Uma paranaense no Parlamento italiano | Fábio Campana

Uma paranaense no Parlamento italiano

Renata Bueno é candidata do Brasil nas eleições italianas que acontecem em 24 e 25 de fevereiro. Ela pode se tornar a primeira brasileira eleita deputada no Parlamento da Itália. Renata tem o apoio do ex-senador italiano Edoardo Pollastri, uma das figuras mais respeitadas da política local, que disputará uma das vagas no Senado.

Os italianos que moram no Brasil ou brasileiros descendentes de italianos devem receber as cédulas de votação em suas casas, pelo correio, já no próximo dia 6 de fevereiro. Eleita, ela poderá também defender os interesses dos italianos e seus descendentes que vivem no Brasil.

Renata será candidata por uma lista cívica independente denominada União Sul-Americana de Emigrantes Italianos (USEI), que oferece quatro vagas de deputados e duas de senadores a representantes dos países da América do Sul.

No Leia Mais, as declarações de Renata Bueno sobre sua candidatura:

O amor pela Itália

Já tenho dez anos de namoro com a Itália. Fiz pós-graduação e mestrado no país. No período em que morei lá, busquei a origem da minha família e isso fortaleceu muito os meus laços com a Itália. Fiquei quatro anos morando lá e voltei ao Brasil há seis anos, mas continuei esse trabalho. Quando fui vereadora, trouxe para Curitiba vários projetos que achei interessantes na Itália e que pudemos aplicar aqui, como a Virada Cultural, por exemplo. E tivemos vários projetos na área de convênios entre universidades, na área da economia, com parcerias entre bancos, empresas privadas, etc. Brasil e Itália são países-irmãos que devem estreitar cada vez mais seus laços.

Surgimento da candidatura

Como vereadora, comecei a cruzar muitos pontos de interesse com a Itália e com a política do país. E o PPS tem esse perfil internacionalista muito forte em sua atuação política e sua história. A Argentina, por exemplo, é muito organizada na política italiana, mas aqui no Brasil nós não somos muito organizados e ainda temos uma representação muito fraca lá. A partir dessa aproximação, algumas lideranças políticas começaram a conversar comigo. Com a queda do governo (de Mario) Monti (primeiro-ministro que renunciou ao cargo em dezembro do ano passado), o senador (Edoardo Pollastri) me procurou para fazer parte da União Sul-Americana de Emigrantes Italianos (USEI). É uma lista cívica onde a gente pode representar os interesses dos italianos que moram em outros países e dos seus descendentes. Em relação ao senador, nós, do PPS, já havíamos apoiado sua candidatura em 2006 e 2008, e ele já tem este vínculo com uma política de centro-esquerda.

Atuação no Parlamento

Nós nos alinharemos ao governo de centro-esquerda. Para que se componha um bom governo, vamos continuar nessa linha ideológica. O Partido Democrático (PD) tem uma relação histórica com o PPS, há uma cooperação mútua entre ambos. Nós já somos parceiros e aliados há muito tempo.

Momento atual da política italiana

É um momento muito delicado e de muita mudança. Na verdade, o mundo todo vem passando por esse processo de reflexão, e na Itália não é diferente, até pelo fato de o país estar passando por uma crise econômica. O cidadão italiano é muito politizado e isso gera uma expectativa muito grande para essa eleição. Acredito que vai ser um momento importantíssimo. E não podemos nos esquecer que a Itália é um país que reflete na economia mundial, o que torna essa eleição ainda mais importante.

A importância da candidatura

Esse é um ponto de destaque na nossa campanha. Nosso esforço é conscientizar essas pessoas, mostrar a importância desse voto e mostrar que é um direito nosso. Fui atrás de toda a história da minha família. Hoje, é muito comum o jovem buscar isso, a gente se apega a essa nossa origem. E estou muito feliz por ser a representante brasileira na eleição. Nosso projeto para o PPS não é só participar das eleições, mas ajudar na organização da política italiana e na consolidação da participação brasileira.


32 comentários

  1. quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 13:14 hs

    Uma vez que toma gosto pelo poder nunca larga o osso, nem que seja na Italia, será que o PPS vai para lá também, ela podia aproveitar e entrar no BBI (BIG BROTHER ITALIA) também.

