Papa Bento XVI saúda Curitiba em discurso de abertura da Quaresma | Fábio Campana

Papa Bento XVI saúda Curitiba em discurso de abertura da Quaresma

Papa celebra a missa da Quarta-Feira de Cinzas na Basílica de São Pedro (REUTERS/Stefano Rellandini).

Da Gazeta do Povo:

Na primeira aparição pública após anunciar a renúncia do cargo no final do mês, o papa Bento XVI enviou uma “cordial saudação” aos brasileiros de Curitiba e Porto Alegre (RS) em seu discurso de Quaresma, ocorrido na manhã desta quarta-feira (13) de Cinzas, no salão de audiências do Vaticano.

Esta quarta-feira também marca o início da Campanha da Fraternidade 2013, com o tema “Fraternidade e Juventude” e o lema “Eis-me aqui, envia-me!” – expressão retirada do livro de Isaías, da Bíblia. O papa Bento XVI já havia enviado uma mensagem aos brasileiros para o início da Campanha.

Leia a íntegra do discurso em português do Papa Bento XVI:

“Queridos irmãos e irmãs, hoje, Quarta-feira de Cinzas, iniciamos a Quaresma, tempo de preparação para a Páscoa. Estes quarenta dias de penitência nos recordam os dias que Jesus passou no deserto, sendo então tentado pelo diabo para deixar o caminho indicado por Deus-Pai e seguir outras estradas mais fáceis e mundanas. Refletindo sobre as tentações a que Jesus foi sujeito, cada um de nós é convidado a dar resposta a esta pergunta fundamental: O que é que verdadeiramente conta na minha vida? Que lugar tem Deus na minha vida? O senhor dela é Deus ou sou eu? De fato, as tentações se resumem no desejo de instrumentalizar Deus para os nossos próprios interesses, em querer colocar-se no lugar de Deus. Jesus se sujeitou às nossas tentações a fim de vencer o maligno e abrir-nos o caminho para Deus. Por isso, a luta contra as tentações, através da conversão que nos é pedida na Quaresma, significa colocar Deus em primeiro lugar como fez Jesus, de tal modo que o Evangelho seja a orientação concreta da nossa vida. Amados peregrinos lusófonos, uma cordial saudação para todos, nomeadamente para os grupos portugueses de Lamego e Lisboa, e os brasileiros de Curitiba e Porto Alegre. Possa cada um de vós viver estes quarenta dias como um generoso caminho de conversão à santidade que o Deus Santo vos pede e quer dar! As suas bênçãos desçam abundantes sobre vós e vossas famílias! Obrigado!”


5 comentários

  1. Zangado
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 19:59 hs

    Só falta algum governante de ocasião sugerir que é por causa dele …
    Assim como fazem quando chove ou quando aumenta a produção sem nunca terem plantado um pé de alface ou apertado um parafuso …

  2. Observador
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 9:45 hs

    Acho que ele mandou um salve pro Fruet.

  3. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 10:20 hs

    A vilinha conserva seu espírito provinciano. Basta a menção da cidade num discurso internacional para virar manchete nos hebdomadários da paróquia.

  4. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 12:01 hs

    Vai vir morar em Guaratuba.

  5. Puta
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 16:38 hs

    Grande coisa ….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*