Servidores pedem 16% de aumento a Fruet | Fábio Campana

Servidores pedem 16%
de aumento a Fruet

Manifestação dos servidores municipais na tarde de ontem (Antônio More/Gazeta do Povo).

Na tarde de ontem, 19, servidores da prefeitura de Curitiba organizaram manifestação em frente ao prédio e exigiram reunião com o prefeito Gustavo Fruet, que acabou recebendo o grupo. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc) entregou ao prefeito uma pauta de reivindicações com 51 itens. O quatro pontos principais da pauta são: reposição salarial em 16,24%, combate ao assédio moral, correção da meritocracia e das remunerações variáveis. Fruet prometeu reunir-se com a categoria para discutir as exigências. O primeiro encontro está agendado para esta sexta-feira.


24 comentários

  1. TRABALHADOR
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 10:56 hs

    Sei que tem gente que trabalha, mas tem muita que só finge, principalmente os que têm cargo em comissão, são os que mais atrapalham e os mais improdutivos. O problema do setor público realmente são os que “fingem” que trabalham, “fingem” que se preocupam, “fingem” que se dedicam e na verdade a única coisa que realmente fazem é “ver pelo em ovo”. Nós na iniciativa privada trabalhamos muito e não recebemos salários dignos devido a alta carga tributária; o governo drena os recursos das empresas em que trabalhamos para sustentar a pesada máquina estatal, ineficiente, coloca-se 10, onde se precisa de 1. Vai encarar um supermercado, ganhar pouco, trabalhar muito, ficar sem descanso no domingo, sábado e feriados…Vai trabalhar na construção civil, onde a grande maioria praticamente trabalha em baixo do chicote…Desculpe, sei que os funcionários públicos trabalham, mas o povo, o contribuinte, trabalha muito mais e sem metade dos benefícios e mordomias que vocês têm. Então não temos como pagar seu reajuste, é muito alto o percentual exigido…Em uma empresa privada, quando não ganhamos aumento, vamos estudar pra melhorar de vida, vamos buscar outro emprego, vamos fazer bico; ou nos contentamos com o que temos…Façam o mesmo que nós, vocês não são melhores, não está bom peçam a conta.

  2. jose amancio lopes
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 10:58 hs

    DINHEIRO DO POVO DE CURITIBA

    NAO É SO PARA FUINCIONARIOS PUBLICOS

    DINHEIRO DO POVO É PARA O POVO NAO PARA UMA CLASSE PRIVILEGIADA

  3. carol
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 11:08 hs

    Sabe, eu não entendo a população. Quando um governante coloca um parente para trabalhar ao seu lado, em cargos de confiança, está praticando nepostismo, quando coloca uma pessoa com muito estudo e, consequentemente, boas condições de vida, é coronelismo. Quando coloca um babaca sem estudo que ele nunca viu na vida, está fazendo pouco caso com a educação, saúde, transporte ou qualquer outra área que faça uso do dinheiro público., Aí, quando ENFIM um prefeito faz o favor de levar em consideração o trabalho sério que a cidade de Curitiba precisa, e contrata profissionais com análise nos seus méritos e capacidade administrativa ME APARECE GENTE RECLAMANDO DE MERITOCRACIA?
    AH SENHORES! POR FAVOR! FALEM LOGO QUE VOCÊS NÃO DÃO A MÍNIMA PARA CURITIBA E A POPULAÇÃO, FALEM LOGO QUE SÓ VÃO PARAR DE RECLAMAR QUANDO RECEBEREM UM CARGO.
    Hipocrisia do caralh…
    Enfim.

  4. Erik Chee
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 11:19 hs

    Essa faixa “Fora Meritocracia” já denota o caráter de usurpadores do erário que esse pessoal é

  5. Eleitor
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 11:41 hs

    ué? mas pro Ducci pediam 50%… não entendi…

  6. Deutsch
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 13:33 hs

    fim da meritocracia? Isso tem dedo de sindicato que só tem vagaba.É coisa típica do pt.
    Agora Fruet tá escalando a turma do 3 e 4º escalão e é quase tudo do pt, pois em seus quadros não tinha gente competente para o 1 e 2º escalão. palavras do próprio fruet.

