Torturado quando bebê, filho de preso político se suicida | Fábio Campana

Torturado quando bebê, filho de preso político se suicida

De Gabriel Manzano, Estadão:

Em mensagem distribuída pelas redes sociais, o cientista político e jornalista Dermi Azevedo informou nesta segunda-feira, 18, a morte de seu filho Carlos Azevedo – que, em janeiro de 1974, ainda com um ano e oito meses, foi torturado pela polícia do regime militar no Deops paulista, sofrendo lesões das quais nunca mais se recuperou.

“Meu coração sangra de dor. Meu filho mais velho, Carlos Alexandre Azevedo, suicidou-se na madrugada de hoje, como uma overdose de medicamentos”, escreveu o jornalista em sua página no Facebook. No texto ele recorda os detalhes do episódio que marcou em definitivo a vida do filho – que foi levado com a mãe, Darci, para o Deops, no dia 14 de janeiro de 1974.

Ele já estava preso. “Cacá (como ele chamava a criança) foi levado depois a São Bernardo do Campo, onde, em plena madrugada, os policiais derrubaram a porta (da casa) e o jogaram no chão, tendo machucado a cabeça. Nunca mais se recuperou. Como acontece com os crimes da ditadura de 1964-85, o crime ficou impune. O suicídio é o limite de sua angústia”, diz sua mensagem.


7 comentários

  1. Eleitor
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 14:46 hs

    Esse episódios mostram uma lado podre e deshonrado das nossas forças armadas. Que triste. Que vergonha. E não adianta maldizer os comunistas. Nada justifica este tipo de coisa.

  2. TRABALHADOR
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 14:49 hs

    Que triste, o duro é que muitos criminosos da ditadura estão por aí gozando boas e polpudas pensões, mantidas com o dinheiro dos contribuintes. Mas eles promoveram a anistia política e se auto-perdoaram e ninguém tem peito de mudar isso aqui no nosso país…Mas melhor nem falar muito, porque esse povo ligado a repressão do regime militar era tudo maníaco e psicopata, sabe Deus do que são capazes, acho que é por isso que ninguém mexe nesse assunto…Lamento pelo seu filho, mas Deus cuidará dele com muito carinho…

  3. Justiceiro
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 18:49 hs

    Torturado com apenas um ano e oito meses???
    Seria melhor checar a notícia…

  4. Raphael
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 21:09 hs

    Justuceiro, experimenta checar melhor a notícia, e também tudo que está vindo à tona nestes últimos anos sobre a ditadura. Se vc for justiceiro mesmo vai ficar indignado!

  5. sergio silvestre
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 21:25 hs

    Tambem acho,e o pai demorou muito para espalhar esta noticia.
    Desde 1974?Duvido que algum militar torturaria uma criança.

  6. Constanza Del Piero
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 21:50 hs

    Mais um embuste dessa cachorrada que assaltou, roubou, torturou, explodiu quarteis, sequestrou e matou a soldo e a mando de Fidel e Guevara!
    O único erro dos militares foi não terminar o serviço que começaram, com essa maldita lei da Anistia!!

  7. José
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 22:01 hs

    Que história mal contada.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*