Em todo o Paraná, 18 casas noturnas foram fechadas | Fábio Campana

Em todo o Paraná, 18 casas noturnas foram fechadas

Bar Curityba teve as portas lacradas pela Vigilância Sanitária (Foto: Juliano Pedrozo/blogdajoice.com).

Da Joice Hasselmann:

Após a tragédia de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, o Ministério Público do Paraná e o Corpo de Bombeiros deram início a fiscalização a bares e casas noturnas. Pelo menos 18 estabelecimentos já foram fechados em cinco cidades do Paraná. Em Curitiba três casas tiveram problemas com o Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e documentação com a prefeitura (Bar Curitiyba, Aos Democratas e James). No litoral cinco casas foram fechadas. Cinco foram fechadas no Oeste, três em Cascavel e duas em Toledo. Em Guarapuava, na região Central, cinco casas foram fechadas.

Fiscalização

Em Curitiba a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) teve início ontem. Diversas casas serão vistoriadas pela força-tarefa durante o final de semana. A ação inclui Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, prefeitura municipal, Vigilância Sanitária, entre outros órgãos.

Aos Democratas tem andares interditados

O bar Aos Democratas, no bairro Batel, em Curitiba, teve o segundo e o terceiro andares interditados pelo Corpo de Bombeiros durante ação de fiscalização. De acordo com o Coronel Pombo, falta a escada pressurizada nos andares citados para garantir a segurança dos freqüentadores da casa. O Ministério Público do Trabalho está de acordo com os bombeiros.

Bar Curityba é fechado por Bombeiros e Vigilância Sanitária

O Bar Curityba, na Alameda Taunay, foi o segundo bar a ser interditado durante a fiscalização da AIFU. O local apresentou sérios problemas com o Corpo de Bombeiros, com a Vigilância Sanitária e liberações da prefeitura.


15 comentários

  1. sergio silvestre
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 11:27 hs

    Então..se não acontecesse a tragédia,estas boates iriam funcionar até o fidos tempos.No japão tambem,se não acontecesse o tsunami
    até hoje estariam esperando outro para contrução dos diques de contenção.
    Culpam prefeitos ,governos,mas as tragédias vão continuar acontecendo,o mundo é uma bomba,estamos em cima de bolsões de gases explosivos de todo o tipo,o ar é cortado por todo tipo de ondas
    magneticas e radiação.
    Os empresários destas casas o que vão fazer com seus funcionários,e como vão pagar seus altissimos impostos.
    Porque estão fechando as casas agora e não fecharam antes?
    É porque nossa fiscalização e por taxas ou por suborno.Hoje é a casa de shows,amanhã os parques de diversões,circos etc.
    Gozado é quando a agua bate no queixo dos caras pelas cagadas que fizeram,ai saem das tocas e pegam uns bodes espiatórios para ferrar.
    A coisa não é por ai,fechar 18 casas de shows a toque de caixa me cheira mais imcompetencia ainda das autoridades.pois não daria tempo para um laudo serio das condições do negocio.
    É isso que eu penso.

  2. Charuto
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 11:50 hs

    Tudo isto pela FALTA DE FISCALIZAÇÃO e as conhecidas carteiradas, acertinhos e jeitinho brasileiro, isto tem que acabar e quem pensou e fez assim agora vai se incomodar com a Justiça e ser envolvido no caso do RS.

  3. jCarlos
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 12:10 hs

    Acho muito boa essa ação, mas gostaria de saber o que esse órgãos estavam fazendo antes. A impressão que dá é são todos uns incompetentes que só agem sob pressão.

  4. parana neto
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 12:36 hs

    …LOGO O AMIGUINHO ,PUXA SACO DO CHARLES ALBERT.

    ….PN…

  5. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 12:38 hs

    Que não fechem o bar do Roque…

  6. SERÁ PARA TODOS???
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 12:44 hs

    E AS CASAS QUE FECHARAM ONTEM PARA EVITAR A FISCALIZAÇÃO????SERÃO FISCALIZADAS OU OS FISCAIS NÃO VOLTARÃO AO BAIRRO????

  7. JULIO CESAR DE SISTI
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 13:39 hs

    Todos foram interditados pela Vigilância Sanitária…pelo menos é o que está divulgado em outros sites e nos lacres das portas…..VIGILÂNCIA SANITÁRIA…alguém ai consome algum alimento nestes lugares???? Boa Sorte!!!!!

  8. Êita!
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 13:54 hs

    E os inferninhos da Cruz Machado e cercanias? Não pegam “fogo”?

