Depois do Ibope, a difícil tarefa da oposição | Fábio Campana

Depois do Ibope, a difícil tarefa da oposição


Do Merval Pereira, O Globo:

A pesquisa do Ibope/CNI foi uma ducha de água fria nos candidatos a opositores da reeleição da presidente Dilma Rousseff, em menor intensidade para o senador Aécio Neves, que é mesmo da oposição. Não parece provável que desista da candidatura mesmo diante da aparência de imbatível que a presidente Dilma ostenta nesses dias.

Há quem acredite nos meios políticos — um deles é o governador Eduardo Campos, que torce por isso — que o senador Aécio Neves pode partir para tentar se eleger novamente governador de Minas se a presidente estiver muito bem nas pesquisas no início do ano, mas é difícil que isso aconteça. Ao assumir a presidência do PSDB em maio, Aécio estará comprometido com um projeto partidário que não se abandona sem mais nem menos.

Nem uma eventual dissidência tucana em São Paulo pode servir de desculpa, pois tudo indica que ele terá o apoio do governador Geraldo Alckmin, mesmo que José Serra não se engaje na campanha. Como Aécio ainda tem quatro anos de mandato, poderia disputar a eleição presidencial sem perder o mandato, e ficaria com a imagem nacional para tentar novamente em 2018.

É claro que naquela eleição poderá ter outra vez um candidato de peso em São Paulo, se o governador Geraldo Alckmin se reeleger.

O governador Eduardo Campos, que costeia o alambrado governista quase fora do controle, deve ter tomado um baque com o crescimento de popularidade presidencial no Nordeste, sua região. Mas reagiu como quem está disposto à luta. Já havia dito que popularidade não é voto, e disse sobre a pesquisa que ninguém deve cantar vitória antes do tempo.

O governador de Pernambuco tem dito a interlocutores que está disposto a se candidatar mesmo para perder, embora não goste de perder, desde que o PSB considere essa uma tarefa importante com vistas ao futuro do partido.

Os poucos setores que têm dúvidas sobre a viabilidade de sua candidatura temem que esse périplo que vem fazendo pelo país, reunindo-se com políticos e empresários, dê ao eleitorado pernambucano a sensação de que está abandonando o estado, quando o principal trunfo que ele tem é sua gestão.

Parece ser uma preocupação excessiva, pois a situação de Campos em Pernambuco é diferente da de Gilberto Kassab em São Paulo, que foi punido pelo eleitorado depois que, na percepção popular, abandonou a cidade para sair pelo país na construção do seu PSD.


8 comentários

  1. sergio silvestre
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 18:39 hs

    Nem a pau MERVAL.O Aécio vai correr da raia.
    Tem medo de levar uma lavada e despencar seu prestigio em MINAS.
    Como é vivo e aprendeu muitas traquinagens com o avo,vai de governador mesmo,que isso já dá para as pingas,

  2. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 21:07 hs

    É indubitável que o petê ficará o tempo que quiser na chefia do
    Executivo.

    Se fez Oposição, apesar da farta munição?

    Uma ou outra voz levada pelos ventos.

  3. Silva Jr
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 21:09 hs

    A receita para a oposição é simples, TRABALHE, e vê se para de ficar só atacando raivosamente sem a mínima noção e ficar prevendo desgraças numa economia sólida e forte como a nossa. Não é a toa que está desacreditada.

  4. rock
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 22:09 hs

    Se o Aécio quer ser candidato tem que parar de beber hoje mesmo para ver se consegue ficar são até as eleições.

  5. Constanza del Piero
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 22:27 hs

    Enquanto for pesquisa IBOPE/CNI, nada diz! – Essa não vale nada! Essa é só pra alegrar o baixo clero, né Serjâo?, apavorado com tantas trapaças e ladroeiras do time de mensaleiros.

  6. POVO DO VALE DO IVAI
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 22:28 hs

    AÉCIO FICA AI EM MINAS QUE NO BRASIL A ELEIÇÃO VAI SER DILMA DIFICULDADE PARA O PSDB.

  7. quinta-feira, 21 de março de 2013 – 22:54 hs

    ei … sergio, essa pesquisa do ibope é feita dentro do gabinete da dilma, só pode !kkkk

  8. Olho Vivo
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 11:39 hs

    Ainda acredito que o Eduardo Campos pela força política que tem hoje, possa ser melhor candidato contra Dilma que Aécio Neves. Campos ganha espaço que antes era do PSDB. Dilma e o PT não estão com esta bola toda não, e sabemos nós que existe muita diferença entre pesquisa de hoje e pesquisa no “pega pra capar” das eleições. O PT não colabora muito com Dilma, pois cria fatos ruins a cada dia e isso vai com toda certeza ser prejudicial a ela na campanha de 2014, assim como será ruim para a Papagaia Loira do bico dourado aqui no Paraná. O Partido de ambas vem com sérias manchas negras e como hoje o povo tem muito acesso a informação, não pensem que será tão fácil como tentam mostrar. Se Campos sair candidato Dilma e o PT terão sérios problemas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*