Dilma diz que sua fala sobre inflação foi 'manipulada' | Fábio Campana

Dilma diz que sua fala sobre inflação foi ‘manipulada’

Em entrevista no exterior, a presidente afirmou ser contra políticas de combate à inflação que produzem redução do crescimento.

Do Globo:

BRASÍLIA- A presidente Dilma Rousseff divulgou na tarde desta quarta-feira uma nota no Blog do Planalto afirmando que foi mal interpretada em suas declarações sobre inflação em Durban, na África do Sul, onde participa da 5ª Cúpula dos Brics (grupo de países formado por Brasil, Rússia, China e África do Sul). Em entrevista a jornalistas brasileiros, a presidente afirmou ser contra políticas de combate à inflação que produzem a redução do crescimento econômico. Em nota, Dilma disse que sua fala foi manipulada e que o combate à inflação é uma preocupação permanente de seu governo

“Foi uma manipulação inadmissível de minha fala. O combate à inflação é um valor em si mesmo e permanente do meu governo”, afirmou na nota.

O comunicado oficial diz ainda que a explicação da presidente foi dada depois que ela foi informada de que o mercado financeiro estava interpretando de forma equivocada suas declarações.

“(A clarificação) foi feita após a presidenta tomar conhecimento de que agentes do mercado financeiro estavam interpretando erroneamente seus comentários como expressão de leniência em relação à inflação. A presidenta solicitou ao presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, que também desse esclarecimentos sobre o assunto”, diz o texto do Blog do Planalto.

Na entrevista, em Durban, Dilma foi questionada sobre pressões inflacionárias no Brasil, ao que respondeu:

– Eu não concordo com políticas de combate à inflação que olhem a questão da redução do crescimento econômico, até porque nós temos uma contraprova dada pela realidade. dada pela realidade. Nós tivemos um baixo crescimento no ano passado e houve um aumento da inflação porque teve um choque de oferta devido à crise. Um dos fatores era externo. Não tem nada que nós possamos fazer internamente, a não ser expandir a nossa produção, para conter o aumento dos preços das commodities derivado da quebra de safra nos Estados Unidos.


10 comentários

  1. Antonio Alvaro Rosar
    quarta-feira, 27 de março de 2013 – 19:09 hs

    Manipulado ta sendo nosso dinheiro.

  2. Deutsch
    quarta-feira, 27 de março de 2013 – 21:00 hs

    Mais uma antice da presidANTA.
    Ouvi a entrevista e ela só falou merd@.Não diz coisa com coisa.
    A burra devia pedir o boné e se asilar em Cuba.

  3. Carlos Popper
    quarta-feira, 27 de março de 2013 – 22:29 hs

    A inflação, ao reduzir o poder de compra da população e desorganizar a economia, reduz o crescimento, presidenta!

  4. Analista de Bagé
    quinta-feira, 28 de março de 2013 – 7:10 hs

    Pelo destempero evidente, imagino que deva ser difícil trabalhar com alguém que não reconhece o espaço para a diversidade de opiniões…

    Dilma, se você nao aprendeu e mudou em 4 anos, é melhor que a população lhe substitua nas próximas eleições!

  5. ´PARANÁ
    quinta-feira, 28 de março de 2013 – 7:49 hs

    FALOU SIM. OU ERA UMA SÓSIA DELA?

  6. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 28 de março de 2013 – 8:47 hs

    Ganhei uma tevê ZéBéTo num concurso sobre frases espirituosas, e coisa e tal. Falei que Dilma, candidata, era achista. À toda pergunta numa entrevista, iniciava a resposta que nunca respondia nada, com o cansativo”””Bem, eu acho que……

    Mas eu preferia que ela, presidente, continuasse ACHANDO.

    Agora, fala com convicção e só dá nisso, uma kaahada atrás da outra.

    A propósito, donde é mesmo o “deproma” da faculdade dela?

  7. quinta-feira, 28 de março de 2013 – 9:16 hs

    Quer fazer gracinha com frases dúbias e se borra toda!

    E presidanta.

  8. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 28 de março de 2013 – 9:35 hs

    Manipulação coisa nenhuma. Não há como manipular, pois foi transmitido pela tevê. Ela mesma falou. Ocorre que madama presidenta, não raro, formula frases de dificil inteligência e lógica questionável. Talvez por seus próprios atributos pessoais ou seguindo algum script de sua assessoria amanteigada. A mesma assessoria que disse que o Brasil cresceria 5%, depois foi baixando até o pibinho miserável que foi. A lógica lulopetista de sucesso econômico vem se esboroando e deita por terra a tese das grandes conquistas do grande líder. O Brasil apenas surfou a onda de crescimento que sustentou a economia mundial por bons dez anos ou mais e agora minguou. Aepsar de utilizar os mesmos mecanismos econômicos de antes, adicionado de favores fiscais, diminuição dos juros, aumentos das bolsas-misérias e outras parlapatices demagógicas, a varinha de condão do lulopetismo não foi capaz de fazer os mesmos truques de anos atrás. A resposta é simples, nunca houve truques, nem mágicas. O Brasil crescia, porque o mundo crescia. Agora o Brasil míngua, porque o mundo míngua. Vamos ver as mágicas e truques da cartola de madama presidenta e seu assistente de manteiga derretendo.

  9. Rodrigo
    quinta-feira, 28 de março de 2013 – 13:27 hs

    pior é que tem um monte de gente que torce pelo pior. a grita dos que não enchem mais as burras com dinheiro oriundo dos altos juros, já contaminou até cidadãos comuns que engolem com farinha as colunas do merval pereira, da eliane cantanhêde e as “análises” da miram leitão e do carlos sardemberg. basta ver os comentários anteriores. entãom muito tempo esses arautos da economia, timidamente falvam sobre como os juros no brasil eram altos e tal. o populacho gritava e urrava pedindo juros menores. quando os juros de fato caem e cehagam ao menor patamar da história da república, a mesma imprensa e os mesmos arautos da economia, com uma virulência assutadora, exigem qua os juros aumentem, e o populacho raivoso apluade, torce pelo pior. a pergunta que deveria ser feita a quem está gritando pelo aumento de juros: a quem interessa aumentar juros? ao povo? será que não se lembram do período em que éramos governados pelos arautos da economia no qual a cada aumento de juros, crescia o desemprego e também dimunía o crescimento econômico??
    parabésn à presidente dilma: emprego em primeiro lugar, juros no fim da fila. eu agradeço.

  10. Constanza del Piero
    quinta-feira, 28 de março de 2013 – 17:36 hs

    Essa mulher é um acidente de percurso!
    Lamentavelmente o poste cansou de ser poste, e decidiu virar presidente! Daqui pra frente, aguentem os tropeções!
    O velho trapaceiro, com toda aquela molemolência de boteco, falava as merdas, mas tudo de forma dúbia; com duplo sentido! – Essa não! Agora deu de afirmar categóricamente…
    Pois é, Parreira! Você alertou-a, e ela cansou de achar; também!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*