Fruet reavalia obras da administração anterior | Fábio Campana

Fruet reavalia obras da administração anterior

O prefeito Gustavo Fruet decidiu rever projetos da administração anterior, como as calçadas de granito no Batel (foto), que os técnicos consideram escárnio à população dos bairros mais pobres. O material usado na obra custa até seis vezes mais que o pavimento tradicional.Também as ciclofaixas do centro, que não funcionam porque estariam no lado errado da via.

Há mais, muito mais, na pauta de revisões e reavaliações. Mas as obras em curso devem continuar. E aguarda-se a abertura completa das caixas-pretas da URBS, onde todo o segundo escalão foi mantido, e dos contratos do ICI e de aluguel de carros.


31 comentários

  1. osmair
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 10:52 hs

    No fundo nos sabemos que o que vai acontecer e tirar esse material dos olhos da população esta calçada com certeza sera feita em uma casa de algum figura…..

  2. sábado, 12 de janeiro de 2013 – 12:53 hs

    Porque o Betinho faz nada, mandou fazer esta calçada, quem mora naquela região, ele, alguem que patroocionou a sua campanha, quem sera.

  3. Lucio
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 12:58 hs

    É o que todo prefeito faz há muitos anos em Curitiba. Faz melhorias na rua XV, Batel e cercanias e deixa os bairos no mato, sem asfato e sem calçadas. Aqui no Boqueirão vivemos no mato, cheio de buraros e andando no meio da rua por falta de calçadas. A quem interessa esta obra inútil?

  4. caruncho
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 12:58 hs

    fruet e ducci são farinha do mesmo saco.

  5. Luiz Artur Gapski Pereira
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 15:29 hs

    Fruit para de procurar coisas e vamov trabalhar home véio porque um mes ja foi pro espaçoentão amigo parade campear coisas.

  6. Carlos
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 16:11 hs

    isso beira a loucura ,em uma Cidade carente de tudo …a Prefeitura faz uma calçada de granito ,isso só pode ser uma afronta ao cidadão que tem discernimento ,enquanto isso o relógio das flores em estado lastimável sem contar o resto de nossos equipamentos públicos …sugiro que arranquem o que foi colocado e troquem por paver !!

  7. Kacetada
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 17:49 hs

    Aliás, quando retiram o Petit Pavet e paralelepipedos, para onde vai isso?

  8. kiko
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 19:00 hs

    Mas só agora foram se indignar com as calçadas de granito no nobre bairro do Batel? Pelo jeito os moradores do bairro não andam a pé. E bom também seria conhecer quem na Prefeitura ou na Urbs que autorizou que se calçcasse as ruas do bairro com granito. Quem será que foi o autor de tal bizarrice? Com certeza não gosta de História, porque pode ser muito bem comparado à Maria Antonieta que, na falta de pão mandou o povo comer brioches. ACarlos

  9. sergio silvestre
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 19:39 hs

    Um dia o JAIME LERNER disse ao curitibano que a cidade é a melhor do mundo.Então o curitibano acreditou,arrebitou o nariz e começou a fazer os percursos que os turistas fazem,dentro das avenidas bem cuidadas,e os logradouros
    estrategicamente escolhidos para os passeios.
    Esqueceram das ruas que seguem paralelas as avenidas,e da infra extrutura da eriferia,
    Ai o povo curitibano comaçou a desconfiar dos sucessores do LERNER,lhe deram o troco nas eleições passadas.
    Colocar granito em calçadas é coisa destes megalomaniacos
    pois se for poroso encarde rapido,se for polido torna se escorregadio.
    É por estas e outras que eu acho que esse longo periodo deste grupo está no OCASO AQUI NO PARANA.

  10. sergio silvestre
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 19:41 hs

    Um dia o JAIME LERNER disse ao curitibano que a cidade é a melhor do mundo.Então o curitibano acreditou,arrebitou o nariz e começou a fazer os percursos que os turistas fazem,dentro das avenidas bem cuidadas,e os logradouros
    estrategicamente escolhidos para os passeios.
    Esqueceram das ruas que seguem paralelas as avenidas,e da infra extrutura da periferia,
    Ai o povo curitibano começou a desconfiar dos sucessores do LERNER,lhe deram o troco nas eleições passadas.
    Colocar granito em calçadas é coisa destes megalomaniacos
    pois se for poroso encarde rapido,se for polido torna se escorregadio.
    É por estas e outras que eu acho que esse longo periodo deste grupo está no OCASO AQUI NO PARANA.

  11. E agora?
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 19:52 hs

    Bem feito para quem votou nos que só enxegam o Batel.

