Diretor do Hospital São Vicente na Tribuna Livre desta quarta | Fábio Campana

Diretor do Hospital São Vicente na Tribuna Livre desta quarta

O diretor-superintendente do Hospital São Vicente, o médico Marcial Carlos Ribeiro, vai prestar esclarecimentos à Câmara Municipal de Curitiba sobre o atendimento ao ex-prefeito Saul Raiz, baleado em tentativa de assalto na tarde do último sábado (16). A convite do vereador Dirceu Moreira (PSL), ele participa da Tribuna Livre desta quarta-feira (20), que ocorre após encerramento da Ordem do Dia da sessão.

Dirceu apresentou em plenário, nesta terça-feira (19), nota de esclarecimento do Hospital São Vicente sobre o atendimento a Raiz, que foi conduzido por um manobrista ao Pronto Socorro do Hospital Evangélico. O vereador disse que o estabelecimento lamenta o ocorrido e que não houve omissão, o que teria sido registrado por câmera de monitoramento.

Enfermeiro, Dirceu trabalhou no São Vicente por nove anos. Ele defendeu que o hospital possui “longa tradição de serviços prestados”, com “quadro clínico da mais alta competência”. O parlamentar ainda informou que foram prestados esclarecimentos ao Conselho Regional de Medicina do Estado do Paraná (CRM-PR) e que a instituição criou comissão processante para “apurar os fatos”.

De acordo com o líder do PSL, um médico chegou a prestar socorro a Raiz, mas o estabelecimento não estava preparado para recebê-lo, ao contrário do Evangélico. O ex-prefeito, então, teria preferido ser conduzido em seu próprio veículo. Dirceu afirmou que o manobrista que dirigiu o carro de Raiz até o outro hospital não chegou a entrar no São Vicente.

O caso já havia norteado debates nesta semana. Na segunda (18), Valdemir Soares (PRB) e Rogério Campos (PSC) foram alguns dos vereadores que se manifestaram.


8 comentários

  1. Trabalhador
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 19:51 hs

    Tomara que ele seja sincero..Se for vai começar assim: Prezados vereadores, nós do hospital São Vicente não sabíamos que se tratava de um figura importante, pensávamos que era mias uma daqueles pobres que vão lá encher o nosso saco. Mas pode deixar que iremos atender sempre os políticos que forem lá pedir qualquer tipo de ajuda…

  2. Lee
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 20:00 hs

    Será que se fosse uma balconista ou um servente de pedreiro baleado, a mídia e as autoridades estariam dando essa atenção?
    Resposta: óbvio que não.
    Sociedade hipócrita.

  3. JULIO CESAR DE SISTI
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 21:02 hs

    O diretor foi explicar sobre o atendimento? Que atendimento?

  4. Leon
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 23:13 hs

    xi

  5. VISIONÁRIO
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 6:51 hs

    Morrem mais pacientes graves no anonimato do que se publica nos
    meios de comunicação. As emergencias são importantíssimas, porem
    dê um pulinho até os hospitais oncológicos para verificarem sobre a
    falta dos medicamentos essenciais. Vejam os hospitais públicos su-
    perlotados. Governo que distribui esmola o ano inteiro e ainda “doa”
    para Cuba mais de 1 bilhão de reais a título de socorro é no mínimo
    ladrão de primeira linha…

  6. Eu li
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 8:05 hs

    Nota 0000000 para este hospital, não atendem reclamam de tudo, não querem marcar exames. Já tive problemas lá.

  7. LEO
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 17:37 hs

    QUANTA BALELA….SO PORQUE ACONTECEU COM EX PREFEITO…DA LICENCA, ESSE PAPO JA DEU…DELETA..ISSO ACONTECE TODOS OS DIAS ..NAO AGUENTO MAIS .DELETAAAA

  8. João da cic
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 – 21:13 hs

    Então o vereador Dirceu Moreira é enfermeiro e trabalhou no São vicente,e dai o que temos a ver com ele,sera que na cic,não tem o que ser feito,ele tem que cuidar de quem o elegeu,foi eleito por sorte,pois é um arrogante e prepotente,azar de quem votou nele.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*