Assembleia votará isenção do diesel em regime de urgência | Fábio Campana

Assembleia votará isenção do diesel em regime de urgência

“Vamos votar com a maior urgência o projeto que o governador Beto Richa enviará para a Assembleia isentando do ICMS o diesel dos sistemas integrados de transporte urbano em todo o Paraná.” A garantia foi dada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni (PSDB), logo após o anúncio da medida por Richa, no início da tarde desta sexta-feira (08), em Curitiba. Rossoni disse, ainda, que espera que com isso seja dado um fim à polêmica sobre o subsídio para a passagem da Rede Integrada de Transporte, e que cada esfera envolvida cumpra sua parte. “Nós sempre defendemos que todos os governos (municipal, estadual e federal) contribuíssem para que o preço da passagem do transporte urbano seja justo e adequado à realidade do trabalhador. Agora esperamos que prefeito e governo federal saiam do discurso e apresentem ações concretas”, afirmou.


6 comentários

  1. Ciro Fortes Manica
    sábado, 9 de março de 2013 – 17:01 hs

    Isso pode ser feito por decreto.

  2. João Fernado Madureira
    sábado, 9 de março de 2013 – 20:08 hs

    É importante cada ente ter sua finalidade, mas, o objetivo final é chegar aos cidadãos todos os benefícios, somos uma federação portanto devemos ter controle e organização, agora, independente de qualquer coisa, essa discussão de poder ou não poder, é minha obrigação ou tua, não vai levar a nada, a não ser prejuízo a população, se é união, estado ou município, resolvam esse problema, no seu todo…

  3. jose marcos
    sábado, 9 de março de 2013 – 20:50 hs

    SIM….MAS SERÁ SÓ PARA O TRANSPORTE(CAMINHOES), OU TAMBEM PARA OS BURGUESES ABASTECEREM AS CAMIONETAS, PAJEROS E Etc.

  4. Reinoldo Hey
    sábado, 9 de março de 2013 – 22:04 hs

    O Gustavo tá sendo muito gente boa. Bastaria manter o preço somente para os curitibanos que moram em Curitiba e colocar o preço real para os não curitibanos.
    Ele é responsável pelo Município, não pelo Estado. Quem prometeu cuidar do Estado que cuide!

  5. carlos
    domingo, 10 de março de 2013 – 10:34 hs

    FRuet se preocupe com Curitiba a região metropolitana que se vire.

  6. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 11 de março de 2013 – 7:32 hs

    Enquanto isso,

    FRUET e a RPC/GAZETONA, continuam a insistir que a culpa é do Beto Richa.

    Não entenderam que é uma questão MUNICIPAL.

    Deve ser resolvida entre o Fruet e os Prefeitos da Região Metropolitana.

    A COMEC é “gerenciada” pelo Governo Estadiual.
    Não deve ser “bancada” pelo governo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*