Cida com Beto em Brasília | Fábio Campana

Cida com Beto em Brasília

A deputada federal Cida Borghetti (PP) acompanha o governador Beto Richa na reunião dos governadores com os presidentes do Senado Renan Calheiros e da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves, em Brasília.

Na pauta do encontro a revisão do pacto federativo com a a repartição das contribuições e impostos arrecadados pela União e a devolução de autonomia para os entes federados. Cálculos do Governo do Estado apontam que o o Paraná está perdendo neste ano mais de R$ 1 bilhão de receitas em função dos últimos anúncios (extinção da CIDE, a redução do FPE e perdas de receita de ICMS de energia) do governo federal.

Os governadores também querem a renegociação das dívidas dos estados com a União. Beto classifica a dívida paranaense como “impagável”. Por uma dívida de R$ 5 bilhões contraída no final da década de 90 o Estado já pagou R$ 10 bilhões e ainda deve R$ 9,5 bilhões. “A união deveria ser parceira dos estados e não um simples agente financeiro ou um agiota que cobra altíssimas taxas de juros”, disse.

Os governadores também pedem uma agenda conjunta com a presidente Dilma Rousseff para tratar destes temas para tratar das reivindicações dos Estados.
foto.JPG foto.JPG


Um comentário

  1. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 14 de março de 2013 – 7:53 hs

    Fim da semana, Beto esteve na minha região: Paranavai, Porto Rico e Monte Castelo.

    Balanço da visita: Distribuição de viaturas policiais para diversos municípios, autorização para asfaltamento da rodovia Prefeito Walter Romão, que liga a cidade de Porto Rico ao Porto São José, 12 kms de estrada margeando o Rio Paraná, mais inauguração de centro de convivência e atendimentos a pleitos diversos.

    Não se contabilizou nenhum dedo de repórter entortado, nenhum microfone arrancado das mãos da turma da latinha e nenhuma ironia a respeito da vida das professoras e mulheres de policiais.

    Se Beto não desceu do helicóptero, fazendo o sinal da cruz para os que o aguardava, também não perguntou aos prefeitos visitados porque não estavam presos..

    Realmente, um Estado de Respeito!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*