Alvaro desolado com a fragilidade da oposição a Dilma Rousseff | Fábio Campana

Alvaro desolado com a fragilidade da oposição
a Dilma Rousseff

O senador Alvaro Dias, do PSDB, se mostra desolado com a fragilidade da oposição. “Dos 81 senadores, temos 15 na oposição, por isso somos até dispensáveis. O governo não precisa da oposição nem para obstruir os trabalhos. O Orçamento da União não foi votado porque a base governista não se entendeu. A oposição nem precisou obstruir. Com isso, fica reduzido o espaço da crítica, da denúncia e o governo pode errar mais”, disse.

Para Alvaro Dias, a redução da oposição tem explicação: “Quando o governante chega ao poder usa de todos os artifícios para ter o apoio de todos os partidos. E muitos preferem ficar à sombra do poder”, desabafa.


21 comentários

  1. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 11:54 hs

    E nunca houve terreno tão fértil para ser explorado pela Oposição, pois nunca se roubou tanto, de forma tão descarada e impune.

    O povo, anestesiado pelas benesses do crédito arreganhado e do incentivo ao consumo, a tudo assiste, e aceita.

    Agora mesmo, tá lá no blog do lulopetista, o Esmael Morais que determinado órgão classificou o Brasil como primus inter pares na erradicação da miséria e no ranking de carteiras assinadas.

    Nada contra o pobre andar de avião, o que estou aproveitando, nem ter a possibilidade de comprar um carango mesmo que em 70, 80 vezes, mas o presidente mais irresponsável da história política do país, poderia ao menos ter a humildade de reconhecer como responsáveis pela melhoria da renda das camadas mais pobres, as bolsas criadas por FHC que o próprio Lula demonizava – vide youtube – Lula contra as bolsas e que agora são os sustentáculos dos índices de aprovação da dupla que, a depender dessa Oposição de merda, conivente, frágil, incompetente, governará ad aeternum.

  2. Zangado
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 12:41 hs

    Nossa República é só no papel, na prática é um compadrio dos donos do poder.

    Nem os 3 Mosqueteiros que eram 4 conseguiriam tanta união em torno da politicagem.

    Tudo mais é perfunctório.

    Não havendo freios e contrapesos, os poderes da República não são harmonicos e independentes, mas simplesmente compadres na rapina e na politicagem.

    Eleição a cada dois anos e possibilidade de reeleição é para o povo otário, a maioria da população que vota sempre nos mesmos …

  3. Antonio pilarzinho
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 13:52 hs

    Enquanto o PT for governo este será sempre o líder da oposição, pena que o seu próprio PSDB nativo, que o grandioso senador é um de seus fundadores nacionais, não quer lhe ceder a vaga para o mesmo concorrer ao senado novamente em 1014!
    Ai fica mais fácil para o PT continuar sem ninguém para lhe perturbar!

  4. marcio
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 14:18 hs

    E no governo FHC era diferente, lembra do engavetador geral da república. O que o povo cansou não foi de corrupção, ela existe desde que Jesus parteava as ovelhas, cansou e de ver os lobões de outrora, envergonhados de vestir o pelego de cordeiro… “Alvaro proferiu um discurso ético no Senado Nacional” isso é comedia das boas…

  5. salete cesconeto de arruda
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 15:15 hs

    Eu estou DESOLADA com a queda de cabelos do Álvaro.
    Que dó!
    Que dó!
    Brincadeirinha…
    Os CARECAS tem mais hormônios….
    Dizem!

  6. salete cesconeto de arruda
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 15:35 hs

    Em tempo:
    Alvaro tem razão. o FHC tava MAREADO na entrevista a globo.
    Olha a SITUAÇÃO da tal OPOSIÇÃO aí gente…
    É carnaval!
    Mas uma coisa o FH tem razão: melhor fumar e não tragar pois a MACONHA faz esquecer a CAMISINHA…
    E sem CAMISINHA pessoas espalham filhotinhos por aí…
    Mas se o Álvaro pegar o FHC pelo cangote vai perceber que o cara está numa boa. Legal. Soltinho… soltinho….

