Após saber do PIB, Dilma recomenda Mantega 'olhar para frente' | Fábio Campana

Após saber do PIB, Dilma recomenda Mantega ‘olhar para frente’

Do Painel, Folha de S.Paulo:

Para além do PIBinho Dilma Rousseff foi alertada por Guido Mantega de que o PIB (Produto Interno Bruto) de 2012 registraria crescimento abaixo de 1% na véspera de sua viagem à África, na semana passada. Na conversa, a presidente recomendou, nas palavras de um auxiliar, a “política de olhar para frente”. Outros dados apresentados por Mantega preocuparam, pois projetam que o governo passará o ano pré-eleitoral toureando a inflação, que deve ficar no patamar de 6%. A meta oficial é de 4,5%.

Canteada O recém-anunciado PIB terá reflexo no salário mínimo do ano em que Dilma tentará a reeleição. Sindicalistas antecipam que o governo será pressionado “arredondar” o valor em 2014, para que o ganho real do piso salarial supere 1%.


4 comentários

  1. Helena
    sábado, 2 de março de 2013 – 11:16 hs

    Esse “olhar para frente”, é para 2014…

  2. TRABALHADOR
    sábado, 2 de março de 2013 – 19:01 hs

    Não adianta dizer que a culpa é da Dilma, do Lula, do PT, do PSDB, do FHC; são discussões inúteis que não resolvem nada. Nós Brasileiro, todos nós, precisamos lutar por um país mais eficiente. Precisamos de taxas de juros mais baixas, escolas melhores, um maior alívio na carga tributária (os governos estaduais precisam contribuir mais), acabar com a corrupção, diminuir a burocracia no setor público, aliviar a pesada máquina estatal (fora da privatização não há salvação, os cabides de emprego precisam acabar), alívio nos encargos sociais incidentes sobre o trabalho remunerado, etc. Precisamos ser, todo nós, mais eficazes em nossas ações. Precisamos ver em que direção o mundo vai e ir junto, correr atrás da bola, o futuro não vai ficar esperando por nós.
    Como esperamos melhorar nosso PIB se continuarmos fazendo tudo sempre igual? Ano que vem tem eleição, que tal mudarmos, chega dos mesmos.

  3. Analista de Bagé
    domingo, 3 de março de 2013 – 3:21 hs

    Não é meu costume meu, mas vou sair do tema…

    Impressão minha ou a Presidenta usa pulseirinha contra o “mal olhado” (aquele ‘olhinho’ logo abaixo do relógio…

    Se o líder de uma nação confia na superstição para sua proteção, estamos lascados, não?

  4. quarta-feira, 20 de janeiro de 2016 – 16:03 hs

    Replica ao comentario do “TRABALHADOR”

    Reparem que ele fala “aliviar a carga tributaria” e depois fala “os governos estaduais precisam contribuir mais”. Nao entendi… contribuir mais com impostos?.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*