  2. Joao Carlos
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 13:33 hs

    Parabens a Renata Bueno….Alem de bonita é competente e merece estar no Parlamento Italiano…

  3. justino bonifacio martins
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 13:48 hs

    È triste, muito triste nós aturarmos essa patricinha, financiada pela direitona, ser uma possivel deputada do parlamento italiano. Tanta gente boa que poderia ocupar esse parlamento e essa ” limpinha” candidata!

  4. quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 14:00 hs

    Como que ela vai tratar da gentalha, a Mafia pega ela

  5. mauricio
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 14:22 hs

    A limpinha vai achar seu rumo. Cicciolina tupiniquim

  6. Abelardo Vasconcellos
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 15:37 hs

    Questo illustre sconosciuta comunità italiana intende competere per un posto nel parlamento italiano. Prima di tutto devono presentare le loro azioni per consentire l’attività come rilevante. quello che ha fatto oggi per aiutare i bambini che aspettano per la concessione della cittadinanza per oltre 10 anni? Ciò che ha reso il candidato dagli italiani e dei loro discendenti oggi? Questo candidato inteso come un premio di consolazione da quando è stato respinto dagli elettori alle urne per un seggio in parlamento Curitiba italiano! fare qualcosa di utile per gli italiani poi torna per chiedere il nostro voto. Votate nel l’amico che aiuta sempre gli italiani è che legittima il nostro rappresentante Walter Petruziello, ma questo ha fatto molto per gli italiani e continua a fare.

    Para os não italianos

    Esta ilustre desconhecida da comunidade italiana pretende disputar uma vaga no parlamento italiana. Antes de mais nada deveria apresentar as suas ações que a habilitam para tão relevante tarefa. o que ela fez até hoje para auxiliar os descendentes que esperam pela concessão da cidadania há mais de 10 anos? O que fez a candidata pelos italianos e seus descendentes até hoje? Esta candidata pretende como prêmio de consolação já que foi reprovada nas urnas pelos eleitores de Curitiba uma vaga no parlamento Italiano!! faça alguma coisa proveitosa pelos italianos depois venha pedir o nosso voto. Voto no amigo que sempre ajuda os Italianos que é o nosso legitimo representante que o Walter Petruziello, este sim já fez muito pelos italianos e continua fazendo.

  7. PALAZZO PIZZAS
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 15:40 hs

    Não se elegeu a vereadora e quer ser deputada na Itália?

  8. geneci moreira
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 15:51 hs

    COMO V. DIZ: TUDO COMO DANTES….A CAMARA MUNICIPAL
    pagou viagens – diarias – ajudas de custo – para as idas à ITALIA,
    e deu nisso…uma aproveitadora, e metida a ser crítica dos outros!

  9. quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 15:55 hs

    isso é muito bom, ai não temos que ficar pagando salario dela de vereadora so pra ela ficar viajando, vou torcer que de certo, chega de mamar na teta do povo.

  10. Odete Melete
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 16:11 hs

    Vai pra Italia e tchau…

  11. Fabio Nardelli
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 16:33 hs

    A bela senhora já tem o meu voto. Voto nela para que se possível ela fique bastante tempo na Itália e não apareça por aqui para dizer tantas bobagens. A patricinha do PPS quer mais é fazer turismo.

  12. Lucio
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 16:37 hs

    Renata Bueno faltou a uma grande quantidade de sessões na câmara de Curitiba enquanto vereadora para estudar na Itália e recebendo pelas faltas. Motivo que gerou bastante polêmica em 2012. Pelo menos agora não estamos pagando pelas suas faltas.

  13. ADONIRAN GUIMARÃES
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 16:50 hs

    Esta moça quer mandato de qualquer forma.
    Queria ser candidata a Prefeita de Curitiba, mas na hora seu pai, o limpinho, acertou-se com o poder vigente e somou-se com Ducci, para a merecida derrota, deixando-a a ver navios. Não se reelegeu Vereadora. Agora quer ser deputada na Itália. .
    Desejo e brincadeira tem hora. Acorda.

  14. Peregrino
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 16:51 hs

    Quem serão os outros candidatos? Creio q

  15. sergio silvestre
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 17:16 hs

    POLASTRI em italiano é um pinto em fase de crescimento.
    Um pequeno frango.

  16. parana neto
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 17:28 hs

    …QUEM SABE LÁ ELA TRABALHE…..!!!!!!!!!!!!!!!!!