  7. SIDE
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 16:13 hs

    Eu já vi este filme antes,quando a coisa fica assim o melhor mesmo é não fazer nada e esperar que caiam sozinhos.

  8. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 17:25 hs

    Nunca um período de governo como o do petê ofereceu terreno tão fértil para a exploração por parte da Oposição.

    Um escândalo – sentido lato, por semana, quando não, uma mostra de incompetência.

    O povo todo embevecido com o arreganhamento do crédito e o incentivo ao consumo, faz vistas grossas à ladroagem que campeia em seu derredor.

    Dai que, a assim continuar, viveremos o mando petista sabe-se lá até quando, já que os candidatos aventados não entusiasmam o eleitorado. PeTê “ad aeternum”.

  9. Eduardo Pereira
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 18:53 hs

    Quero ficar descançando, nessa quarta feira de cinzas , me preparando pra quaresma ,mas não dá.
    O iluistre senador precisa de colinho. O que falta à oposição não é numero. é projeto.falta politica.A derrota do receituario velho e datado desse povo e que os impede de ser alternativa de poder.
    A alternativa, que esse povo não tem coragem de por na mesa, fora o discurso udenista da moralidade ( udenista por ser retrogrado , inspirado no que ha de pior na Politica Brasileira, baseado numa etica muito particular , pois moralidade não e bandeira , é dever… ) e o velho padrao entreguista é:……… isso mesmo , nada.
    Na hora que se precisa tirar o FHC da aposentadoria e tentar convencer o Beto das Minas Gerais a ser o que ele não quer ser, a flertar com o PSB pra tentar enfraquecer o governo , é sinal que a vaca foi pro brejo…

  10. ARLINDO VIEIRA
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 19:00 hs

    É Alvaro essa politica não é facil não. A questão é uma só: a maioria dos nossos politicos são analfabetos politicamente falando, e não tem ideologia. Noutro giro verbal, não tem ideal para defendê-lo.

  11. Albert
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 20:04 hs

    É seu Alvaro Dias! Você tem o próprio irmão como um grande traíra.

    Por quantas moedas ele mudou o discurso. Mas sem dúvida, tudo isso é uma vergonha.

    Os bandidos não têm mais medo da polícia, como os políticos não têm mais medo da justiça.

    E a justiça acha que não deve satisfação a ninguém. Onde vai parar tudo isso, nem o Papa sabe. Até ele já caiu fora.

  12. quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 21:38 hs

    salete ainda está “zuada” do carnaval !

  13. Anônimo
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 21:43 hs

    ALVARO, VAI CUIDAR DA SUA FORTUNA, POIS COMO OPOSIÇÃO FOI SÓ BLÁ-BLÁ-BLÁ…E NADA DE CONCRETO.

  14. Dunha
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 21:44 hs

    Se a propria oposição na pessoa de seus politicos se vende cabe ao governo somente estabelecer o preço.
    Explica porque apoiaram ao Renan e depois vem falar de oposição.

  15. Constanza Del Piero
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 22:08 hs

    Prezado Senador Dias; o problema começa com seu partido, onde quem manda, o FHC, tem paixão pelo safado do Lulla, fazendo com esse, 3 cantos, em cada eleição, entyregando o jogo já no primeiro tempo.
    Saia dessa ratoeira, e monte um partido; sério; honesto; combativo, e vamos pra cima dessa bandidagem petista, Senador.

