Prévia do PIB indica crescimento de 1,35% | Fábio Campana

Prévia do PIB indica crescimento de 1,35%

Da Folha de S.Paulo:

A atividade econômica registrou em dezembro a terceira alta mensal seguida, mas perdeu força em relação ao nível apurado em novembro.

O IBC-BR –indicador do Banco Central que serve como prévia para o crescimento do PIB– avançou 0,26% em dezembro na comparação com novembro, na série livre de efeitos sazonais.

Analistas consultados pela agência Reuters esperavam uma alta de 0,4% na comparação mensal, mesmo nível registrado em novembro.

No ano, o crescimento deve ficar em 1,35%, de acordo com dados livres de ajustes sazonais divulgados pelo BC nesta quarta-feira. Sem os ajustes, a alta estimada é de 1,64%.

O resultado do indicador sugere um cenário para o ano levemente melhor do que o esperado pelo mercado, que prevê um avanço próximo a 1%. Trata-se, contudo, de um desempenho bem inferior aos anos anteriores e melhor apenas do que 2009, quando a economia vivia os reflexos da crise econômica mundial.

Retração da indústria, alto endividamento das famílias e problemas na balança comercial estão entre os fatores apontados pelo baixo crescimento no ano passado.

Em 2012, o setor produtivo viveu seu pior ano desde a crise de 2009, com queda de 2,7%. O desempenho se deve em boa parte à concorrência dos importados no mercado interno e a maior dificuldades para exportar à Argentina e a mercados em crise.

Pelo lado do consumo, os dados do varejo divulgados ontem pelo IBGE frustraram as expectativas dos economistas para o final de ano. Com uma retração de 0,5% em dezembro, o comércio fechou 2012 com avanço de 8,4% puxado sobretudo pelo baixo desemprego e o avanço da renda.

Os dados de comércio exterior reforçam o cenário de desaceleração. Diante de uma queda de 5,3% nas exportações, o Brasil teve em 2012 o pior superavit na balança comercial desde 2012.

 


5 comentários

  1. Augusto Ferreira
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 10:27 hs

    “Setores responsáveis” esperavam menos.
    “Setores irresponsáveis” torciam por menos.

  2. TRABALHADOR
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 10:47 hs

    Isso mesmo ministro, PIB pequenininho…Sem reforma administrativa, sem aumento do PIB; sem redução da carga tributária, sem aumento do PIB; sem o fim da guerra fiscal entre os estados, sem aumento do PIB; sem combate a corrupção, sem aumento do PIB; sem reforma tributária, sem aumento do PIB; sem modernização do país, sem aumento do PIB, sem taxas de juros decentes, sem aumento do PIB….Assim vai, se fizer o que tem feito ele aumenta, do contrario não…O universo é matemático e perfeito, não adianta querer dar jeitinhos…

  3. quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 14:21 hs

    TRABALHADOR falou tudo !

  4. Anônimo
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 16:34 hs

    É o indexador que nos revela a capacidade do PT e seu governo. São déz anos de enganação e o povo ainda não conseguiru enxergar. Quando não tiver mais jeito de tapar o sol com a peneira, aí, vão se justificar dizendo: mas também, o mundo todo está em crise!

  5. Constanza Del Piero
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 – 0:14 hs

    Com esse pibinho safado, só ganhamos do Paraguay! Só podia mesmo, ser coisa do petismo ordinário e incompetente!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*