Inflação da baixa renda sobe mais | Fábio Campana

Inflação da baixa renda sobe mais

Da Miriam Leitão, O Globo:

A inflação das famílias de baixa renda, medida pelo INPC, que já tinha estourado o teto da meta, subiu ainda mais em fevereiro. No acumulado em 12 meses, passou de 6,63% para 6,77%. Mas em algumas regiões do país está bem acima disso, ultrapassando 9%, como é o caso de Belém (9,14%) e Fortaleza (9,24%).

O INPC também superou o teto da meta em Belo Horizonte (6,55%), Goiânia (6,99%), Salvador (7,52%) e Recife (7,74%).
Esse indicador, que mede a inflação das famílias com rendimento entre um a cinco salários mínimos, tem um peso maior dos alimentos, cujos preços vêm subindo.


3 comentários

  1. Strapasson
    segunda-feira, 11 de março de 2013 – 13:49 hs

    O estoque de maquiagem petralha na economia está acabando.

    “2013 o bicho vai pegar”, não é mesmo ministro?

  2. OCIMAR
    segunda-feira, 11 de março de 2013 – 17:52 hs

    ISSO É MUITO BOM PRA TURMA DO BOLSA QUADRILHA,CONTINUEM VOTANDO NESSA BANDIDAGEM petista.

  3. sergio silvestre
    segunda-feira, 11 de março de 2013 – 20:11 hs

    Não se preocupem que a Leitão não sabe que o pib do pobre e do medio assalariado subiu mais de 10%.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*