Dilma barra projeto de Lula que tira poder de agências reguladoras | Fábio Campana

Dilma barra projeto de Lula que tira poder de agências reguladoras

Dilma participa de evento no Palácio do Planalto (Alan Marques / Folhapress).

Da Folha de S.Paulo:

A presidente Dilma Rousseff decidiu retirar do Congresso o projeto de lei que desidrata o poder das agências reguladoras, disse à Folha a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, na quarta-feira (13). A decisão foi publicada nesta quinta-feira (14) no “Diário Oficial” da União

Enviado em 2004 pelo presidente Lula, o projeto previa a transferência do poder de outorga (concessão de um serviço) das agências para os ministérios.

A decisão contradiz o subchefe para assuntos governamentais da Presidência, Luiz Alberto da Silva.

Em reportagem publicada ontem na Folha, ele afirmou que o governo aguardava a aprovação da medida para garantir o controle social e a transparência dos reguladores. No Senado, tramita um projeto com o mesmo teor, do senador Walter Pinheiro (PT-BA).

A chefe da Casa Civil, no entanto, confirmou os planos de aumentar os mecanismos de fiscalização das agências. O governo prepara uma reestruturação das agências reguladoras –responsáveis por garantir a qualidade de serviços como telefonia, aviação, eletricidade, transporte e abastecimento de água.

Elas ganharão capacidade de fiscalização, e as primeiras medidas estão ainda sendo acertadas e devem ser anunciadas até sexta. A Folha apurou que a presidente Dilma Rousseff vai condicionar o repasse de verbas extras à “produtividade” de cada agência reguladora.


Um comentário

  1. sergio silvestre
    sexta-feira, 15 de março de 2013 – 8:09 hs

    Acho que essas agencias são um antro de corrupção.Tambem acho que o governo junta para si muita coisa que deveria deixar para a iniciativa privada.Mas tem tres coisas que deveria tabelar,os remedios,gasolina e tarifas de transporte.
    Esses são os geradores de muita diferença de preços de um lugar para outro,principalmente os remedios,onde o preço de balcão é cem reais mas com os descontos chega a custar trinta reais,com todo mundo tendo seu lucro.
    Agora ,imaginem se a gente não pedir desconto?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*