  7. as Silvia
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 14:05 hs

    Todos gostam de morar em uma cidade limpa,organizada, e bonita, quem vcs acham que limpa, organiza e deixa bonita? quem limpa valetas? quem planta flores?quem trabalha com os mendigos e crianças na rua?Quem organiza e ministra cursos para a população melhorar de vida? atualmente os funcionários investem de seu próprio bolso em cursos e especializações para melhorar de cargo, não é este o sonho de todos ser reconhecidos e recompensado dentro da própria empresa em que trabalha?Os funcionários da ´refeitura também querem o mesmo! sabiam que São José dos Pinhais e Araucária paga melhor seus funcionáris que a PMC de Curitiba…comparem o tamanho e a eficiência das cidades, é justo que eu com 25 anos de trabalho na PMC ganhe menos que uma pessoa em início de carreira da Região Metropolitana? e olhe que tenho curso Superior+pós graduação!

  8. Emerson
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 14:08 hs

    SURREAL a imagem!

    Fora meritocracia???? Eh alguma piada?

  9. dino do PT
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 14:18 hs

    Tem que aumentar para mandar a cota do partido sem prejuizo no salário.

  10. Carlos
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 14:24 hs

    Que foto emblemática, vergonhosa… Sindicalista só pensa em dinheiro, é a turma mais capitalista que existe. Lutar pelo cumprimento da Lei, contudo, não é com eles.. Vai ver se ajudam algum colega que faz o que a Lei manda, e não o que os chefes querem..

  11. Para trabalhador
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 14:40 hs

    Sua visão preconceituosa é no mínimo nojenta. É possível ver cargos em comissão se esforçando muito no trabalho. E se for levar pelo seu ponto de vista preconceituoso, então na realidade os cargos em comissão trabalham muito mais do que os estatutários, uma vez que os concursados não podem ser mandados embora e os comissionados não precisam nem de aviso prévio. MAS VEJA BEM, o, problema é que as pessoas julgam os outros por elas mesmas. Quem vai dizer que na sua cabeça não está: “Hmm, se eu fosse cargo comissão seria um vagabundo… que delícia…”
    Todo trabalho é um trabalho digno, desde que seja feito com dignidade, seriedade e compromisso. Não se pode criar padrões em cima de profissões. Seria correto da, minha, parte ,falar, que, todo fundionário de construção civil é maníaco sexual? E que quem trabalha em escritório é um bostão que gosta de levar lapada do chefe? NÃO!
    Cuidado com o preconceito meu amor, isso aí é crime. E generalização não é nada bonito.

  12. TRABALHADOR
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 17:45 hs

    São José dos Pinhais e Araucária são municípios menos habitados que Curitiba, com um perímetro urbano menor, acabam tendo que investir bem menos na conservação da cidade. Eles tem um repasse bom de ICMS devido a Petrobras (no caso de Araucária e ao grande parque industrial (caso de São José dos Pinhais). Estas prefeituras realmente tem uma possibilidade maior de remunerar melhor seu funcionalimo do que a de Curitiba. Depois os habitantes destes municípios se beneficiam da estrutura do município de Curitiba, aí os seus acabam tendo menos necessidade de investimento. Mas uma parte dos servidores municipais de Curitiba, ganha mais do que merece…

  13. Trabalhador
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 22:21 hs

    Minha visão não é preconceituosa e nem nojenta, porque vivo no meio do povo e sei do quanto a vida é difícil aqui no mundo real. Como é duro ir a uma repartição pública mantida com o dinheiro do seu trabalho e ser desprezado, ou ainda mal-tratado.Nojento é a quantidade de cargos em comissão que são mantidos na administração pública desse país para beneficiar gente sem talento. Não sou eu quem julga, mas o povo oprimido desse país. “Todo trabalho, “HONESTO E QUE NÃO EXPLORE O PRÓXIMO” é um trabalho digno”…
    Repito:
    sei que os funcionários públicos trabalham, mas o povo, o contribuinte, trabalha muito mais e sem metade dos benefícios e mordomias que eles têm. Então não temos como pagar seu reajuste, é muito alto o percentual exigido…Em uma empresa privada, quando não ganhamos aumento, vamos estudar pra melhorar de vida, vamos buscar outro emprego, vamos fazer bico; ou nos contentamos com o que temos…Façam o mesmo que nós, vocês não são melhores, não está bom peçam a conta.
    Essa é a realidade do povo desse país…

