"Nos antecipamos no combate ao crime organizado", diz Vasques | Fábio Campana

“Nos antecipamos no combate ao crime organizado”, diz Vasques

O secretário de Segurança Púbica do Paraná, Cid Vasques, disse há pouco que a transferência de 38 presos do Paraná para presídios federais foi uma forma de prevenção contra o crime organizado. Ele afirmou que os presos foram selecionados depois que a polícia percebeu movimentos anormais nas unidades prisionais do estado.

“Percebemos alguns internos que estavam um pouco mais ativos no sentido de agir fora dos estabelecimento penais e em função disso, nos espelhando no que aconteceu em outros estados, resolvemos nos antecipar”, afirmou Cid Vasques.

O secretário afirmou, ainda, que o estado está atendo para coibir a ação do crime organizado no estado. ”Crime organizado existe em todo o país. A questão é a força que ele tem. No Paraná, nós estamos neutralizando”, garantiu Vasques.

Os detentos foram transferidos a presídios federais de Mossoró (RN) e Porto Velho (RO). Eles foram transferidos em aviões da Força Aérea Brasileira a pedido da Secretaria de Segurança Pública do Paraná.


15 comentários

  1. Anastasia
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 10:16 hs

    Parabéns ao Secretário por mais essa iniciativa. O destemor na luta contra a criminalidade é exemplar!

  2. quinta-feira, 21 de março de 2013 – 10:56 hs

    Que saudades do Delazari,no tempo dele o Parana tinha muita seguranca.

  3. p
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 11:46 hs

    Parabéns Dr. Cid e equipe. É assim que se comanda. Prevenir crimes é medida inteligente. Não se pode dar luz a bandidos.

  4. João Carlos
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 12:35 hs

    Apesar da maioria dos meus comentários não serem publicados neste blog, venho elogiando sistematicamente o tal do Secetario de segurança, pois o cara não aparece, mas TRABALHA!
    PARABÉNS

  5. Peter BadHarthes
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 12:41 hs

    A secretaria estadual de Segurança deveria executar um trabalho corajoso e decisivo na fiscalização da fronteira paranaense com o Mato Grosso do Sul, o Paraguai e a Argentina (Foz). O Paraná é, além de corredor, um estuário do narcotráfico.
    Uma ação forte e intensa, provocaria, com certeza, uma sensível diminuição nas ocorrências aqui no PR.
    Esperar a atuação do governo federeca é acreditar em duende.

  6. Maria Julia
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 13:19 hs

    Fico feliz em saber que a Segurança Pública do Paraná está em boas mãos. Não precisa esperar acontecer para depois tomar alguma atitude, como é o normal ocorrer… não precisa esperar pessoas inocentes, pais de família perderem suas vidas para depois fazer algo. O fogo tem ser apagado no inicío. É isso aí Dr. Cid mais uma vez PARABÉNS pela operação.

  7. Acyr Neto
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 14:35 hs

    Iniciativa excelente, após o Governador entender, sabe se lá o por quê, em alocar os detentos da organização criminal PCC no mesmo pavilhão em Piraquara.

    Até para quem não entende ‘lhufas’ de questões de segurança, sabem que a medida é inoportuna e facilita a comunicação entre as lideranças desse bando maldito.

    Só não me venham com essa demagogia de que o PR está isento destes grupos organizados, pois é a mais pura mentira!

    Aliás, mentira é o que este governo estelionatário e o governo federal mais empurram goela abaixo da população.

  8. Policial atento
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 14:43 hs

    Saudades do Delazari Juarez, você só pode ta de brincadeira, o cara foi demitido por INSUFICIENCIA ADMINISTRATIVA . KKKKKKKK

  9. Carlos
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 18:16 hs

    Saudades do Delazari só pode ter sido escrita por ele ou pelo Harry. Kkkkkk

  10. Zacs
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 18:38 hs

    Parabéns pelo esforço. Por favor, faça mais. Muito mais. Há muita coisa a ser feita. A insegurança é generalizada.

  11. Silva Jr
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 21:13 hs

    Ahahahah, que piada, se não fosse mais uma vez o governo federal agindo no Paraná avisando esse governinho… esse governador é uma piada, até a redução da tarifa de energia elétrica ele tentou roubar da Dilma.

  12. Dieter
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 21:23 hs

    Inteligência é assim, estar sempre um passo à frente.
    Parabéns.

  13. Keith
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 22:36 hs

    Parabéns à SESP, em especial ao Dr. Cid Vasques e ao Cel Roberson Cmt Geral da PMPR, por essas medidas transferindo esses lixos do crime bem longe da população paranaense. Fica aqui o nosso reconhecimento e a nossa gratidão a esses profissionais da Segurança Pública.

  14. gilsinho mauri
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 23:27 hs

    é isso ai – todos sabemos que o serviço de inteligência é o ponto fundamental para uma segurança efetiva e é o que antecipou uma proteção ao nosso estado; agora é fazer parceria com o exército para cuidar das fronteiras e fazer a toque de caixa penitenciárias “abertas” em áreas metropolitanas, com a tecnologia moderna de proteção e com a possibilidade de permitir aos presos um trabalho ao ar livre. É mais barato e esvazia as delegacias; Hitler fez isso há 70 anos atras………………

  15. Marvado
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 0:29 hs

    Precisou morrer dois agentes penitenciários para que o Secretário tomasse atitude. Criação de uma polícia penitenciária já.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*