  12. Franco
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 21:10 hs

    Quanto é o IPTU dos beneficiados. se for igual a de um vileiro escarnecido mande prender o ex prefeito,

  13. ricardo crovador
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 22:03 hs

    Ia ficar bonito, mas ia acabar destruída a cada investida da Copel, da Sanepar, da Compagaz e etc e tal.

  14. Dieter
    sábado, 12 de janeiro de 2013 – 23:14 hs

    Não tem como engolir isso.Se todas, TODAS as outras calçadas da cidade estivessem em perfeitas condições de uso talvez pudéssemos aceitar tal ( ah, nem sei dizer).

  15. VERDADE
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 0:34 hs

    Esse Fruet tá começando igual a todos! Vai ficar a metade do madato procurando cabelo em ovo e o restante do tempo fazendo conchavo pra ser Governador! Ninguém mais aguenta isso! Mostre a que veio e faça o resto sem ficar anunciando quando estiver resolvido bota na imprensa e pronto! Haja saco…

  16. Estefano
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 2:01 hs

    Por acaso alguém fez a pergunta onde foram parar todas aquelas pedras petipave e lajotas de basalto que foram retiradas das calçadas do Batel?
    Todo este material poderia estar sendo utilizado nos bairros sem calçadas, ou então, servir de matéria prima para fabricação dos pavers que estavam colocando nas novas calçadas no Batel, até mudar para placas de granito.

  17. Joel
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 3:02 hs

    Como a engenharia de trafego de Curitiba é ruim! Fizeram muita me%d@ na cidade… binários desnecessários, inversões de sentido em ruas onde não precisava, semáforos sem sincronia! Deve ter alguma pessoa mal qualificada – um figurão – por trás disso tudo. Cadê um técnico competente prá repensar isso?

  18. juca
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 8:08 hs

    Prá que tanta indignação?
    não são os moradores que pagam a calçada afinal?

  19. caruncho
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 9:51 hs

    FELIZMENTE ESSE FRUET VAI SER UM PREFEITO DE UM SÓ MANDATO.

  20. fiscalde realeza
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 9:52 hs

    quem votou no beto e no ducci estao querendo enxergar outra realidade para defender esses malditos tucanos que só querem oprimir os nescitados e valorizar os ricos cambadas de safados esdruxos

  21. Vinicius
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 12:18 hs

    Bem feito a todos que agora tardiamente enxergam que elegeram o Prefeito ERRADO. 4 anos pra se arrependerem e a populaçao de Curitiba aguentar, se ele fizer como o Beto, teremos 2 anos de uma Prefeita do PT. Isso é castigo aos Cuecas e Calcinhas de Seda. Gente Burra!!!!!!!!!!!!!!

  22. Franco
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 12:20 hs

    O Fruet é de origem do MDB velho de Guerra, vão trabalhar assim mesmo, poucas obras e muito arrivismo.

  23. Raphael Junqueira
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 13:30 hs

    Após todas as opiniões acima, chego à conclusão que o que precisamos não é outro prefeito, não são calçadas novas, nada disso!
    O que precisamos é de aula de gramática pra esse povo que escreve aqui!!!!
    Nossa, quantos erros de português!
    Pensem um pouquinho antes de escrever, gente!
    Vamos caprichar, por favor, não custa nada!

  24. Luciana
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 15:19 hs

    Parabéns a marcia fruetquenao esta dando ouvidos para chefes da. Fas, que são uns falsos,pois trabalharam incansavelmente para reeleger Luciano Ducci e agora ficam criticando a gestão anterior e tentando se fazer de aliado do atual prefeito…….. fora seus falsos!

  25. domingo, 13 de janeiro de 2013 – 16:36 hs

    bem…..o Batel é um lugar de encontro, onde turistas e a própria população da cidade vai se divertir…é um bairro que gera impostos da cidade, que fazem anos não tem nenhuma benfeitoria….reclamar do que..que tão colocando granito……devem colocar sim, pois a atividade econômica assim o pede……..aliás, ano após ano, bilhões são investidos no Tatuquara, no Bairro Novo, no Uberada, em todo lugar a ponto do Batel ter suas ruas e calçadas deficiententes……agora que se faça e pronto, mesmo porque quem ali mora paga MUITO mais IPTU que pessoas que moram em Bairros……….mas o principal motivo é que o lugar e fonte de dinheiro pra cidade com seus bares, casas noturnas e empresas…….tão tentando criar uma “guerra de classes” onde muitos que sequer pagam por beneficios sem fim que tem, se acham “menospresados”…coisa que chega a ser ridicula……….e o Fruet e sua turma de atrasados tome jeito e continue as obras, pois senão vai mesmo ser um prefeito de um mandato, pois um prefeito que vive discutindo com a comuninade não serve….vai passar 4 anos fazendo isso……..

