Beto isentou o diesel de ICMS. Ney quer saber: e o governo Dilma, nada? | Fábio Campana

Beto isentou o diesel de ICMS. Ney quer saber:
e o governo Dilma, nada?

O deputado Ney Leprevost está muito preocupado com a notícia do aumento das passagens de ônibus. Para ajudar o prefeito a resolver o problema, Leprevost está colhendo assinaturas do maior número possível de deputados em um documento que será enviado a presidente Dilma Roussef solicitando a redução da carga fiscal sobre insumos e atividades do transporte coletivo. Afinal, se Beto Richa isentou o diesel para transporte público do ICMS, Dilma poderia isentar o combustível dos impostos federais.

Se a medida proposta por Leprevost for colocada em prática pelo governo federal, não só Curitiba, mas todos os municípios do país que proporcionam transporte público para seus cidadãos poderão ter uma redução significativa nos custos das passagens de ônibus, já que os encargos federais representam cerca de 30% dos custos dos transportes.

Com a idéia do parlamentar colocada em prática, o prefeito poderá evitar o aumento no preço das passagens e as empresas de ônibus terão um fôlego até mesmo para melhorar a frota de transporte.

“Precisamos de todos os esforços da classe política paranaense, independente de filiação partidária, para convencer a Presidente da República a promover isenção de cobrança de CIDE, COFINS e PIS na venda de óleo diesel e outros insumos para empresas de transporte urbano local”, afirma Ney.

“O governo federal abre mão de grandes fatias do IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados para aquisição de novos carros de passeio, o que gera aumento da frota e congestionamentos no trânsito. Fazer justiça social é tratar o transporte público, no mínimo, com a mesma boa vontade”, defende o parlamentar.


20 comentários

  1. GASTÃO
    sábado, 9 de março de 2013 – 13:30 hs

    UE, O GOVERNO DILMA JÁ AJUDOU, O FRUFRU, AUTORIZOU O AUMENTO DO DIESEL, KA KA KA KA KA KA….

  2. Zé Roberto
    sábado, 9 de março de 2013 – 14:07 hs

    Concordo com o Deputado, porem essa medida deveria ser acompanhada da obrigatoriedade das empresas apresentarem planilha detalhada de seus custos e o seu lucro não ser superior a 8%.

  3. Doutor Amaro
    sábado, 9 de março de 2013 – 19:26 hs

    A ideia do senhor deputado Ney Leprevost é excelente. O governo federal vive promovendo benefícios fiscais para a indústria automobilística. Deveria fazer o mesmo para o transporte coletivo.

  4. Amigas da Mama
    sábado, 9 de março de 2013 – 19:27 hs

    Parabéns , Ney. Postura de estadista. É de políticos que priorizem o interesse público que precisamos. Conte com nosso apoio.

  5. Dirce
    sábado, 9 de março de 2013 – 19:55 hs

    Gosto do Ney Leprevost, ele sempre coloca o interesse da comunidade acima das picuinhas políticas.

  6. Strapasson
    sábado, 9 de março de 2013 – 20:33 hs

    Correto. Faz sentido.

  7. Vera do HC
    sábado, 9 de março de 2013 – 20:41 hs

    Parabéns ao deputado Ney Leprevost que luta pela saúde da nossa gente e defende o povo do Paraná.

  8. Wilson
    sábado, 9 de março de 2013 – 20:46 hs

    Muito inteligente a solução proposta pelo deputado Leprevost.

    Acredito que o governo federal está há muitos anos errando em sua estratégia relacionada a transportes.

    Incentiva a compra desenfreada de carros e não faz uma política pública para os mais pobres que precisam de transporte coletivo.

    É por isto que nas grandes cidades o trânsito está cada vez mais caótico.

  9. Silvajr
    sábado, 9 de março de 2013 – 22:03 hs

    Mais um sofisma barato, abre mão de uma mereça de ICMS e em contrapartida cancela um subsidio muita mais caro. Como é malandrão esse governador.

  10. Max
    sábado, 9 de março de 2013 – 23:23 hs

    Esse deputado sempre encontra soluções para as crises.É um cara muito inteligente.

  11. gustavinho
    sábado, 9 de março de 2013 – 23:38 hs

    Como o Ney Leprevost sabe que o governo federal irá desonerar vários itens do custo de transporte de passageiros, o que já foi divulgado, inclusive com Curitiba sendo o piloto dessa desoneração, ele sai com essa de enviar assinaturas querendo capitalizar com algo que já vai acontecer por iniciativa da presidente Dilma… isso é jogar para a torcida e nada mais… oportunismo puro

  12. Silva Jr
    domingo, 10 de março de 2013 – 9:44 hs

    A Dilma já baixou a conta de luz e a cesta básica, ops, parece que a renúncia fiscal é bem maior que a do Beto, logo, sobra mais dinheiro no bolso do trabalhador. Ainda aguardo a resposta de por que só a gestão do Ducci pode receber subsídio.

  13. Parreiras Rodrigues
    domingo, 10 de março de 2013 – 10:48 hs

    Cuma, Gustavinho? Tás chegando agora? A água de Marte tem cor, tem gosto?

  14. Everton
    domingo, 10 de março de 2013 – 12:10 hs

    Aplaudo a proposta apresentada pelo jovem e competente deputado Ney Leprevost.
    Torço para que a presidente da república faça mesmo esta desoneração.
    Acredito que o Ney não deve tomar partido na briga política entre Beto e Gustavo.
    Deve fazer o que sempre fez: lutar pelo interesse público, independente de preferência partidária.

  15. Ju do Boqueirão
    domingo, 10 de março de 2013 – 12:12 hs

    Excelente, Ney. Sempre com boas ideias!

  16. Engenheiro Claudio
    domingo, 10 de março de 2013 – 14:33 hs

    O jovem deputado Leprevost está coberto de razão em sua proposta.

    O governo federal dá uma série de isenções para a indústria automobilística encher as cidades de carros de passeios .

    É hora de criar mecanismos para que o transporte coletivo seja melhor e mais barato.

  17. Gilberto
    domingo, 10 de março de 2013 – 16:55 hs

    até onde eu sei o governo federal vai subsidiar e com um valor maior que o do governo estadual subsidiava, e para o interior do estado o governo federal vem já nesse mês que vem com excelentes notícias de investimento, vai ser algo espetacular, quero ver o que o ………. vai fazer contra essa investida!!! acho que não tem caixa para superar…

  18. José
    domingo, 10 de março de 2013 – 18:18 hs

    Só queria saber se tem alguem com coragem para processar o Beto e o Ducci por crime eleitoral (improbidade administrativa)? utilizar recursos publicos para campanha não é crime? Conceder o subsidio em época eleitoral não é uma tentativa de condicionar o voto do eleitor?

  19. Silseu
    domingo, 10 de março de 2013 – 19:00 hs

    Todos os deputados estaduais, federais e senadores do Paraná deveriam abraçar esta bandeira que o Leprevost levantou. O governo federal não gosta de abrir mão de arrecadação, mas no caso do transporte coletivo isto é fundamental .

  20. Tita do Erasto
    domingo, 10 de março de 2013 – 22:21 hs

    Queremos aproveitar este espaço para agradecer ao deputado Ney Leprevost pelo apoio constante a pediatria do hospital do câncer.

    É de homens humanos e solidários como ele que precisamos na política do Paraná,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*