Governo fecha detalhes de novo pacote de desonerações | Fábio Campana

Governo fecha detalhes de novo pacote de desonerações

Do Painel, Folha de S.Paulo:

Catraca livre O governo fecha detalhes de um novo pacote de desonerações, desta vez na área de transporte público, para evitar alta de tarifas de ônibus e metrô que impactem a inflação. Depois de anunciar corte de impostos da cesta básica e redução na conta de luz, Dilma Rousseff pode lançar no Dia do Trabalho as novas medidas, que incluem corte de PIS/Cofins para óleo diesel, desoneração da folha de pagamento de empresas de ônibus e metrô e cortes de tributos de pneus e maquinário.

Mãozinha Um dos potenciais beneficiários da medida seria Fernando Haddad, que postergou para junho o impopular reajuste de ônibus que deveria fazer no início de seu mandato. A passagem está congelada há dois anos.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 10:48 hs

    As contas dos economistas de galinheiro do governo, só pensam na propaganda das galinhas que botam ovos de codorna e carcarejam como se fossem ovos de dinossauro. Para enganar a plebe, anunciam desonerações em tempos de remarcação de preços, que já iriam acontecer, porque a inflação passada tem que ser repassada aos custos, porque os aumentos salariais também são. É a aritmética elementar da economia, onde não há almoço grátis. No Brasil onde até o pãozinho francês paga impostos em cascata, a propaganda de galinheiro do governo federal com as desonerações não resolverá nada. Almoço grátis, só em Roma. A inflação começa seu galope.

  2. Silva Jr
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 21:16 hs

    Em contrapartida os tucanos aumentam a tarifa da água, isso não é propaganda doutor, é a filosofia liberal … fa oposição ficou 10 anos pedindo desoneração tributária, quando o governo federal atende, ela não gosta, acha ruim, isso se chama esquizofrenia … enquanto a oposição ficar atacando essas iniciativas do governo só vão levar pau, pois ela mesmo se desacredita perante a população … isso não é inteligente

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*