Beto Richa já defendia desoneração lá atrás, diz Luiz Carlos Martins | Fábio Campana

Beto Richa já defendia desoneração lá atrás, diz Luiz Carlos Martins

Novas medidas de desoneração podem ser anunciadas pela presidente Dilma Rousseff no Dia do Trabalhador, 1º de maio. Estas medidas, disse o radialista e deputado estadual Luiz Carlos Martins (PSD) em seu programa na Rádio Banda B na manhã desta quinta-feira (21), já eram reivindicadas pelo então prefeito de Curitiba, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB).

“Sejamos justo, afinal Beto Richa está desonerando o óleo diesel das empresas de ônibus. Mas, sejamos mais justos ainda quando, então prefeito de Curitiba, foi o primeiro a começar a gritar pelo Brasil afora para que o governo federal desonerasse o transporte coletivo de vários impostos. E isso, agora, deve acontecer”, disse Martins.

Um novo pacote de desoneração na área do transporte público está sendo fechado pelo governo federal para evitar altas de tarifas em ônibus e metrôs. Neste pacote estão inclusos: corte do PIS e Cofins para o óleo diesel; desoneração da folha de pagamento de empresa de ônibus e metrô; e cortes de tributos de pneus e maquinários.

“É claro que esta medida vai beneficiar o Brasil inteiro e também Curitiba. Aí não há motivo para acabar com a integração em Curitiba e região metropolitana. Isso motiva até para baixar a tarifa e também voltar com domingueira a R$ 1 – que beneficiava os trabalhadores que vão visitar parentes e passear nos domingos”, sugere o deputado. A domingueira sofreu aumento de R$ 0,50 depois do reajuste da tarifa anunciado na semana passada.

O radialista Luiza Carlos Martins finaliza: “Será que teremos uma redução nas tarifas depois das medidas que a presidenta Dilma vai tomar no dia 1º de maio? Esperamos que sim”.


15 comentários

  1. Lucas
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 16:50 hs

    Não lembro dessa “gritaria” do então prefeito Richa. E tem mais , nunca vi nada baixar no Brasil, podem desonerar o que quiser que não baixa nada.

  2. quinta-feira, 21 de março de 2013 – 17:38 hs

    É isto mesmo,Deputado…pena que algumas,ou muitas pessoas tem memória curta,a petesada se esqueceram disto,e postam a cada momento ,nas redes sociais mostrando como o Fruet é um” coitadinho” injustiçado pelo governador.
    Seja bem vindo, ao seu posto de deputado,vindo a dar um brilho a mais na assembléia legislativa.

  3. Samira
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 18:32 hs

    Beto quando prefeito, pediu sim, mas não foi atendido. Azar o dele agora, se por iniciativa própria, a presidente fizer a desoneração. A perda política será do governador por ter primeiro dado subsidio a um seu aliado pra tentar ser reeleito prefeito e depois por ter cortado o subsidio …….. dona Gleisi vai usar isso em 2014 ad nauseum !!

  4. sergio silvestre
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 18:40 hs

    Cada figura grotesca,só em Curitiba mesmo.

  5. emilson ferreira pupo
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 20:46 hs

    Eu também acho que o Beto Richa abriu uma gritaria para desonerar o transporte coletivo. É um péssimo governador e a segurança pública como fica e assalto todo hora não temos mais policiamento preventivo para afastar os marginais das ruas. Medidas desse quilate que nos contribuintes queremos não esse circo para baixar alguns centavos do transporte coletivo chega de falácia Sr. Beto Richa. O Luiz Carlos Martins fica babando porque o Beto abriu uma cadeira para ele na assembléia Legislativa fica mamando no dinheiro público esses políticos não servem para nada só dão prejuízo para erário público.

  6. Proteu Dela Rue
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 20:49 hs

    Oiá as cunversa Tio! Não abuse do uso da Prosopopéia flácida para acalentar bovinos, ou seja, conversa mole para boi dormir.

  7. Silva Jr
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 21:21 hs

    Ah é? E por que não desonerou antes? Há quanto tempo está no governo do estado? Por que parou o subsídio agora? Só por que o seu grupo perdeu a prefeitura de Curitiba? Olha, é preciso argumentar melhor do que isso, adiós Beto.

  8. luiz*
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 22:17 hs

    Aí Rossoni os passageiros e eleitores de União da Vitória vão ficar sem isenção no diesel? Vão ter que pagar passagem mais cara, para os curitibanos poderem ter uma passagem mais baratinha?

  9. caruncho
    quinta-feira, 21 de março de 2013 – 22:27 hs

    DEVE TER SIDO NOS SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO, POIS O POVO NÃO SABE DE NADA DISSO.

  10. lucia
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 0:01 hs

    Tem que dar uma cartilha nova pra presidenta

  11. pdavidactba
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 1:22 hs

    me desculpe Luiz Caros, mas a redução dos impostos estaduais incidentes sobre o Diesel foi o Requião, inclusive com as licitações sendo feitas pelo estado …….. seja sincero de a Cesar o que é de Cesar

  12. Alan
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 8:19 hs

    Não consigo entender, esse deputado ai, dono de rádio, na campanha era contra o Beto Richa, agora esta a favor dele, como pode! Ha sim!!! Ele é um cara de muitas faces, assim atira para onde o vento leva a flecha!!! Politicos, são todos iguais!!! Coitado do povo que acredita ainda nesse bando!

  13. guri de palmas
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 9:02 hs

    E tem mais.
    No último governo do Requião ele isentou de ICMS um enorme volume de itens nos supermercados, pena que pouco chegou ao consumidor. A MAIORIA DOS SUBSÍDIOS E DESONERAÇÕES FICAM PARA AUMENTAR O LUCRO DOS MAUS EMPRESÁRIOS DO PARANÁ

  14. Valdecir Balduino
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 9:21 hs

    Para quem voltou pela porta dos fundos, está gritando demais. Fala o que quer porque a rádio é dele.

  15. João Armindo
    sexta-feira, 22 de março de 2013 – 9:47 hs

    Bingueiro!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*