Governo Federal vem ao Paraná tratar de aviação regional | Fábio Campana

Governo Federal vem ao Paraná tratar de aviação regional

Intensificando as ações do Plano de Aviação Civil Regional – Aeroportos Regionais, equipe de técnicos da Casa Civil da Presidência da República, da Secretaria de Aviação Civil e do Banco do Brasil começam a visitar os Estados nesta quinta-feira (21). A primeira agenda é em Curitiba, com o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho.

ação objetiva apresentar às administrações municipais e estaduais informações detalhadas do Plano e coletar informações técnicas sobre a situação de cada um dos aeroportos. Lançado no ano passado, o programa vai investir R$ 7,3 bilhões na primeira etapa do plano de aviação regional, em 270 aeroportos regionais, de 26 Estados. No Paraná, foram contemplados 15 aeroportos nesta primeira etapa – Bandeirantes, Cascavel, Campo Mourão, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá, Paranaguá, Pato Branco, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Toledo, Umuarama e União da Vitória.

Os investimentos previstos são da ordem de R$ 1,7 bilhão em 67 aeroportos na região Norte; R$ 2,1 bilhões em 64 aeroportos na região Nordeste; R$ 924 milhões em 31 aeroportos no Centro-Oeste; R$ 1,6 bilhão em 65 aeroportos no Sudeste; e R$ 994 milhões em 43 aeroportos na região Sul.

Coordenado pela Casa Civil, o Plano de Aviação Regional busca melhorar a qualidade dos serviços e da infraestrutura aeroportuária e ampliar a oferta de transporte aéreo à população brasileira. “O objetivo do governo federal é reativar alguns aeroportos, melhorando e adequando esses aeródromos para que a maioria da população brasileira esteja em um raio de 100 quilômetros de distância de um terminal com voos regulares”, disse a ministra Gleisi Hoffmann.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*