Henrique Alves deve ser julgado logo após eleito | Fábio Campana

Henrique Alves deve ser julgado logo após eleito

O deputado federal e líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), no plenário (Lula Marques/Folhapress).

Da Folha de S.Paulo:

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte deve decidir, até o fim deste mês, se confirma ou derruba uma condenação por improbidade administrativa sofrida por Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), favorito para se eleger hoje presidente da Câmara.

Se confirmar a condenação, a corte pode suspender por três anos os direitos políticos do deputado –o que o impediria de disputar as próximas eleições.

Procurado pela Folha, Alves afirma que sentença da primeira instância é frágil e disse disse acreditar que será inocentado da será inocentado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande Norte.

Responsável por colocar o caso para julgamento, o desembargador Expedito Ferreira de Souza, do TJ-RN (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte), disse à Folha, por meio da assessoria do tribunal, que pretende levar o caso ao plenário da corte até o fim de fevereiro.

Caso a decisão de primeira instância, de maio de 2011, se confirme, e a Justiça decrete a suspensão dos direitos políticos de Henrique Alves, ele ainda poderá obter liminares para se manter elegível.

Além disso, terá a possibilidade de derrubar a decisão em tribunais superiores, antes do chamado trânsito em julgado do caso (quando não há mais chance de recursos).

O deputado foi condenado em primeira instância, junto com seu primo, o ex-governador e hoje ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, em maio de 2011.

Conforme a decisão, Henrique Alves, quando era secretário de Governo de Garibaldi, usou recursos públicos, por meio de propagandas institucionais, para se promover pessoalmente.

Desde então, ele e Garibaldi apelam contra a sentença no Tribunal de Justiça. Depois de quase dois anos, o caso está pronto para julgamento.

Leia mais em Henrique Alves deve ser julgado logo após ser eleito.


2 comentários

  1. Helena
    segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 – 11:55 hs

    Pois é, todos sabemos que para se chegar ao alto poder, está cada dia mais fácil, basta ter a CORAGEM de ser corrupto, e desonesto, e a cartilha para essa aprendizagem sabemos onde encontrar. Quem se atreve a ter essa coragem MAQUIAVÉLICA? É SÓ POSTULAR AO CARGO…

  2. sergio silvestre
    segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 – 12:10 hs

    Hora de almoço e já da ázia.Como pode,voce mesmo ganhando salario minimo,fica sem CPF se não declarara as migalhas.
    O distinto ai,é réu em processo e pode até sentar na cadeira da presidencia da republica.
    A cada dia entendo menos a justiça,e a delinquencia que impera nos poderes,Mudam as datas,formam ongs,e a humanidade continua como nos tempos barbaros,é uma massa que trabalha para poucos gozarem,ora soltam um pouco mais de ração ora um pouco menos.
    Então meu irmão,faça do seu filho um politico ou um juiz e feche seus olhos tranquilos,esse vai ter um grande futuro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*