Vereadora raptada em Ponta Grossa | Fábio Campana

Vereadora raptada em Ponta Grossa

Da Joice Hasselmann:

A votação para a presidência da Câmara Municipal de Ponta Grossa ainda não começou, isto porque uma vereadora da cidade, Ana Maria (PT) acaba de ser sequestrada, segundo as primeiras informações da assessoria da parlamentar. Logo após a saída do Cine Teatro Ópera – onde ocorreu a posse dos vereadores, do prefeito e vice – ela havia ido à casa da mãe.

Informações preliminares dão conta que Ana Maria teria sido raptada por homens armados, que renderam a vereadora e seguiram em um carro Gol. A Polícia já foi comunicada sobre o caso.

De acordo com o vereador eleito Aliel Machado (PC do B) – integrante do grupo dos 12 (oposição) – integrantes do grupo não irão votar até a chegada da vereadora Ana Maria na Câmara Municipal.


2 comentários

  1. Joaquim
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2013 – 14:31 hs

    Estranho, muito estranho. Nenhum jornal televisivo do Parana deu a noticia – TV Massa, RPC. Por que? Por ser crime contra o PT?
    Ontem nos telejornais da Globo, Band não deram noticias sobre a posse do prefeito F. Haddad (PT) de São Paulo, sendo que anunciaram as posses dos aliados dos tucanos de Belo Horizonte(MG), Salvador (BA), etc. Por que? Considerando a importância do governo municipal de São Paulo não há justificativa para tal exclusão do noticiário. Talvez a lógica da m´dia PIG seja: não informar a população sobre os inimigos – petistas. Falsa teoria da conspiração não se adequa contra os fatos citados.

  2. James
    quarta-feira, 2 de janeiro de 2013 – 16:57 hs

    Uma das hipóteses para esse caso é que a vereadora Ana Maria Holleben tenha sido ‘sequestrada’ para não comparecer e votar na eleição dos membros da Mesa Diretora.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*