Marina pode lançar partido em janeiro | Fábio Campana

Marina pode lançar partido em janeiro

Terceira colocada na disputa presidencial de 2010 com 19,6 milhões de votos, Marina Silva baterá o martelo sobre a criação de um novo partido até o final de janeiro. A fundação de uma legenda é a única hipótese aventada por ela no momento para voltar a concorrer ao Planalto na disputa de 2014, segundo aliados que acompanham o processo.

O movimento pela criação da sigla ganhou força com a publicação da última pesquisa Datafolha, no início de dezembro, que coloca Marina em segundo lugar na disputa. No levantamento, ela tem de 13% a 18% das intenções de voto, a depender dos adversários, e só perderia para a presidente Dilma Rousseff e para seu antecessor, Lula.


4 comentários

  1. justino bonifacio martins
    terça-feira, 8 de janeiro de 2013 – 8:32 hs

    Marina a esquerda da direita que as elites gostam!

  2. sergio silvestre
    terça-feira, 8 de janeiro de 2013 – 9:00 hs

    Será um lançamento ou um arremesso.

  3. Helena
    terça-feira, 8 de janeiro de 2013 – 18:50 hs

    É uma boa candidata, PORÈM, é mureteira, ela deveria ter apoiado alguém no segundo turno nas eleição passada, mas foi egoísta e meio covarde, quem não quer se expor não deve entrar na política partidária…

  4. neuraldo
    terça-feira, 8 de janeiro de 2013 – 18:54 hs

    VC CONFIA,OU DA SEGURANÇA COMO PRESIDENTE DO BRASIL.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*