Dilma e o condenado | Fábio Campana

Dilma e o condenado

“Será possível que a presidente da República vai para uma reunião com um cara que foi condenado?”

Do Deputado Sérgio Guerra (PSDB-PE), sobre o encontro que Dilma deve ter com ex-ministro José Dirceu nesta semana. Via blog do Ricardo Noblat.


7 comentários

  1. sergio silvestre
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 15:10 hs

    Tem muitos não condenados bem mais perigosos.

  2. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 15:10 hs

    Noblat se esquece: “Estava condenado e me visitastes”…

  3. toninho
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 15:18 hs

    Esse Deputado não tem ninguém na familia ou de suas relações que foi ou está sendo condenado? Alguém escapa disso, neste mundo? Amigos são prá todas horas, as boas e as ruins. Ou não são amigos, apenas interesseiros. Um pai ou mãe abandona um filho quando está na cadeia?

  4. PORTUÁRIO
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 16:04 hs

    arruaceiros!

  5. OCIMAR
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 16:32 hs

    É CLARO QUE VAI,É TUDO BANDIDO DA MESMA QUADRILHA.

  6. TRABALHADOR
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 17:09 hs

    O Paulo Malluff pode ser preso em 180 países, mas não é um condenado para a justiça brasileira…O Sarney se auto ajudou quando presidente e não é um condenado…O falecido Antônio Carlos Magalhães fez um monte de maracutaia e nunca foi condenado…Podemos ir longe na lista… Quer dizer que esse negócio de ser condenado ou não; não mede os atos da pessoa, só o seu nível de azar. O Zé Dirceu teve azar e outros não tiveram…Mas prestar mesmo é difícil achar um na política..E esse Sérgio Guerra, é santo?

  7. Eduardo Pereira
    terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 – 19:26 hs

    Amigos não precisamos ir tão longe. Basta olhar pro secretariado do”governador”(?) aqui do Paraná. Um dos “secretarios” com mais poder e um tal de cassio taneguchi, condenado e que so não cumpriu pena por que o tribunal “alongou” o julgamento ate não poder mais. E tem ainda o ilustre da “sogra fantasma” não condenado por que o crime se deu aqui no Parana, onde vale tudo, principalmente pros amigos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*