  14. Paula
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 22:46 hs

    Querido TRABALHADOR, acho que vc está se referindo à instituição errada, nós funcionários da prefeitura não temos nenhum benefícios, se vc está se referindo à licença prêmio, são três meses a cada cinco anos trabalhados que eu trocaria sem pensar duas vezes pelo FGTS que vcs da iniciativa privada têm. Não temos direito a seguro desemprego e o vale refeição é para poucos, então por favor me avise onde estão os privilégios. Vale transporte? Vcs também têm. Vc acha justo um salários de 870,00 para agentes administrativos enquanto a iniciativa privada paga em torno de 1.500,00? Sinto muito, mas não posso pedir a conta pois tenho mais de 40 anos de idade o que para a iniciativa privada é impedimento para contratar porque senão vc pode ter certeza de que é o que eu faria. Sem contar que a cada troca de governantes vem as perseguições, como está ocorrendo agora, funcionários tratados como inimigos, os secretários nomeados pelo sr. prefeito esquecem que se edstamos ali é porque fizemos concursos, não somos oposição nem situação, apenas servidores querendo continuar nosso trabalho.

  15. Valéria Prochmann
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 – 0:12 hs

    Fora o corporativismo fascista. Contra a meritocracia é quem não gosta de estudar e de trabalhar, faz “corpo mole” à custa do dinheiro público. A qualidade de serviços públicos que o Estado brasileiro presta é sofrível, o desempenho é pífio: os governos não conseguem nem mesmo tapar os buracos das ruas, calçadas e estradas. O acesso e a permanência no serviço público brasileiro deveriam ser remodelados para dar lugar a quem está capacitado e apresenta resultados de desempenho. A quantidade de cargos comissionados “de confiança” nomeados por mera indicação política é um acinte a quem trabalha arduamente, com assiduidade, esmero e eficácia.

  16. para trabalhador
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 – 9:59 hs

    só lamento… pelo seu nascimento.

  17. para trabalhador
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 – 10:01 hs

    concordo com a parte do reajuste. Aliás, todo mundo quer reajuste. O problema é esses caras fugirem da realidade e defenderem o fim da “meritocracia”, isso só pode ser piada

  18. TRABALHADOR
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 – 10:04 hs

    Então Paula pra que ficar trabalhando em um lugar tão ruim, venha aqui para a iniciativa privada trabalhar com a gente. Não tem problema ter 40 anos de idade, na iniciativa privada pessoas com esta idade são demitidas todos os dias e tem que se virar atrás de outro emprego. E salário bacana na iniciativa privada só nas grandes empresas e olhe lá, na maioria das pequenas e médias é pouquinho mesmo…E quem tem salário bom tem que trabalhar que nem um cavalo, porque qualquer vascilo e perda de produtividade eles colocam outro no seu lugar. E a qualquer sinal de crise, eles te demitem e recontratam outro no seu lugar, pagando menos do te pagavam. A continha básica do patrão é a seguinte: 13 salários + 1/3 das férias pra pagar e um monte de encargo social pra recolher em cima, somente 12 meses de faturamento e um monte de impostos incidindo sobre a receita; se o cara ganha R$ 1.000,00, custa R$ 2.200,00 na planilha da empresa e não é invenção. Entende o que digo sobre o excesso de tributação e a pesada máquina estatal à ser mantida? Não sou contra o aumento de vocês, só que não dá para impacatar a folha de pagamento da Prefeitura em 16%, torna a administraçã do município inviável…Nessa vida tem que se saber pedir, ver que tem mais gente no mundo, pedir com coerência.

  19. SERVIDOR
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 – 12:06 hs

    Caro TRABALHADOR (servidores publicos tambem são e muito), realmente voce esta jogando palavras ao vento, os funcionarios da grande cidade de Curitiba são uns dos mais mal pagos do Brasil, não seja ignorante e não confunda os salários dos funcionarios de alto escalão, pra vc ter uma idéia um agente administrativo com nível médio e muitos com nivel superior de escolaridade ganha em média míseros R$800,00. As empresas privadas faturam alto na cidade, é só ver os inumeros imoveis de luxo e carrões circulando por ae. É injusto que um servidor que dedica sua vida, sangue e suor ao administrar uma cidade que só vem a creser e a arrecadar cada vez mais ganhe um salário vergonhoso indigno de um ser humano. Se o Brasil tem alta carga tributário é devido a um contexto histórico de corrupção que vem desde o descobrimento, e devido a trsite mentalidade do povo que sempre quer dar um jeitinho nas coisas e faturar um, sem contar na visão apolíptica e falta de cultura dos que votam naqueles que “rouba mas faz”. Se contar com a mentalidade de pessoas como vc o país só vai andar pra trás. Valorização de funcionários tanto do setor público como de empresas estatais é fundamental para que o país saia da lama. O que não podemos é abaixar a cabeça para empresários inescrupulosos e políticos corruptos com suas visões psicóticas e egoístas e que com seus atos incosequentes drenam a força da sociedade. Uma nação onde TODOS os trabalhadores são valorizados e respeitados é uma nação rica. Paz a todos.

