Gilbertinho e o dízimo | Fábio Campana

Gilbertinho e o dízimo

O dízimo, por Mary Zaidan, em O Globo:

Guia de Dilma Rousseff na cerimônia de entronização e no encontro privado com o Papa Francisco, em uma viagem que ficará marcada pelo contraste entre a gastança da comitiva brasileira e a pregação pelos pobres feita pelo Pontífice, o ministro Gilberto Carvalho não se apoquenta. Nem quando quebra ou deixa quebrar, diante de seu nariz, símbolos de sua fé.

Católico (foi ligado à Pastoral Operária), Carvalho é também porta-voz e apara-arestas do governo e das campanhas majoritárias petistas junto aos evangélicos. Na última sexta-feira, representava a presidente na Convenção Nacional das Assembleias de Deus, realizada em São Paulo.

Ali, ouviu impassível seu colega de governo Marcelo Crivella (PRB), ministro da Pesca, conclamar mais de três mil pastores a aplaudir o governo porque as políticas voltadas aos pobres permitiram aumentar a arrecadação de suas igrejas. “A nossa presidenta e o presidente Lula fizeram a gente crescer porque apoiaram os pobres. E o que nos sustenta são dízimos e ofertas de pessoas simples e humildes.”

Parece brincadeira, mas não é.

Da saia-justa que lhe impôs Crivella, Carvalho escapou sem dar um pio. O mesmo não pode fazer com os custos exorbitantes da estadia em Roma – quatro dias para pouco mais de cinco horas de agenda oficial, gastos de R$ 324 mil só em hospedagem, sem contar os 21 veículos locados, refeições e diárias adicionais. Sem conseguir explicar o inexplicável, considerou o tema como “falta de assunto” e ponto.

Ambos os casos ilustram de maneira cristalina como o governo vê e lida com os mais pobres. Os mesmos pobres que inflam a popularidade recorde da presidente.

Em Roma, para ver o Papa apologista da simplicidade, considerou-se normal, ou pior, de praxe, que a presidente e seus ministros – aliás, o que mesmo o ministro da Educação Aloisio Mercadante foi fazer lá? – se hospedassem em um dos hotéis mais luxuosos da Europa, pagos pelos impostos dos brasileiros.

Entre os 132 chefes de estado presentes à cerimônia de entronização, só o vice-presidente dos EUA e o presidente de Taiwan ficaram no mesmo hotel de Dilma.

Mas, se como diz Carvalho isso é falta de assunto, vamos ao dízimo.

“Com a presidenta Dilma, os juros baixaram. Quem paga juros é pobre. Com menos juros, mais dízimo e mais oferta”, explicou o ministro da Pesca, diante do secretário-geral da Presidência. Não recebeu qualquer reprimenda. Talvez porque aqui a semelhança não seja mera coincidência.

A lógica cartesiana que o evangélico Crivella expôs é a mesma que orienta os passos da campanha pela reeleição da presidente: o dízimo é o voto.

Mary Zaidan é jornalista. Trabalhou nos jornais O Globo e O Estado de S. Paulo, em Brasília. Foi assessora de imprensa do governador Mario Covas em duas campanhas e ao longo de todo o seu período no Palácio dos Bandeirantes. Há cinco anos coordena o atendimento da área pública da agência ‘Lu Fernandes Comunicação e Imprensa’. Escreve aqui aos domingos. @maryzaidan


16 comentários

  1. Constanza del Piero
    domingo, 24 de março de 2013 – 19:52 hs

    Quem quer ter uma conversinha de pé de orelha com esse Gilbertinho, é a família do Prefeito Celso Daniel! – Pena que no momento, por motivo de segurança, estão exilados; alguns na Europa, e outros escondidos pelo interior do Brasil.
    Sabem que o risco de encontrarem uma Sombra pelo caminho também pode lhes ser fatal…

  2. roque
    domingo, 24 de março de 2013 – 20:05 hs

    Há mais de 50 anos atrás o Presidente da França General de Gaulle emitiu uma famosa frase por ocasião da Guerra da Lagosta entre Brasil e França :

    ” O BRASIL, ESTE NÃO É UM PAÍS SÉRIO “.

    Decorrido todo esse tempo e lendo a notícia acima verifica-se que lamentavelmente o Brasil continua não sendo um país sério.

    Deplorável

  3. CR-10
    domingo, 24 de março de 2013 – 20:21 hs

    PQP!

  4. Anônimo
    domingo, 24 de março de 2013 – 21:58 hs

    Padreco de passeata sera sempre isso

  5. PK
    domingo, 24 de março de 2013 – 22:05 hs

    CESTAS!!! BOLSA POBRE É VOTO VIRTUOSO; MAS GASTANÇA DESNECESSARIA É ABSURDO DE QUEM NÃO TEM CONDUTA POLITICA COM OS ELEITORES!!! E AINDA PENSAM EM REELEIÇÃO DO PT? NA SEXTA VAI TER DISTRIBUIÇÃO DA CESTA DO POBRE…, É A CRUZ QUE O ILUDIDO CARREGA!!!

  6. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 8:15 hs

    Não me digam que estão “pagando” dízimo sobre o Bolsa Família?

