Há um poste no meio do caminho | Fábio Campana

Há um poste no
meio do caminho

Em Almirante Tamandaré, uma situação inusitada. Obra de alargamento deixou postes da Copel no meio da rua. Óbvio, há acidentes, pois postes não combinam com o trânsito. A promessa era a retirada há mais de um mês. Continuam lá, atrapalhando a vida dos moradores.


9 comentários

  1. Zangado
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 14:53 hs

    Só pode fazer parte do “xoque de jestão” governamental …

  2. Augusto dos Anjos
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 17:07 hs

    Claro, o poste continua no meio da rua. O prefeito Aldnei Siqueira está nomeando a parentada e não tem tempo de trabalhar. O pai dele, Neninho Siqueira é o Secretário de Obras. Na Ouvidoria não adianta reclamar, o Ouvidor é o primo, Leonel Siqueira.

  3. Oriente Barbosa Mendes
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 23:38 hs

    OS problemas de Almirante Tamandaré, não é postes no meio das ruas, o problema é cratera no meio das ruas,

  4. João Maria
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 23:50 hs

    Acho que o Prefeito de Tamandaré deveria fazer pelo menos o ensino fundamental para aprender ao menos o básico em administrar um município antes de sair prometendo meteoros para todo mundo.

  5. BOZO
    domingo, 17 de fevereiro de 2013 – 9:37 hs

    QUANDO ESTIVE EM PORTUGAL CONTEI TAL FATO AOS PATRÍCIOS. ELES PENSARAM QUE ERA PIADA, MAS FOI DIFÍCIL FAZE-LOS ACREDITAR QUE ERA VERDADE MESMO … E NÃO É PIADA NÃO, É BRASIL MESMO !!!

  6. Enoque
    domingo, 17 de fevereiro de 2013 – 11:53 hs

    No dia 31 Dez 2012, o carro do meu filho bateu em um poste no tanguá, os ocupantes foram encaminhado ao hospital, ficaram em observação e hoje estão bem.
    Só danos materiais, mas a festa de final de ano que reuniria toda a família foi prejudicada, todos estavam apreensivos com os familiares internados no Hospital.
    Para a retirada do carro, foi chanado a Copel que retirou o poste.

    O carro virou sucata, quem vai indenizar, a Copel, a Construtora ou a Prefeitura?

  7. Trabalhador
    domingo, 17 de fevereiro de 2013 – 15:05 hs

    Se for transitar nesse lugar tem que estar com a buzina boa, pros postes escutarem e saírem da frente na hora de passar…

  8. domingo, 17 de fevereiro de 2013 – 22:34 hs

    Nao e privilegio de Almirante Tamandare, em Piraquara tambem encontramaos uma aberraçao similar, um verdadeiro ABSURDO, estao brincando com a paciencia do povo!!!!!

  9. Brenda
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 1:00 hs

    Goinski disse, ao final de sua gestão, que a retirada dos postes era de responsabilidade da Copel. Denei, como sempre, prometeu algo que não poderia cumprir (assim como todas as promessas de sua campanha, aguardemos), disse que resolveria o problema, o prazo escoou e o bonito passou por mentiroso, mais uma vez. Sinto o cheiro de não releição. Obs: Sr. Enoque, ingresse com uma ação indenizatória em face dos três, Construtora, Copel e Município, Procure um bom advogado. Abraços.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*