Prefeito garante: não havia nada errado na boite assassina | Fábio Campana

Prefeito garante: não havia nada errado na boite assassina

Do Blog do Augusto Nunes:

Nascido há 60 anos em Santa Maria, onde sempre viveu, Cezar Schirmer (foto) conhece rua por rua, prédio por prédio a cidade que governa. Reeleito em outubro, o prefeito teve mais de quatro anos para conhecer página por página, linha por linha a legislação municipal concebida para impedir que aconteça o que aconteceu.

Político profissional há 40 anos, o ex-vereador, ex-deputado estadual, ex-deputado federal e ex-secretário de Estado sabe que, quando algum episódio ameaça a sobrevivência eleitoral, a culpa é sempre dos outros.

Se é que nunca entrou na Kiss, o prefeito cansou-se de ver o caixote comprimido pelos edifícios vizinhos que já foi fábrica de cerveja antes de virar boate pronta para fabricar massacres.

Schirmer também conhece as normas que determinam a interdição ou o fechamento de casas noturnas que não dispõem de saídas de emergência adequadamente sinalizadas. A Kiss tinha uma única porta, pela qual entraram e deveriam ter saído mais de 200 vítimas de homicídio culpado.

Os fiscais da prefeitura deveriam vistoriar o local regularmente. Se olhassem por alguns segundos as paredes e o teto, notariam que o dono do lugar resolvera enfeitá-los com material inflamável.

Nessa hipótese, o serial killer que explorava baladas seria obrigado a exercitar a ganância criminosa em outro ramo. E Schirmer não estaria lastimando a tragédia que nada fez para evitar.

“Nunca chorei na minha vida, e agora choro toda hora”, repetiu nesta quarta-feira. Para não ter de chorar também a perda do mandato ou a morte nas urnas, o oficial graduado do PMDB gaúcho tenta terceirizar os pecados que cometeu.

Leia a íntegra em O papelório do prefeito garante que não havia nada de errado na boate assassina.


11 comentários

  1. tadeu rocha
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 15:18 hs

    para mim esse prefeito é um louco, a boite nao tinha nada errado, prefeito a saida de emergencia tinha, o alvara esta certo, eu acho que santa maria-rg esta de luto com o senhor prefeito. que que coisa feita prefeito, sera que o senhor sabe quantas pessoas moreu, para o senhor falar tantas besteira prefeito.

  2. Luiz
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 15:33 hs

    Então ele concorda com tudo de errado que existia lá.

  3. João Ninguém
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 15:44 hs

    disse isso na segunda feira: se houvesse oposição, a câmara de vereadores já tinha aberto uma CPI para apurar a responsabilidade da prefeitura! Enquanto isso, ninguém sabe, ninguém viu…

  4. TRABALHADOR
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 16:26 hs

    Então tá, segundo o Cezar Schirmer não havia nada de de errado na Boate Kiss, é porque nao tinha….Deve ter sido combustão espontânea…O fogo veio do além, na bíblia fala disso…Vai ver que nem houve incêndio, prefeito de Santa Maria, deve ser intriga da oposição, eles tão inventando tudo isso pra te derrubar…

  5. Tisa Kastrup
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 16:46 hs

    Não tinha nada errado?
    Imagina se houvesse…
    Ah, VTNC!

  6. JULIO CESAR DE SISTI
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 17:33 hs

    Nada de errado!!! Então foi uma grande peça de teatro que pregaram em todos nós???? Foi tudo cenográfico????? Isso é bem coisa de POLÍTICO PROFISSIONAL!!!! SEU IDIOTA SEM ALMA!!! EM QUE MUNDO VOCÊ ESTÁ PARA FALAR TANTA BESTEIRA, BOCA DE LATRINA!!! ISSO ACONTECEU POR CAUSA DE PESSOAS COMO VOCÊ!!!! Se eu tivesse caneta mandaria investigar toda sua vida, pois quem fala uma merda dessa só pode ter a mesma coisa na cabeça ou tentando encobrir alguma coisa própria ou de algum baba ovo!!!!

  7. Constanza Del Piero
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 18:51 hs

    Ouvi a entrevista do prefeito Schirmer hoje cedo na CBN. Não o conheço, nunca vi, nem sabia que existia, muito menos qual é o seu partido.
    Porém defino-o como um homem equilibrado, inteligente e correto. Em momento algum ele disse que estava tudo certo na boate. Disse sim, sendo interrompido várias vêzes, em atitude nada profissional por parte do apresentador, que a boate estava de acordo com as leis: municipais – estaduais e federais; e que os incomodados fossem mudar as leis, então.
    Culpou trambém os bombeiros, que sentavam há meses sobre um pedido de vistoria, sem a qual não sai os demais documentos, coisas comuns, que só sofre, e só conhece, quem depende de álvaras para desempenhar suas atividades.
    Sei o que é isso, e entendo bem o que quiz dizer o prefeito.

  8. antonio carlos indignado
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 19:44 hs

    De que adianta agora crucificar o prefeito? Daqui a um mês, ou seja, até antes da Páscoa o povo já se esqueceu da tragédia. E o prefeito acabou de ser reeleito, entõ está pouco se lixando, pelo que eu sei nenhum filho ou parente dele morreu nesta tragédia. ACarlos

  9. Vigilante do Portão
    sábado, 2 de fevereiro de 2013 – 0:33 hs

    E se a neta ou ou neto dele estivesse entre os mortos?

    Será que ele diria a mesma coisa?

  10. Helena
    sábado, 2 de fevereiro de 2013 – 10:03 hs

    IMAGINEM SE TIVESSE!? NÃO TERIA SOBRADO NINGUÉM PARA CONTAR A HISTÓRIA…

  11. porrete de lapacho
    segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 – 8:21 hs

    crápula

    conivente

    vejam SENHORES, nÃO havia nenhuma , nem uma única porta de saída de emergência. só esse fato desnuda todos os responsáveis pela concessão de autorização ou alvará de funcionamento da boate assassina.
    conheço toda legislação, e afirmo sem medo de errar, que há 4 grupos de responsáveis pelas mortes

    1-os proprietários, inescrupulosos gananciosos por superlotarem o local, e não terem feito treinamento com sseguranças e funcionários, e tmb por trabalharem com comandas de conta em vez de pagamento antecipado com fichas, comandas causam congestionamento e tumulto na saída.

    2-a banda e empresário da banda, por usarem fogos proibidos em local fechado. loucos como a maioria dos integrantes de bandas.

    3-poder público municipal, sugiro o impeachment do prefeito e prisão do chefe de fiscalização e responsável pela emissão de alvará de funcionamento, mesmo que o alvará estivesse vencido.

    4-corpo de bombeiros, por terem concedido o alvará que venceu em agosto de 2012, sugiro que seje preso o bombeiro que assinou aquele alvará, e que perca o cargo, haja visto que naquela época já havia a irregularidade principal que ao meu ver é a inexistência das portas de saída de emergência.

    senhores pais e parentes dos mortos, há responsáveis
    acusem-os cobrem deles as responsabilidades pelas quais são regiamente pagos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*