Ex-judoca Aurélio Miguel é denunciado por suspeita de corrupção | Fábio Campana

Ex-judoca Aurélio Miguel é denunciado por suspeita de corrupção

Da Folha de S.Paulo:

O Ministério Público de São Paulo denunciou ontem à Justiça o vereador Aurélio Miguel (PR-SP), campeão olímpico de judô, sob a suspeita de crime de corrupção passiva. A Promotoria também pede o sequestro de 16 dos 25 imóveis em nome do parlamentar.

Na ação movida pelo Gaeco (grupo da Promotoria que investiga o crime organizado), assinada por quatro promotores, o parlamentar é acusado de ter recebido R$ 1,1 milhão em propina para beneficiar ilegalmente cinco shoppings na capital ligados ao grupo Brookfield.Miguel e a Brookfield sempre negaram irregularidades.Como envolve, em tese, seis fatos distintos, os promotores denunciaram Miguel por seis vezes e com pedido de pena acumulativa.

Isso significa que, caso condenado pelos seis crimes citados na denúncia, sua pena pode ir de 12 a 72 anos. O crime também prevê a possibilidade de aplicação de multa, estipulada pelo juiz diante da gravidade do caso e a situação financeira do réu.

Conforme a Folha revelou ontem, os bens em nome do parlamentar e de suas empresas estão estimados em mais de R$ 25 milhões. Seu patrimônio multiplicou desde que foi eleito vereador pela primeira vez, em 2005.

Leia mais em Ex-judoca Aurélio Miguel é denunciado por suspeita de corrupção em SP.


5 comentários

  1. Vieira
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 10:26 hs

    Dê o poder para um homem, para ver quem ele realmente é…

  2. sergio silvestre
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 11:18 hs

    Isso é com um vereador que deu um hipon na honestidade.Quando se fala em uma corrupção total de 200 bilhões por ano,tem muita coisa que fazem um carnaval danado,procurador Gurgel e alguns ministros
    do supremo,e ai?
    Vão ser candidatos?Se freassem ao menos a metade,sobraria dinheiro para ao menos arcar com que gastamos para manter voces.

  3. Trabalhador
    domingo, 17 de fevereiro de 2013 – 15:35 hs

    Roubou R$ 0,01 ou R$ 1.000.000,00, se o dinheiro é público, é do povo. Tem que respeitar.Roubou tem que ir pra cadeia…

  4. Deutsch
    domingo, 17 de fevereiro de 2013 – 17:05 hs

    Lula já dizia;” O poder é filho da puta, ele corrompe”. Taí o próprio lula para endossar suas palavras.

  5. Paulo
    sábado, 2 de dezembro de 2017 – 17:52 hs

    O pior que esse ex. Vereador Aurélio Miguel colocou sua esposa Michele para trabalhar no tribunal de contas do município com um pequeno salário de 25.000,00 . Ele roubou o município e agora não satisfeito colocou a esposa para ter mais verbas, falando disso como um vereador ganha 18.500,00 e uma assessora do tribunal que não faz nada ganha 25.000,00

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*