PDT já balança entre Dilma e Eduardo Campos | Fábio Campana

PDT já balança entre Dilma e Eduardo Campos

Do Josias de Souza:

Dilma Rousseff joga na reforma ministerial de 2013 a sorte da coligação de 2014. A chance de perder aliados cresce na proporção direta da sua capacidade de colecionar desafetos. Sócio de médio porte do condomínio governista, o PDT já oscila entre Dilma e o neopresidenciável Eduardo Campos.

Presidente do PDT federal, Carlos Lupi tornou-se um governista de dois gumes. Negocia com Dilma ao mesmo tempo em que flerta com o PSB de Campos. Longe dos refletores, informa que, desatendido por uma, não deixará de considerar a hipótese de associar-se ao outro.

Para Dilma, o PDT está representado na Esplanada pelo deputado Brizola Neto, ministro do Trabalho. Expurgado dessa pasta na pseudofaxina de 2011, Lupi discorda. Alega que o neto de Leonel Brizola virou ministro por vontade de Dilma, não por indicação do partido. Quer manter o ministério. Mas com outro ministro.Além da fisiologia de Lupi, um pedaço do PDT nutre simpatias por Eduardo Campos por razões menos inconfessáveis. Parte da legenda enxerga no governador pernambucano uma alternativa à hegemonia exercida por PT e PMDB.

Lupi esteve com Dilma antes do Carnaval. Na sequência, veiculou-se na rede de comunicação do partido na internet um texto com o seguinte teor: na reforma ministerial, Brizola Neto deixará o ministério. Para o lugar dele, Dilma nomeará o deputado Vieira da Cunha (PDT-RS), afinado com Lupi. Um parlamentar da legenda tocou para o celular de Lupi. Deu caixa postal.

Dois senadores do PDT, Pedro Taques (MT) e Cristovam Buarque (DF), apressaram-se em veicular na mesma rede eletrônica do partido uma resposta ao suposto acordo: “Achamos um erro o PDT ficar amarrado por um ministério no lugar de ser independente”, anotaram.

Na frase seguinte, Taques e Cristovam desceram ao ponto: “Não vamos ser oposição pela direita, mas não podemos perder nossa identidade, nossa busca por um projeto alternativo para o Brasil.” Recordam que se opuseram à ida de Lupi para a pasta do Trabalho e à substituição por Brizola Neto.

Agora, acrescentam os senadores, discordam mais ainda da ideia de substituir o substituto por alguém ligado ao antecessor, “mesmo que seja um grande e respeitável quadro como Vieira da Cunha”. Insinuam que Dilma não conseguirá unificar o PDT a golpes de caneta. “Se a presidente Dilma acha que vai pacificar o PDT está errada. Nossa posição deve ser de independência pela esquerda.”

As cornetas do PDT soam num instante em que o partido se prepara para uma convenção nacional, a realizar-se em março. Lupi sinaliza para Dilma que o Diário Oficial precisa dizer alguma coisa antes desse encontro.

Como que decidido a mostrar ao Planalto que há na praça quem o valorize, o PDT acaba de aceitar uma secretaria no governo do tucano Antonio Anastasia, em Minas Gerais. Na quarta-feira (6) da semana passada, dois dias antes da conversa de Lupi com Dilma, o afilhado político do presidenciável Aécio Neves acomodou na poltrona de secretário do Trabalho e Emprego o deputado federal Zé Silva (PDT-MG).

Lupi sempre teve diálogo fácil com Aécio, cujo governo o PDT também compartilhou. A exemplo de Eduardo Campos, o rival tucano de Dilma acalenta a expectativa de atrair o PDT para o seu projeto presidencial. Quem conhece Lupi não descarta a hipótese de desenvolver-se nele um terceiro gume. Hoje, porém, a nata da legenda fareja um interesse crescente pela novidade de Pernambuco.


10 comentários

  1. Viezzer
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 10:48 hs

    Em 2014 eu voto em Marina Silva ou Eduardo Campos…Fora isso voto NULO…

  2. H. Romeu Pinto
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 10:53 hs

    Pensa em um acara que vende a mãe!
    Agora pensa em um cara que vende a mãe mas antes remarca o preço!
    Mais: agora pensa em um cara que vende a mãe, remarca o preço e ainda entrega! Carlos Lupi!
    Pois é, ninguém esta preocupado com o povo não apenas com o seu espaço político e a subsistência de seu partido.
    O Povão: não esquenta não, acabou o carnaval, daqui a pouco é só matéria da copa, depois vem o carnaval novamente, depois as olimpíadas mas o que não pode é o povo deixar de pagar os imposto!!

  3. Do Interiorrrrrr...
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 11:50 hs

    Quando algum político fala que “ainda não decidimos quem tem a melhor proposta….” ou “ainda estamos avaliando quem vamos apoiar….”

    entenda-se:

    “Estamos aguardando cargos a troco de apoio político….”

    É o mensalão disfarçado de cargos!!!!!!!!!!

  4. TRABALHADOR
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 11:53 hs

    Isso aí é tudo é bobagem, é charminho pra arrancar mais coisa da Dilma..Quem decide a eleição é o povão, os pobrão desprezados pelo governo, por todos os governos….Então quem é que vai votar nesse zé ninguém do Eduado Campos. Ele pode ser bom, competente, não ser ladrão, mas e daí….O povo vai lembrar de quem deu casa (esses pombalzinhos que o governo financia) pra eles. A Marina Silva tem muito mais chance que esse sujeito…Mas o presidente Lula tem prestígio demais junto ao povo brasileiro, se ele quiser elege até o seu cachorro pra presidente da república… Quem é que conhecia essa tal de Dilma direito, e ele foi lá e botou a mulher na cadeira dele. Nem a prisão dos envolvidos no mensalão abala o prestígio dele, porque ninguém é bobo, o povo enxerga e não adianta por o Zé Dirceu na cadeia e deixar o Paulo Maluff solto, e uma lista interminável de pilantras desfilando em Brasília. Não que eu morra de amor por esse povo do PT, mas realidade é realidade….

  5. joao
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 12:10 hs

    entre esse lupi e o beto richa qual seria pior

  6. Coelho Ricochete
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 14:12 hs

    O Lupi é um porco!

  7. carlos rocha
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 14:54 hs

    Já meteram a mão no bolso da Dilma agora se preparam para assaltar o Eduardo Campos.

  8. sergio silvestre
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 15:02 hs

    Quem dá mais leva esse embrulho.Resta saber o que tem dentro.
    Não sei se acrescenta alguma coisa seu apoio.Acho que mais tira do que poe.

  9. toninho
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 17:27 hs

    Esse Lupi é um dos maiores tralhas que eu já vi. A cara dele confirma, cara de trampa. Não morre nem cortando a cabeça. Agora, leiloando o apoio. Ideologia, nada, aliás, que ideologia? Estamos mal.

  10. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 19:59 hs

    Duvido!
    Se fizer essa besteira vai acabar como o ìndio FAJUTO do Serra.
    Campos NÃO VAI SE CANDIDATAR EM 2014 – Fábio!
    Minhas fontes me dizem que ele faz o ENSAIO com DILMA e LULA para ver quem é TRAÍRA.
    Simples assim.
    Duvidam?
    Aguardem!
    Só fará diferente se for burro ou ingênuo feito a Marina da beterraba nos lábios.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*