  9. CARMINHA
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 15:03 hs

    FABIO! FICAMOS INDIGNADOS QUANDO ESTAMOS VENDO O JORNAL , E DE REPENTE AO MEIOS DAS NOTICIAS DO FECHAMENTOS DAS CASAS NOTURNAS POR ESTAREM IRREGULARES, O PRESIDENTE DO SINDICATO DANDO UMA DE GOSTOSO, DIZENDO QUE FECHARAM AS CASAS E QUE TINHA UM PROPRIETARIO CHORANDO PORQUE FECHARAM A PORTA DO ESTABELICIMENTO DELE.
    ORA POIS ANATES ELE CHORAR DO QUE AS MÃES DAQUELES ESTUDANTE QUE MORRERAM NO BAR NOTURNO.
    DA ATE PENA DELE, DEVE SER UM CARA QUE NÃO TEM FILHO NÃO TEM FAMILIA .
    COMO PODE SER UM PRESIDENTE DE SINDICATO UM CARA TÃO IMBECIL.
    ESPERO NÃO VER MAIS UMA REPORTAGEM NESTE NIVEL.
    O CARA, DEIXA ELE CHORAR DO QUE ELE CHORAR POR PERDER TUDO CFOM PROCESSO EM =CIMA DELE. QUER APARECER COLOCA UMA MELANCIA NA CABEÇA QUE ESTA SIM FICA BEM MELHOR EM VOCE, POIS VC JA TEM CARA DE BABACA. ALGUEM QUE VIU ESTA REPORTAGEM DEVE PENSAR IGUAL A MIM QUE SOU MÃE E QUE GOSTARIA QUE MEUS FILHOS FOSSEM EM CASAS NOTURNA MAIS FISCALIZADA, PARA DAR SEGURANÇA NOS GAROTOS.

  10. Ermenegildo Zegna
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 16:11 hs

    Hoje no jornal PARANA TV foi mostrada a cozinha do Bar Curityba, simplesmente uma ” nojeira ” e vergonhoso o estado dos alimentos e utensílios utilizados. Isso que o dono se diz um chef de cozinha, imaginem se não fosse. Lamentável.

  11. Furdunço
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 16:16 hs

    E os boteco de periferia, aqueles em que tem homicídio dia sim e outro também, sem contar o tráfico de drogas e a perturbação do sossego?

    Serão finalmente vistoriados e fechados pela falta de alvarás e quaisquer condições, ou mais uma vez a prefeitura fechará os olhos para a periferia?

    Espero que esta não seja mais uma gestão em que o único poder que chega até os pobres é o da polícia.

  12. JC 3zotti
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 16:59 hs

    DISSE TUDO
    O meu chará José Carlos disse tudo: pq só agora, sob pressão? e antes, a vigilancia n~~ao iscalizava? Então existia ma conivencia institucionalizada?

    Isto é que não dá pra tolerar, o poder úblicco agindo assim, aenas por pressão, pois a impressao que dá é de que se não houvesse esta tragédia no RS, o Aos democratas por ex, continuaria funcionando com uma única porta de entrada e saída, com escada estreita e ingrime ….

    Ministério Públio devia investigar a omissão nos ultimos anos .. e nem é do prefeito, mas dos secretários, ténicos/fiscais, bombeiros, etc.

  13. polako
    sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 – 19:14 hs

    A fiscalização é ineficiente sim! Agora, que essas casa, pertences a ‘gente grande” “gente do poder”, isso não tenho dúvida. òbivio, que a fiscalização fica a quem do objetivo.

  14. Antonio
    sábado, 2 de fevereiro de 2013 – 13:50 hs

    Resposta a Carminha: Olá Carminha, antes de escrever vc deveria saber a verdade dos fatos:
    Pelo que sei do BAR AOS DEMOCRATAS o nível de profissionalismo é tão grande que a contabilidade do bar é feita pela DELOITE que é uma das maiores empresas de auditoria do mundo, entre outros detalhes todos os Músicos são registrados com direto a vale alimentação, plano de saúde e odontológico, uma coisa rara em Curitiba e no Brasil, outro detalhe pelo que foi informado sobre os bombeiros o bar teria até o dia 1º de março para realizar as obras, mais não quiseram saber mandaram fechar mesmo assim.
    Ai da pra vc entender porque o dono da casa estava chorando,é que os órgãos públicos que não são sérios.
    Ou vc acha que se a casa foce tão picareta estaria se preocupando em ter uma empresa como a Deloite como parceira, os músicos registrados.

  15. Luiz
    segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 – 10:00 hs

    Antonio, em primeiro lugar, não tenho nada a ver com serviço publico, mas veja bem quando as autoridades publicas não tomam a atitude que deveriam, descem o cacete, quando tomam, descem o cacete, fica complicado, também,quanto ao profissionalismo na area contabil feita pela DELOITE, não interessa, pois o problema aqui é outro ou seja a segurança, higiene etc, agora não tem que dar jeitinho tem que fechar se não estiver regular e também não pode dar autorização para abrir se não estiver regular e pronto, é simples.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*