As revistas da semana, por Ernesto Vargas | Fábio Campana

As revistas da semana, por Ernesto Vargas

Esta lá ele de novo para decorar a capa de Veja! O hermano Papa Francisco como que dando uma bronca na rainha Dilma e na sua bizarra colega Cristina Kirchner, ambas minimizadas pelo Photoshop. Pena a revista não valorizar sua capa em relação a boa matéria que nos traz um raio X da postura do então cardeal argentino Bergoglio frente ao regime autoritário militar dominante nas décadas de setenta e oitenta.

A oportuna reportagem ouviu influentes personagens da época, todos em defesa do Papa, sobre a especulação de que ele teria apoiado algumas medidas ditatoriais. Vale a leitura que nos leva a concluir o contrario. O texto ainda revela que o padre Francisco deu um pequeno puxao de orelhas nas presidentes latinas e pediu para que elas nao pratiquem a politica do populismo. Parece que nao avisaram ao Papa que o recado chega tarde demais e – mesmo que nao fosse – jamais seria assimilado e muito menos praticado pelas duas dirigentes. A coluna Radar continua a nos dever um furo jornalístico. O mesmo vale para Holofote, que apenas especula e parece perder a oportunidade de valorizar a noticia inédita. O melhor de Veja esta do meio da revista para o final. O degustador de charutos “aromatizados” Bill Clinton agora prega a cooperação como o melhor instrumento politico para as nações se ajudarem e formarem um mundo melhor. Provavelmente uma jogada de marketing do ex presidente americano para continuar a vender suas rentáveis palestras mundo afora. As páginas de Cultura justificam a compra de Veja. Boas dicas de cinema, música e livros com destaque para “Refúgios do Olhar”, um misto de fotos e pequenos textos que retratam o saudoso e impecavel Rio de Janeiro da década de 40. Aparentemente um otimo livro, baseado no trabalho do anonimo fotografo austriaco Kurt Klagsbrunn. Para nao passar batido no quesito “pau no PT”, a semanal finca a lança no peito de um novo ministro da rainha Dilma. O recém chegado titular da Agricultura, Antônio Andrade, mantém no interior de Minas Gerais um abatedouro clandestino que produz carnes nas piores condições de higiene. A frigideira já ferve para o peemedebista e, a considerar as terríveis e nojentas fotos do matadouro, e bem provável que a cabeça do prezado politico seja decepada em poucos dias. Cuidado…e de vomitar !

Época conta em interessante reportagem de capa que as mulheres, depois de conquistarem o mercado e a política, agora sonham subjugar os homens e transformá-los em meros serviçais. Não basta aos marmanjos o esforço descomunal de lavar a louça na hora do futebol, trocar fraldas sem sujar a camisa, ir à reunião da escola em vez do bar (além de prover a casa, fazer consertos domésticos, dar bronca nos filhos, etc.): elas querem sempre mais. Demasiadamente feminino. Falta pouco para surgirem movimentos de resgate aos direitos dos homens. Aos retrossexuais, machões à moda antiga, uma informação alentadora: uma pesquisa da Universidade de Washington constatou que quando os homens assumem tarefas consideradas femininas, como lavar a roupa, a frequência com que o casal faz sexo diminui. Jece Valadão vibra. A revista escolhe FHC para abrir uma série de entrevistas semanais com “líderes” brasileiros. A conversa, abstrata e enfadonha, reflete o desnorteamento da oposição brasileira. “É difícil imaginar assim, de repente”, respondeu o líder intelectual do tucanato quando perguntado sobre qual deveria ser a estratégia para o Brasil. Sintomático. Nos poucos bons momentos, ataca a aflição do atual governo em mudar regras ao menor sintoma de dificuldade e diz perceber sentimento “mudancista”, ao menos entre a população “que lê jornal” – pouca gente, como se vê nas pesquisas eleitorais dos últimos dias. E, coincidência ou não, a mesma revista que tem atirado quilos de confete sobre o grupo do governador Sérgio Cabral e do prefeito carioca Eduardo Paes agora lança denúncia de pagamento de propina contra o senador Lindbergh Farias, potencial candidato do PT ao governo fluminense.

Já a Gaviões da Fiel conquista a capa de uma revista semanal brasileira, e num ambiente bastante familiar. A IstoÉ dramatiza a situação dos 12 corintianos presos na Bolívia após a morte de torcedor do San Jose em jogo da Libertadores, cita o “abandono” do governo e chora junto com as famílias dos detidos no Brasil. Sim, parece claro haver certo abuso de autoridades bolivianas, mas tratar torcedores organizados como pobres e inocentes vítimas numa reportagem de capa e criar constrangimento diplomático, mesmo diante de barbáries muito piores cometidas diariamente nas cadeias brasileiras… menos, IstoÉ. E começou a corrida presidencial!!!! Nossa rainha vai suar a camisa para brigar e tentar vencer o playboy cinqüentão Aecio, a paladina da natureza Marina e o desconhecido governador nordestino Eduardo. Vamos assistir de camarote! Abs


5 comentários

  1. Palpiteiro
    domingo, 24 de março de 2013 – 18:32 hs

    Matérias de Lula e Clinton. Dois lobistas em ação. Dois falastrões. Dois canastrões em cena. A diferença é o curso superior e a altura.

  2. jobalo
    domingo, 24 de março de 2013 – 19:04 hs

    QUEM É MESMO ESTE CIDADão fiz minuscula de propósito.

  3. salete cesconeto de arruda
    domingo, 24 de março de 2013 – 21:06 hs

    Repito:
    A veja deu TIRO NO PÉ com essa capa.
    O PAPA É FÁLICO?
    Ou o objetivo é fazer ele parecer uma FIGURA DA INQUISIÇÃO que se agiganta diante das mulheres?
    Ancelmo postou.
    Fábio vai postar?
    O mais incrível é que a VEJA que virou ESPIA conseguiu desagradar a todos.
    Todas as mulheres.
    Todas as religiões.
    Todos os HOMENS que não se curvam diante de capas da veja
    Todos os que conhecem a história do Chiquinho
    Todos os que sabem que a América Latina não depende de um papa para SAIR DA MISÉRIA. Até por já estar FALIDO o banco do VATICANO. Rsrsrsrsrsrsrsrs
    A AMÉRICA LATINA está se livrando da AVE DE RAPINA!
    Assim sendo que CAPA é essa Fábio?
    Já não basta aquelas outras que distorcem fotos, cores, rosto, olhos, boca… como se isso não fosse CRIME?!
    A IMPRENSA que se dizia grande – EMBURRECEU?
    Viva a BLOGOSFERA!

  4. marcosomag
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 0:20 hs

    Inacreditável terem deixado a Revista do Brasil e a Carta Capital de fora. São as melhores semanais do país (a Revista do Brasil passou a ser mensal). E quem lê e acredita Veja a Cachoeira não bate bem da cabeça.

  5. jose
    segunda-feira, 25 de março de 2013 – 12:00 hs

    Esse chá que a salete toma…ainda vou conseguir pra mim!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*