Vereadora que forjou o próprio sequestro será investigada pelos colegas | Fábio Campana

Vereadora que forjou o próprio sequestro será investigada pelos colegas

De Samuel Nunes, G1 PR:

O vereador de Ponta Grossa, no interior do Paraná, Pascoal Aduro (PMDB) protocolou, nesta quinta-feira (7), um pedido para a abertura de uma sindicância na Corregedoria da Câmara Municipal contra a colega Ana Maria de Holleben (PT). Segundo a polícia, no dia da posse, ela teria forjado o próprio sequestro.

No documento, o vereador pede que ela seja punida conforme prevê o regimento da Casa. De acordo com o artigo 13, da resolução que criou a Corregedoria, as punições podem ir desde advertência verbal até a perda de mandato, caso fique comprovado que ela feriu as normas éticas da Câmara Municipal.

Além desse, o vereador Pietro Arnaud (PTB) também vai entregar ao presidente da Casa outro pedido para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito contra a vereadora, na sexta-feira (8) à tarde. Segundo ele, os 22 parlamentares que assinaram o documento estão se sentindo desconfortáveis com a situação gerada por Ana Maria. “Dentro da Câmara Municipal, essa situação é muito desagradável para todos nós”, afirma.

Relembre o caso
Ana Maria sumiu pouco depois da cerimônia de posse, que ocorreu em um centro de eventos da cidade. Dali, ela e os colegas seguiriam para a Câmara, onde estava marcada a sessão que elegeria o presidente da Casa.
Minutos depois do desaparecimento, o motorista dela ligou para a polícia e informou sobre o suposto sequestro. Imediatamente, a sessão foi cancelada. Antes de a polícia solucionar o caso, houve outros dois adiamentos da sessão, até que Aliel Machado fosse finalmente eleito.

Antes de encontrar Ana Maria, a Polícia Civil já havia prendido três pessoas suspeitas de envolvimento com o caso. Em seguida, a vereadora também acabou presa. Ela foi levada inicialmente para o quartel do Corpo de Bombeiros, onde ficou até receber um habeas corpus e ser levada a um hospital para tratamento psiquiátrico.

O advogado dela, Fernando Madureira, contou que Ana Maria deixou o hospital na terça-feira (5) e agora está em casa. “Ela ainda não está totalmente recuperada. Está em casa, descansando. No dia 18, ela deve voltar à Câmara para assumir suas funções”, revelou. Madureira diz ainda que ao assumir, Ana Maria deverá dar explicações aos colegas sobre o falso sequestro.
Quanto ao processo de investigação aberto pelos colegas, ele diz que a vereadora ainda não foi notificada oficialmente sobre o pedido.

Investigações policiais
Segundo o delegado Josimar Silva, o inquérito aberto para investigar o caso foi enviado ao fórum da cidade. A polícia quer mais tempo para poder encerrar as investigações. “Agora, faltam poucos atos para poder terminar esse inquérito”, diz o delegado que não adiantou os próximos passos da investigação por serem sigilosos.

A vereadora foi indiciada por falsa comunicação de crime, fraude processual e formação de quadrilha.


6 comentários

  1. ELEIÇÃO 2012
    sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 – 14:01 hs

    Não vai dar em nada, é só p/ querer se aprecer.
    Os outros EDIS votarão pela absolvição dela.
    É só para enganar os eleitores, p/ mostrar que estão trabalhando.

  2. Helena
    sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 – 15:16 hs

    …então, não vai dar em nada, nadica de nada…

  3. antonio carlos indignado
    sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 – 18:01 hs

    Realmente procede a atitude dos vereadores ponta grossenses, o lugar de desequilibrados e doentes mentais não é em Câmara de Vereadores. ACarlos

  4. Constanza Del Piero
    sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 – 21:45 hs

    Qual é mesmo o partido dessa senhora?????

  5. Romão Miranda Vidal
    sábado, 9 de fevereiro de 2013 – 7:31 hs

    Foi um pequeno surto. Um desequilíbrio emocional. Coitadinha, continuará recebendo seu salário e dentro de pouco tempo tudo será esquecido. Um amparo pisicológico com o Dr. Zé Dirceu irá resolver e lhe dará mais experiência…

  6. QUESTIONADOR
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 12:55 hs

    -Não vai acontecer absolutamente nada, pois se, abrir a matraca, muita gente será prejudicada….muito vereador eleito estão de barbas de molho….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*