Vetos presidenciais: contraofensiva em estudo | Fábio Campana

Vetos presidenciais: contraofensiva em estudo

Do Lauro Jardim:

Nada assusta mais o governo hoje do que a palavra vetos. No Planalto, sabe-se que basta a oposição trabalhar minimamente para transformar as canetadas de Dilma Rousseff enviadas ao Congresso em combustível para todos os problema à pauta legislativa.

Mas a contraofensiva está sendo desenhada. O Planalto está elaborando uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para ser apresentada por um parlamentar da base aliada, estipulando um prazo máximo para o Congresso apreciar vetos presidenciais.

Expirado esse período, o veto entraria em vigor automaticamente. Obviamente, o texto será construído de modo que, uma vez aprovada a PEC, passariam a valer todos os vetos anteriores ao dos royalties que dormitam no Congresso.

Para quem tem 3 025 ameaças – número de vetos pendentes – conseguir a eliminação de 3 024 seria uma epopeia.


3 comentários

  1. segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 – 14:29 hs

    Uma vergonha, governo e congresso.

  2. TRABALHADOR
    segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 – 16:39 hs

    Isso mesmo, ter um objetivo, um compromisso, fazer as coisas no dia e hora que bem entendem não dá.

  3. sergio silvestre
    segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 – 23:58 hs

    Apoio voce henriquinho,nosso governo é uma lastima,REQUIÃO em 2014.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*