Fernanda Richa em Foz | Fábio Campana

Fernanda Richa em Foz

A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, abriu nesta terça-feira (19), em Foz do Iguaçu, o Encontro de Gestores Municipais da Assistência Social da Região Sul. O encontro reúne mais de 800 profissionais da área e gestores do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Fernanda apresentou o Programa Família Paranaense e conversou com prefeitos e gestores. “Esta plateia lotada e o sucesso deste evento é o reflexo do empenho da nossa rede de assistência social”, afirmou. Fernanda Richa também participa ainda hoje da inauguração do Centro de Atenção Psicossocial, visita a Associação Viva Bia – Casa Ofício e no último compromisso do dia, entrega à população de Foz do Iguaçu o Centro da Juventude, no Jardim Naipi.

A foto é de Rogério Machado.


5 comentários

  1. Aguirre
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 22:11 hs

    Encontros como este geralmente são convocados não por haver assuntos importantes a tratar, mas por ser preciso dar a impressão de que se está tratando de assuntos importantes.
    É admirável que, o fato de não se tratar de assuntos importantes nos encontros sem nada a tratar, não constitui embaraço mais sério para quem deles participa.

  2. Sofia
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 18:24 hs

    Prezado (a) Aguirre, lamento que sua opinião sobre a importância em promover debates e encontro relacionados à política da Assistência Social no país seja tão limitada. Neste evento em especial, representantes da região Sul do país se reuniram para buscar soluções e experiência exitosas que contribuam para a melhoria da qualidade de vida das pessoas, principalmente daqueles que necessitam da atenção integral. Proponho que venha participar para conhecer o valoroso trabalho desses profissionais. São pessoas comprometidas e preocupadas em garantir os direitos básicos do cidadão, que é acesso à saúde; educação, e uma vida mais digna. Parabéns a todos os incansáveis assistentes sociais e gestores que diariamente trabalham para oferecer o que talvez você Aguirre não precise.

  3. Ana Clara
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 19:06 hs

    Infelizmente ainda existem pessoas com visão limitada, que não tem conhecimento de como funciona o trabalho de assistência social. Se vc tivesse ido ao encontro saberia que faz um tempo q nós, assistentes sociais, não fazemos assistencialismo. Trabalhamos hj com questões diretamente ligadas a promoção humana. Principalmente com questões que você não deve “querer” prestar atenção… Trabalhamos com pessoas que realmente precisam de ajuda para melhorar de vida e superar problemas. Deixe de lado seu preconceito e venha passar um dia em uma instituição de assistência social. Tenho certeza que você vai tomar conhecimento de uma realidade q não conhece e vai se surpreender com a complexidade do nosso trabalho!

  4. De olho nas notícias!
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 19:53 hs

    Cara Sofia, não se incomode com comentários menores. Esse encontro foi destinado a discutir políticas de atendimento às pessoas especiais, que tem necessidades especiais,e merecem ser tratadas como pessoas mais que especiais. Antes de criticar, mais informação por favor.

  5. Danielle
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 23:08 hs

    Sr.Aguirre, sua opinião é totalmente despropositada, mostra tão somente quanto o Senhor não tem a mínima noção sobre a importância deste encontro para a Política de Assistência Social. Se o Senhor acha que debater sobre políticas publicas para que as mesmas sejam executadas e a Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) seja cumprida não é assunto importante… isso só me traz uma certeza, que infelizmente o senhor não tem a mínima noção do que esta falando.
    Aprendi com uma grande gestora pública que: ” Se eu não quero que aconteça na minha casa, na minha família, não posso deixar que aconteça na casa e familia dos outros” e tenho certeza que os participantes deste encontro estão debatendo e achando soluções para que os direitos básicos de todos os cidadãos sejam garantidos.

    Parabéns Sofia, faço minhas as suas palavras.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*