto agora tem que ter RESPONSABILIDADE !!

  2. Olho Vivo
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 11:16 hs

    Mas que sejam apuradas as verdadeiras responsabilidades sem poupar ninguém, desde o fiscal da prefeitura que tinha obrigação de fiscalizar, o bombeiro reponsável que assinou o laudo de liberação, o chefe do poder público local, o chefe da corporação que tem obrigação de cobrar empenho e dedicação de seus comandados e do chefe maior do estado do Rio Grande do Sul, pois é dele a responsabilidade sobre o cuprimento das leis.

    Cadeia para todos que estejam envolvidos nessa pavorosa história, pois tenham certeza que alguém recebeu dinheiro para liberar o local para funcionamento, mesmo sem saída de emergência, mesmo sem atender a legislação em vigor. Alguém pagou e alguém recebeu propina e estes são tão assassinos quanto os que atearam fogo e os que superlotaram o local.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*