Delegado, policial e guarda são presos por extorsão, diz Gaeco | Fábio Campana

Delegado, policial e guarda são presos por extorsão, diz Gaeco

Prisão foi realizada na quinta-feira (14), em Curitiba. Vítimas da extorsão tiveram que pagar R$ 25 mil para os suspeitos.

Do G1 PR:

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu um delegado aposentado, um sargento da Polícia Militar (PM) e um guarda municipal de Curitiba na quinta-feira (14), na capital paranaense. Todos são suspeitos de extorsão.

De acordo com o Ministério Público (MP) do Paraná, as investigações foram iniciadas há cerca de um mês, quando duas pessoas procuraram a equipe do Gaeco e contaram que estavam sendo vítimas de três homens que se identificavam como policiais. Se não pagassem R$ 25 mil, conforme o relato das vítimas, os suspeitos colocariam drogas para incriminá-las e prendê-las.

Inicialmente, as vítimas pagaram R$ 1.900,00 e, ao entregarem a outra parte do dinheiro, o Gaeco prendeu em flagrante os três suspeitos.


13 comentários

  1. Lineu
    sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 – 17:50 hs

    Essa prática não é de hoje, o flagrante forjado é a operação que esses bandidos de farda mais gostam de praticar. Sem comentários, como criticar corrupção em nosso país se crimes acontecem nos três poderes!?

  2. Edgar
    sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 – 18:03 hs

    Qual o nome dos acusados e das vítimas ?

  3. caruncho
    sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 – 18:14 hs

    SE FOSSEM 3 POBRES ,O GAECO JÁ TERIA DIVULGADO O NOME E COLOCADO OS RETRATOS NA MÍDIA,MAS COMO SÃO 2 POLICIAIS E UM GUARDA,(ATENÇÃO :GUARDA MUNICIPAL NÃO É POLICIAL) ELES ESTÃO PROTEGENDO E NÃO SABEREMOS NUNCA QUEM SÃO OS ACUSADOS.

  4. dumbo
    sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 – 19:04 hs

    Ah!!!! Por que, não divulgam o nome do Sargento e do Delegado????

    Se fosse um trabalhador, cidadão de bem, seria escraxado!!!!

  5. Júnior
    sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 – 19:49 hs

    Interessante, em alguns casos em que o Ministério Público conduz investigações policiais (o que acho errado, pois é tarefa da autoridade policial estadual ou federal fazê-lo e o STF vai definir ainda esta matéria) a mídia devidamente autorizada para “informar ao cidadão”, chega numa velocidade “absurda” e escancara as câmeras nos rostos dos presos, quando se tratam de cidadãos comuns.

    Agora neste caso, nem nomes são divulgados. Funcionários públicos do município de Curitiba e do Estado do Paraná, na ativa ou aposentados, têm um tratamento todo especial de proteção às suas imagens e identidades…

    Há muito tempo na imprensa internacional (e para variar o Brasil copia isso também) já se descobriu que mais importante do que informar adequadamente e respeitar as garantias legais dos cidadãos alvos de reportagens, o mais importante é VENDER a noticia.

    Uma noticia como esta na capa de um jornal não vende absolutamente 10 porcento do que escancarando a imagem e nomes de pessoas que não necessariamente serão condenadas em juízo.

    Por isto, mais uma proteção, agora de mercado, da exposição indevida destes funcionários públicos citados.

    Este critério protecionista do Estado e de algumas autoridades (prisão só de funcionários do esquema Diários Secretos – nenhum Deputado), testam diariamente a credibildade do MP e do próprio GAECO.

    Nunca um Promotor, Juiz, ou parente destes promovendo eventualmente tráfico de influência, foram investigados pelo GAECO ou outro setor do MP.

    Uma das bandeiras de luta do Min. Joaquim Barbosa será combater a influencia dos escritórios de advocacia de filhos destes magistrados, o chamado filhotismo.

    No Paraná isto nunca aconteceu?

    ESTE COMBATE DEVERÁ SER FEITO SÓ POR INICIATIVA DO BARBOSÃO?

  6. KAREKA
    sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 – 20:55 hs

    POR GENTILEZA: DEVERIAM DIVULGAR O NOME DOS BELEZAS. POIS QUANDO SE TRATA DE PESSOAS ¨NORMAIS¨ O NOME VEM NA FRENTE.

  7. Carlos
    sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 – 21:23 hs

    Nâo é delegado. Foi um advogado preso q foi delegado a muito tempo. Lamentável a forma como se comporta o GAECO, tendenciosamente contra a PC.

  8. Vigilante do Portão
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 2:56 hs

    A RIC deu os nomes.

  9. BOZO
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 13:05 hs

    PARABÉNS AO GAECO PELO SERVIÇO, SÓ QUE A DIVULGAÇÃO FOI SUPER TENDENCIOSA … NÃO SE TRATA DE DELEGADO, MAS, ADVOGADO … TAMBÉM DEVERIAM SER DIVULGADOS OS NOMES, PQ NÃO ????

  10. Marcia
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 15:58 hs

    O cara não é mais delegado há muitos anos. É advogado!!!!!!
    Estava trabalhando como advogado quando foi preso.

  11. Fernando Vieira Gonçalves
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 18:27 hs

    Outros meios de comunicação já deram os nomes, é só procurar.
    Gosto da atuação do GAECO e tem gente que ainda critica, policiais ainda, o GAECO não é contra a PC, mas sim a favor da justiça.

  12. sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 20:52 hs

    Parabéns aos membros do Ilustre Parquet. Os senhores são o que restou de integridade quando o assunto é a probidade. Os corpos de polícia do estado estão totalmente contaminados por uma praga chamada corrupção. Delegacias são loteadas para quem pagar mais, postos de comando da Polícia Militar seguem o mesmo roteiro. Não existe punição pois as corregedorias das duas polícias estão totalmente comprometidas com os delitos perpetuados pelos seus pares. O desamino tomou conta dos policiais honestos. Em muitas unidades das policia de nosso estado, ser honesto é motivo de risos. Nunca na história deste estado se teve notícia de tamanho descalabro. Os policiais novos entram cheios de vontade de trabalhar, mas ao assumirem suas funções já recebem os locais onde é proibido mexer: desmanches de veículos, cassinos clandestinos, pontos de vendas de drogas, puteiros, dentre uma gama quase que infinita de delitos que geram propina para os chefes de unidades que posteriormente repassam aos seus comandantes.

  13. Paulo
    segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 – 9:38 hs

    Hahahahahaha… o cara não é delegado? Então por que se dizia delegado para as vitimas? E por que esta preso na DFRV de Curitiab junto com outros policiais civis? Se não tem nada a ver com a PC então deveria estar no CT!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*