Planalto esclarece que Dilma virou masoquista | Fábio Campana

Planalto esclarece que Dilma virou masoquista

Do Josias de Souza:

O Planalto divulgou uma nota oficial que começa assim: “A presidenta Dilma Rousseff não está preparando uma reforma ministerial, esclareceu na tarde desta sexta-feira (15) a ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, em conversa com jornalistas no Palácio do Planalto.”

Quem lê percebe o quanto é importante na vida não confundir as coisas. Não confundir alhos com bugalhos. Não confundir um verso de Augusto Frederico Schmidt (‘Se chegasse à tua casa, o tímido olharia’) com uma hipótese apavorante: se chegasse à tua casa o time do Olaria…’

Antes do Natal, Dilma jantou com o dono do PSD, Gilberto Kassab, que não admira. Antes do Carnaval, recebeu os mandarins do PDT e do PR –Carlos Lupi e Alfredo Nascimento—, ambos varridos da Esplanada na pseudofaxina de 2011. Nascimento levou consigo o deputado Anthony Garotinho, que Dilma abomina.

A presidente não é popular entre os políticos. O time do Olaria vai ao Alvorada e ao Planalto para visitar a caneta dela, para cortejar o Diário Oficial. Imaginou-se que Dilma recebia gente que não suporta porque o pragmatismo eleitoral lhe impõe uma reforma ministerial. Mas o Planalto pede: não confundir pragmatismo com masoquismo.

Ninguém suspeitava. Mas Dilma, sabe-se agora, é chegada num autosuplício. É compreensível que a presidente negue o inegável. Ela sabe que corre o risco de empurrar para dentro de sua equipe representantes de legendas que não dispõem do ótimo para lhe oferecer. Nem mesmo do melhor.

Em algum momento, lá para meados de março, a dona da caneta terá de enviar ao Diário Oficial suas decisões. Dilma talvez se renda. São esses aí que vocês têm? Então me dá o impensável, me manda o inadmissível, me vê o inaceitável!

Conforme a nota do Planalto tenta esclarecer, não há reforma ministerial em preparação. Dilma não planeja propriamente uma troca de ministros. Masoquista, ela está prestes a trocar de cúmplices.


7 comentários

  1. Antonio carlos
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 10:55 hs

    E quando chega um processo contra um jornalista é coação da imprensa e tentativa de acabar c a liberdade de imprensa.
    A ultima frase desse marginal da vellha Midia merece uma cobrança no judiciário.

  2. sergio silvestre
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 11:12 hs

    Que fila de abutres hein Campana.Tá parecendo que morreu uma boiada a varios dias ai no planalto.
    Coitada da Dilma ter que aturar essas coisas.Tem gente que ainda adora isso.

  3. BOZO
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 12:56 hs

    MASOQUISTA É O ELEITOR QUE VOTAR NA DILMA, LULA E A QUADRILHA DO PT … DEUS NOS PROTEJA DESSA CORJAAAA …

  4. salete cesconeto de arruda
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 14:55 hs

    Josias!
    Josias!
    Josias!
    Gostou mais do tema da cabritinha dos meninos lá do mato do que o ASSÉDIO SEXUAL perpetuado por um senador a uma empregada da sua própria casa.
    Ou não?
    Não foi assédio?
    Sei.
    A menina negra queria o fumou e não tragou SEM CAMISINHA!
    Josias já caiu na R.E.D.E.
    Reunião dos
    Esperançosos
    De tomar o poder
    Escolhendo a estrela da globo que usa a beterraba como baton.
    Sei.
    A alergia…
    E política do PULA PULA… não gera ALERGIA?

  5. Deutsch
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 21:03 hs

    Lembrete aos idiotas que nela votam; quando começou a demitir os “maus”, a presidANTA disse que não admitia corrupção.
    Depois de todo aquele discurso pra agradar os idiotas, a dilmANTA volta a converdar com os mesmos bandidos pra pedir apoio em sua reeleição, pode?
    Vamos aguardar os cemntários dos idiotas.

  6. Antonio carlos
    domingo, 17 de fevereiro de 2013 – 10:21 hs

    Alguém q sr autonomina de deutch deve ter muito interesse na melhoria do nosso país!
    Vá para a Alemanha c seus Nazis e seu PIB negativo.
    Aqui o povo já entendeu o q é bom p ele e não o q é bom p vcs!!!
    Salário mínimo quadruplicado em dólares em 10 anos e inclusão de 35 milhões de brasileiros na classe média.
    Os precursores da corrupção são os empresários internacionais q sempre estiveram dispostos a nos ensinar os malfeitos. Da corrupção à tortura!
    No mais o Josias é apenas mais um instrumento da minoria raivosa q perdeu espaço democraticamente mas q não se conforma.
    Tenham projetos p o povo e voltarão ao poder.
    O resto é choro e golpismo retroalimentado , numa tabela da Midia c o judiciário.

  7. Deutsch
    domingo, 17 de fevereiro de 2013 – 17:13 hs

    Tá, “burramente” me xingou e ainda justificou os maus feitos de seus ídolos.
    Mais algum idiota?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*