De olho na reeleição, Dilma muda estilo e sobe no palanque | Fábio Campana

De olho na reeleição, Dilma muda estilo e sobe no palanque

De Gabriel Castro, VEJA:

Desde que assumiu a Presidência da República, em 2011, Dilma Rousseff nunca escondeu que seu principal conselheiro é o antecessor no cargo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Desde janeiro, entretanto, não são apenas conselhos sobre juros, inflação e trocas no ministério que Dilma tem ouvido constantemente do padrinho político.

Para Lula, que nunca se preocupou em seguir à risca a legislação sobre campanha eleitoral antecipada, o jogo de forças pela reeleição já começou. E o horizonte das eleições provocou mudanças nas atitudes da presidente.

Na última quarta-feira, após uma cerimônia no Palácio do Planalto, Dilma fugiu ao próprio costume e permaneceu, ao fim de um evento, por mais de 20 minutos posando para fotografias ao lado de mulheres que haviam sido convidadas para o ato, um anúncio de medidas para combater a violência doméstica.

As imagens foram feitas pelo fotógrafo oficial da Presidência da República. Ao atender as mulheres em fila, Dilma também ouvia, pacientemente, o que cada uma queria dizer. Antes disso, durante o evento, a plateia entoou três vezes o coro “Olê, olê, olê, olá; Dilma, Dilma”.

Além dos eventos no Palácio do Planalto – somente na semana passada foram três -, Dilma intensificou a agenda de viagens pelo país. No interior de Alagoas, a presidente inaugurou na terça-feira um trecho do Canal do Sertão ao lado dos senadores Renan Calheiros (PMDB) e Fernando Collor (PTB).

Outra mudança pode ser facilmente constatada: a presidente tem falado cada vez mais. Os dois discursos mais longos do mandato de Dilma ocorreram em 2013: em 28 de janeiro, ela falou por 52 minutos e 42 segundos no Encontro dos Prefeitos, em Brasília.

Em 5 de março, em um evento com trabalhadores rurais, a presidente bateu a própria marca: uma hora, dois minutos e 39 segundos de discurso. Aos poucos, os pronunciamentos da chefe do Executivo, famosos pelo estilo técnico, também mudaram, com a inclusão de elogios em série à gestão dos principais programas do governo.

Leia a íntegra em De olho na reeleição, Dilma muda estilo e sobe no palanque.


5 comentários

  1. Silvio Antonio biazotto
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 17:23 hs

    E a inveja VAI COME SOLTA?

  2. Irineu
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 19:32 hs

    Uma pena, esta é mais uma prova que por detrás de tudo, ainda há apesar de um dedo à menos o dedo do ex, por isso o rebanho pula de um lado para outro e continua só no bem bom. A presidente tem potencial para navegar sózinha mas a lula não deixa.

  3. sergio silvestre
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 20:11 hs

    Diferente da nossa primeira dama,que não gosta de fotos e vive enclausurada em sua casa.

  4. Anônimo
    segunda-feira, 18 de março de 2013 – 20:36 hs

    . Que houve com a boca da Diuma …? Caiu a dentição superior … ???

  5. Viezzer
    terça-feira, 19 de março de 2013 – 12:12 hs

    Quando era criança o nosso país era Medíocre, hoje adulto vejo que ainda somos Medíocres, e quando ficar véio parace que continuaremos a sermos Medíocres…É a nossa sina, fomos colonizados por um periférico e medíocre país europeu…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*