  7. toninho
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 9:36 hs

    Se o governo deu melhor qualidade de vida para o povo, com a melhoria da sua renda, não é o culpado, se por tabela aumentou a receita de dízimo das igrejas caça-níqueis. Essas igrejas vendem prosperidade e as pessoas que as frequentam querem melhorar de vida aqui, o que disvirtua o principio religioso de se alcançar o céu o inferno após a morte.
    Então analisem a notícia sob outro prisma.Culpados são os fiéis que pagam para obter benefícios na sua vida material.

  8. Sansan
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 9:39 hs

    Esse é o povo santo???? quem ajuda aos pobre embresta a Deus, não assim???? E quem ajuda essa corja de VAGABUNDOS QUE SE ESCONDE ATRÁS DE IGREJAS, VIAGENS PARA ASSALTAR NA CARA DURA??? Primeiro, pastor e Padre etc não deveriam JAMAIS ENTRA NA ESFERA POLÍTICA CERTO????, O LUGAR DELES É ARREBANHAR SEUS FIÉIS… … A PTzada TA POUCO SE LIXANDO P GASTOS, ELES QUEREM APARECER FICAR EM EVIDÊNCIA junta tudo que não presta…MEU DEUSSS…

  9. Sansan
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 9:41 hs

    Esse é o povo santo???? quem ajuda aos pobre embresta a Deus, não assim???? E quem ajuda essa corja de VAGABUNDOS QUE SE ESCONDE ATRÁS DE IGREJAS, VIAGENS PARA ASSALTAR NA CARA DURA??? Primeiro, pastor e Padre etc não deveriam JAMAIS ENTRAR NA ESFERA POLÍTICA CERTO????, O LUGAR DELES É ARREBANHAR SEUS FIÉIS… … A PTzada TA POUCO SE LIXANDO P GASTOS, ELES QUEREM APARECER FICAR EM EVIDÊNCIA junta tudo que não presta…MEU DEUSSS…

  10. Olho Vivo
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 10:39 hs

    Esta é a forma mais suja de se fazer política, em um dia se lança um “belo” pacote de bondades e no outro se torra o dinheiro dos impostos com viagens desnecessárias (pelo menos para 90% dos passageiros). O povo ignorante enaltece o PT e isso continuará até surgirem novos eleitores, gente que pensa e que não quer ficar apenas recebendo migalhas do governo federal, gente que deseja um futuro para sí e para os seus.

  11. Ed
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 10:51 hs

    Igrejas deveriam ser obrigadas a declarar e pagar Imposto de Rendas como calquer outra pessoa física ou jurídica. Nem que fosse uma quantia simbólica, mas para se ter controle contábil e de arrecadação.

  12. guri de palmas
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 11:19 hs

    A culpa é do Lula.
    Foi com o presidente Lula que as contas públicas começaram a ser divulgadas.
    Antes do governo do Lula, qualquer viagem de político do executivo era segredo de estado em qualquer esfera, municipal, estadual ou federal.
    Ninguem pergutou quanto o Tancredo gastou em suas andanças pela Europa, Ásia, África e América depois que foi eleito pelo colégio eleitoral e antes da sua, não ocorrida posse.
    Quem pagou aquela conta?
    Ele viajou sozinho?
    Foi do bolso dêle?
    Acho que não pois os Neves sempre foram uma família honrada e de poucas posses.
    E eram necessárias essas viagens?
    É claro que sim. Um país que se preze, a quinta economia do mundo, não pode ficar ausente nos principais eventos globais.
    Ninguem perguntou qual foi o staff que o Obama levou nesta viagem ao Oriente Médio. Será que ele foi sozinho e de avião de carreira.
    Deixem de ser reacionários e sejam racionais.
    Se estivessemos no tempo do FHC, Collor, etc…
    Ninguem ficaria sabendo nada da viagem, apenas que foram.
    Governar com transparência tem este custo. Os idiotas dos reacionários ficam contanto até quantos cafezinhos a comitiva tomou para demonstrar os exageros, que eles entendem ser.

  13. justino bonifácio martins
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 12:06 hs

    Será que os católicos pagam dízimo ao Banco do Vaticano? O Vaticano é muito pobrecito e tá precisando dos fiéis.

  14. TROLL
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 12:27 hs

    Tá explicado o apoio de certas alas religiosas a canalhada do governo!
    A evangelização do voto está no ar.

  15. OCIMAR
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 18:10 hs

    LIXO IMUNDO,IGUAL AO CHEFE DA QUADRILHA,O LULADRÃO.

  16. Constanza del Piero
    terça-feira, 26 de março de 2013 – 10:25 hs

    Bah; Guri de Palmas! – Vê-se mesmo, que és um guri! – Querer comparar a viagem de Tancredo; a viagem de Obama, e outras criancices, com o festerê extemporâneo, ridículo, absolutamente dispensável, verdadeiro crime de lesa-pátria perpetrado por dilma e sua currióla, só podia sair da jovem cabecinha dum piá, mesmo tchê!
    Leia mais guri! – Vá atrás de outras informações! – Espelhe-se em alguns políticos brasileiros, homens sérios, honestos, preocupados com o dinheiro público.
    Pense sobre nosso Manoel Ribas, aqui no Pr, que pagava com dinheiro do próprio bolso, a postagem de sua correspondência pessoal.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*