  26. lili
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 17:14 hs

    o Beto tem o que com a calçada do Batel, ele nao e o prefeito ,e governador vamos parar com a inveja e tocar o barco,quer dizer a prefeitura ,trabalha Fruet e fala menos ,aprenda com o governador a quem tanto voces criticam.

  27. O BIGORRILHO É O BAIRRO DOS...
    domingo, 13 de janeiro de 2013 – 17:18 hs

    Enquanto isso os BOBOS do Bigorrilho fingem que o Batel não está tendo RUAS ESTREITADAS e que todo o trânsito PESADO vai sobrar para o PRIMO POBRE – Bigorrilho – do Batel como já fizeram com as docas de hipermercados que ESTUPRARAM o estatudo das cidades favorecendo os MACACOS como bem o disse a Salete.
    Onde anda a Salete?
    No Rio?
    E o que fazem as Associações do tal BIGORRILHO que será a nova BR de CAMINHÕES sem horários para transitar?!
    Até quando?
    E pensar que tinha DOCUMENTO ASSINADO PELOS MAIS ALTOS SECRETÁRIOS DO BETO E DO DUCCI…
    Essa era a Curitiba do Passado.
    Gustavo terá PEITO para mudar essa trágica e DESONESTA REALIDADE ou continuará servindo aos RICOS DO BATEL que parecem querer se fechar em MUROS para serem PEGOS fora deles?
    Se o Bigorrilho ENGOLE tudo calado o que dizer da PERIFERIA?
    Acontece que os MEDIANOS MEDÍOCRES DO BIGORRILHO ainda naõ perceberam que o jogo é pesado e que o BATEL é a ELITE dos que DIVIDIRAM CURITIBA!
    Já a PERIFERIA tem mais históira de LIDERAÇA verdadeira do que os irmãos de cidade do Bigorrilho.
    Não?!
    Se assim não fosse porque o BIGORRILHO está ficando sem praças?
    Chora BIGORRILHO!
    Talvez o Gustavo convide a COMUNIDADE e não apenas certos líderes para uma CONVERSA sobre toda a cidade.
    E quem sabe o GUSTAVO consiga DEVOLVER CURITIBA para todos os Curitibanos…
    Quem sabe?
    Acorda CURITIBA!
    Bom domingo!
    E parabens ao Fábio que nas ENTRELINHAS sempre traz a verdade.
    Quem TEM olhos de VER e ouvidos de OUVIR sabe.
    VOTO DISTRITAL PARA VERADOR – já!
    Antes que a cidade vire o quintal das ‘otoridades’ e seus amigos que continuam – apesar da PASSARELA DAS CAPIVARAS – tendo que atravessar a rua CORRENDO PERIGO.
    Ou você dá aquela imensa VOLTA para atravessar a Rua quando está ali na entrada do Parque sentido bairro?
    Pois é.
    E quem LIMPA A PASSARELA cada vez que alaga?
    Quem PAGA?

  28. Antonio
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2013 – 10:31 hs

    O argumento do Ipuc é que este calçamento de granito é o mesmo valor do outro calçamento que foi colocado nas demais ruas da cidade.
    Ai eu lhes pergunto:
    PORQUE NÃO FOI COLOCADO CALÇAMENTO DE GRANITO NA CIDADE TODA?
    OU OS OUTROS BAIRROS NÃO MERECEM TER UMA CALÇADA DE GRANITO?
    Seus engenheiros e ex prefeitos de MER*#@…….

  29. JULIO CESAR DE SISTI
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2013 – 11:07 hs

    Espero realmente que o Fruet faça isso….deixe as claras o que aconteceu na gestão passada e não use de demagogia barata!!! Põe a boca no trombone, pois esse ex pefeito – que na verdade nunca foi eleito para coisa nenhuma – foi no mínimo um perdulário com o dinheiro público.

  30. Silvajr
    segunda-feira, 14 de janeiro de 2013 – 13:35 hs

    Juca, duvido que um morador do Batel tenha pago por essa calcada de granito, projetos do IPPUC contemplam calçadas gratuitas ao proprietários, porém os contribuintes pagam essas asneiras

  31. regina
    quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 – 17:14 hs

    fruet pare tro lo lo e comece a trabalhar………..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*