    …pn.-

  17. Ermenegildo Zegna
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 18:19 hs

    Já deveria ter ido, a população de Curitiba agradece a representatividade italo-brasileira.

  18. jobalo
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 20:20 hs

    É muito pretenciosa esta limpinha, quem ela pensa que é, Será que vai chamar os colegas italianos isttoé se for eleita de Gentalha como fêz na camara de curitiba. sai fora nariz empinaddo.

  19. Márcio Carlomagno
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 22:22 hs

    Não passará! Eu sou italiano (dupla cidadania) embora não costume votar nas eleições italianas (só uma vez o fiz, se bem me lembro – o voto é facultativo), mas este ano faço questão de votar contra ela, para ajudar a derrotar ainda mais esses “limpinhos” Bueno. Na minha Itália, não!

  20. Caça Corruptos
    quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 – 23:18 hs

    Isso. Tomara que seja eleita e se mude em definitivo para a Itália.
    Chega do erário público pagar para essa patricinha ter uma boa vida.

    CIAO

  21. Pizza Podre
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 6:06 hs

    Isso aí como vereadora foi o título desse post….

  22. gabriel domenico
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 8:48 hs

    Eu voto nela! so aquele evento minha cara Curitiba, que resgatou a cultura Italiana na cidade.ja fez mais .que certos candidados que nunca fizeram nada pela Itallia e nem pro Brasil. ta na hora de ter uma representande la. vai Renata.sucesso aqui na familia somos en 12.

  23. Charles
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 8:53 hs

    Não fez nada na Câmara Municipal vai fazer o que lá, nunca aparecia nas sessões
    não serve para nada, burguezinha.

  24. TITO LÍVIO
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 10:35 hs

    VENHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

    JÁ VAI TARDE

  25. quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 14:52 hs

    Que Deusa chude os veareadores do PPS cumprirem com seus mandados até o final, para a sujinha não seja convocada

  26. Deputada?
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 15:22 hs

    Mas essa candidata como deputada fez alguma coisa pela comunidade italiana? por favor a comunidade italiana precisa de um deputado ligado com todas as comunidades italianas e q entende bem os problemas deles e pode , virando deputado, tentar de resolver. A italia e a comunidade italo brasileria nao precisa de uma pessoa da sempre presente nesse mundo.

  27. justino bonifacio martins
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 16:07 hs

    Como sugeriu o Reginaldo essa gostozinha tem vaga garantida nessas porcarias tipo BB-Big Brother); se na Italia tem, ela serve.

  28. Sincero
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 18:38 hs

    Só vou falar uma coisa: Abre o olho Juliano Borgueti.

  29. Antonia Tonietto
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 20:20 hs

    Gente… acompanho de perto a política e aprendi a cobrar resultado dos meus representantes…. e pelo que vi da Renata Bueno fico tranquila em dizer que ela foi a que melhor contribuiu para o exercício da nossa política local… gostaria que todos os signatarios dos posts que criticam por criticar nos dizessem outro nome de vereador que tenha feito mais do que denunciar e acabar com a máfia do Derosso…. e quero tambem que nos digam o que o tal Walter já fez alem de vender traduções e outras cositas mais….sou italiana e tento usar os serviços do Consulado… e lá está ele por perto…e outra coisa, sei dos projetos que a Renata fez envolvendo Curitiba-Italia porque valorizou a cultura do nosso país de origem….sou italiana, digo e repito… quer seja na Italia ou aqui em Curitiba ela tem algo que a maioria dos politicos não têm: coragem de tomar posição coerente e contra a podridão que aí está estabelecida…. votarei para o Parlamento Italiano e toda a minha familia votará na Renata Bueno e no Edoardo Pallastri para senatore… grazie

  30. caruncho
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 21:12 hs

    ALGUEM PODE ME INFORMAR QUEM É ESSA SENHORA ?

  31. Aglair Nunes
    sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 – 1:33 hs

    Mas é pretenciosa essa patricinha. Os eleitores Curitibanos foram muito felizes nas urnas não reelegendo essa, hoje Ex-vereadora que durante o seu mandato foi uma das que mais faltou as Sessões da Câmara. Vai fazer curso de bordado, e pare de se autopromover.

  32. Sebastião F da Silva Filho
    sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 – 16:41 hs

    Renate amiga!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*