  20. SERVIDOR
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 – 12:18 hs

    E digo mais meu caro TRABALHADOR, vc está generalizando tudo de forma errada e descarregando seu desafeto de modo irracional, pense um pouco. Se vc acha que trabalha mais que o seu próximo, com certeza ha quem ache ache também que trabalha muito mais que voce. Não descarregue sua insatisfação pessoal naqueles que lutam apenas pelos seus direitos e salários dignos. Que tal criticar os empresarios inescrupulosos que lhe pagam um salario baixo enquanto estão tomando sol em um iate, e os politicos corruptos e os poderosos que tão se lixando pra sociedade, ou vc é um baba ovo de coronel e manda chuvas e só sabe criticar os pobres da classe trabalhadora que estão lutando pelos seus direitos? Passe bem.

  21. Um dos netos do Parafuso
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 – 22:30 hs

    e se essa gente toda parasse de discuti e fosse trabaia

  22. Para trabalhador
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013 – 11:26 hs

    OPA!, VEJA SÓ, o jogo virou. Você reclama da iniciativa privada pq as pessoas são mandadas embora a qualquer momento, mas se esqueceu que os cargos em comissão também são mandados embora a qualquer momento.

    PALMAS para o amigo servidor, esse sim é coerente e realista. Trabalhador, aprenda a suar com nós, servidores.

  23. Tião da Vila
    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013 – 20:16 hs

    Ah, ah,ah,ah!!!!!! Ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, !!!!!!!!!!!!!!!!!!! Aprender a suar com os servidore público? Ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah!!!!!!!! Suar com servidor público só se for por coçar o saco demais!!!!!!! h, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah,ah, ah,ah….

  24. TRABALHADOR
    sábado, 23 de fevereiro de 2013 – 20:39 hs

    É a minha última manifestação sobre esse assunto.
    Infelizmente neste mundo temos pessoas que só entendem o que querem, cuidam somente dos seus problemas e esquecem que vivemos em comunidade e interagimos uns com os outros. Deus dá pão para todos os homens, a desigualdade está no fato que alguns são mais gulosos e comem o pão do próximo, então algumas pessoas acabam ficando sem a sua parte. O dinheiro público é assim, é para beneficiar todas às pessoas que habitam um país, então se ele beneficia alguns mais do que outros, teremos pessoas que não gozarão destes benefícios. Aí reside o grande problema da administração pública em nosso país.
    No caso específico das contratações de funcionários públicos em cargos de comissão, existem muitas coisas a serem revistas para que se pudesse dizer que elas seriam justas. Em países mais desenvolvidos, os administradores públicos não contratam gente sem concurso no ritmo em que se faz no Brasil. No governo federal de nosso pais temos cerca de 20.500 cargos comissionados, nos EUA, que possui uma estrutura pública maior são cerca de 9.000, na Inglaterra cerca de 300, na França e Alemanha cerca de 500. Estima-se, na administração anterior, que a Prefeitura de Curitiba contava com cerca de 617 cargos comissionados, um número baixo para a realidade Brasileira, mas ainda alto para o mundo real. A população da República Federal da Alemanha é de cerca de 81.000.000 de pessoas, a do município de Curitiba é de 1.700.000. Como pode apenas um município Brasileiro ter mais cargos de confiança do que um país inteiro, que tem uma população 47 x maior? Lá a população tem um nível sócio econômico melhor que o nosso, acesso a justiça, os direitos democráticos amplamente garantidos, expectativa de vida maior; eles conseguem tudo isso com bem menos “cargos de confiança”. Então lá as coisas funcionam. Quem está certo, eles ou nós? Vamos olhar pra frente e nos espelhar nos bons exemplos, vamos buscar um pais justo e eficiente para todos.
    Foi um prazer debater este assunto com os senhores(as), espero que minhas ideias de alguma maneira possam trazer algum tipo de benefício. Que o sucesso seja um fato constante em suas vidas e na de nosso povo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*