  16. joao
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 22:12 hs

    OPOSIÇÃO COM ESSES TUCANOS DA MARACUTAIA TIPO ESSES DO PARANA O BETINHO DOS ACERTOS PRA TENTA SE REELEGE EN 2014 E AINDA TEM A CARA DE PAU EM FALA DE CARGOS TECNICOS VA SE ENXERGA

  17. Eduardo Pereira
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 22:15 hs

    Amigo Parreira , pena que seu olhar so consegue chegar em 2003. Pena mesmo. Antes disso teve tanta coisa bacana acontecendo aqui.Tente forçar a memoria ou pesquisar nessa tal de internet.
    Esse negocio que vc fala parece aquela historia do Goelbs que a gente repete tantas vezes a mentira ate que ela vire verdade. Fazer isso é escolha, o problema e quando se começa a acreditar que isso e realmente verdade
    Mas se vc realmente acha que nunca na historia desse Brasil a roubalheira foi tanta, aconselho o amigo ler a “privataria tucana” so para ter um perido proximo para comparar . Livro bom, bem escrito e muito bem embasado. Acho que vc vai adorar a leitura.
    Agora entenda uma coisa: sou contra a picaretagem, mas TODA A PICARETAGEM. não apenas a que me conveniente ser contra , para sustentar meus pontos de vista, como faz o ex senador em exercicio .
    Não embarque nessa canoa furadissima . E leia o livro.

  18. Cajucy Cajuman
    quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 – 22:28 hs

    Álvaro tem razão: é a tal base alugada e desavergonhada que transformou o Congresso Nacional num balcão de negócios do arco da velha. Uma vergonha!

    São os pseuparlamentares que fazem de conta que legislam, enquanto o governo manda e desmanda com às vergonhosas MPs. Política de baixo nível.

  19. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 11:28 hs

    EDUARDO PEREIRA:

    Conheci o pai do autor do livro que já li. Li também O Chefe, do jornalista Ivo Patarra.

    Embora tenha vendido bem, Privataria Tucana tá longe de ser considerada obra boa. Foi um êxito editorial junto ao público petista.

    Quanto a 2003, as falas de Lula – tal como ensinava Goebbels, quer nos induzir a crer que o Brasil passou a existir após 2003.

    O dono desse blogue, o escritor/editor Fábio Campana me conhece desde 70 e pouco militando na Oposição. Fui preso, praticamente impedido de estudar, perdi emprego, me escondi, participei de todos os movimentos redemocratizantes e ajudei fundar diretórios do petê no Noroeste, acreditando nas promessas de mudanças, chateado com os governos que se seguiram após a morte de Tancredo Neves, todos os governos.

    Mas, juntando todas as mostras de incompetência, todas as corrupções, sacanagens, maracutaias, esculhambações, havidas nos governos Sarney, Collor, Itamar, FHC, não chegam à metade das bandalheiras do lulopetismo.

    Vejo que – por absoluta falta de Oposição – a que existe é frágil, desarticulada, medrosa e até conivente, o petê governará o país sabe-se lá até quando, mas quanto ao mérito, quero estar vivo para assistir o relato da História.

    Prevejo que haverá choro e ranger de dentes!

  20. sergio silvestre
    quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 – 15:29 hs

    Puxa Parreiras,o PT deve ter feito muito mál a voce.Eu não entrei nessa,montei minha empresinha e tiro agua de pedra,sem precisar do PT.
    Parreiras,voce foi como jogador de futebol,que era para a vida inteira.
    Se tivesse se elegido para algum cargo,ai no noroeste,estaria hoje falando bem do PT.
    Porisso minhas amizades são perenes,porque gosto do Requião e não o conheço,gosto do PT e não sou militante.

  21. salete cesconeto de arruda
    sábado, 16 de fevereiro de 2013 – 19:35 hs

    Henrique!
    Henrique!
    Henrique!
    Já pensou se eu conto o que te viram fazendo durante a folia?
    Eu estou CANSADA pois cuidar de uma MAEZINHA QUERIDA que sofre de doença grave não é fácil. Ainda mais em dias de carvanal quando a tal ZOEIRA pega mais do que praga.
    E como você está?
    Sei…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*