Fruet e ACP assinam convênio para combater pichação em Curitiba | Fábio Campana

Fruet e ACP assinam convênio para combater pichação em Curitiba

Gustavo Fruet e o presidente da Associação Comercial do Paraná, Edson José Ramon, assinam nesta quarta-feira um termo de cooperação visando a tomada de providências educativas e corretivas para combater pichações em Curitiba.

A prefeitura deverá redobrar o esforço da Guarda Municipal nas ações de vigilância e detenção de pichadores. O prefeito Gustavo Fruet concorda também com o lançamento de campanhas de esclarecimento da população, especialmente de adolescentes e jovens da rede pública de ensino, para a divulgação dos riscos penais a que estão expostos os pichadores, bem como da conscientização do prejuízo financeiro causado ao patrimônio público e privado.

A Guarda Municipal vai disponibilizar também seu número de telefone (153) para receber informações da população sobre a ação dos vândalos, seguindo o lema escolhido para a campanha que é “Pichação é crime. Denuncie.”

Para dar visibilidade ao esforço que une entidades públicas e privadas no combate à pichação, uma campanha publicitária será divulgada pelos meios de comunicação, com a finalidade de chamar a atenção para a perda de qualidade do padrão arquitetônico e urbanístico da cidade de Curitiba, tida como referência nacional e internacional.


21 comentários

  1. MOTORISTA ATENTO
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 11:02 hs

    MUITO BOM ISSO SR. PREFEITO.
    PORÉM, TENHO UMA SUGESTÃO A LHE FAZER.
    VAMOS PEGAR COMO EXEMPLO A REGIÃO DO BOA VISTA ONDE OS PICHADORES ALÉM DE DANIFICAR O PATRIMÔNIO PÚBLICO AINDA FAZEM A MAIOR GOZAÇÃO COM OS “SERVIÇOS” PRESTADOS PELA GUARDA MUNICIPAL. LÁ AS PICHAÇÕES OCORREM EM BAIXA DAS CÂMERAS DE VIGILÂNCIA DOS GUARDINHAS E NORMALMENTE O SEGURANÇA DE PLANTÃO NÃO VÊ NADA E NÃO OUVE NADA, ESTRANHO ISSO NÉ.
    MINHA SUGESTÃO É QUE SEJA FEITO O REPASSE ATRAVÉS DA SMS, DE MEDICAMENTOS QUE TIRE O SONO DESSE “VIGILANTES”. CASO CONTRÁRIO DE NADA VAI ADIANTAR TANTO INVESTIMENTO.

  2. Eliane
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 11:04 hs

    Que bom que o novo prefeito está pensando em fazer algo com a praga que enfeia nossa cidade. Torço para que dê certo.

  3. tadeu rocha
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 11:21 hs

    parabens prefeito gustavo e parabens para esse homem serio e copetente sr, edson j, ramon, vamos acabar com essa vergonha desses pichadores, cadeia neles é 2anos, olhe la,,,,

  4. Leandro
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 11:49 hs

    Engraçado que no sábado à tarde, por volta das 16 hs no bairro Cristo Rei encontrei dois rapazes pichando um muro na Av. Senador Souza Naves. Na hora tentei ligar para o 153 da Guarda Municipal e por 12 vezes deu ocupado. A seguir tentei o 156 da Prefeitura, que me passou a informação que apenas a Guarda Municipal poderia responder essa solicitação. Enfim, na décima terceira vez que liguei consegui um contato com a Guarda. A dupla de pichadores já havia partido e o atendente do 153 não deu a atanção necessária, dizendo que já haviam feito a denúncia e que seria enviado uma viatura para o local. Lamentável. Sabemos das dificuldades da Guarda Municipal, em relação à efetivo e estrutura, mas qualquer mudança real começa não somente com um efetivo motivado, com salários dignos e condições de trabalho, mas também com pessoas que se sintam e atuem como agentes transformadores desta mudança.

  5. Luciano
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 11:51 hs

    Ótima iniciativa! Tem que combater esses atentados de poluição visual e uma ótima forma é com campanhas educativas, principalmente nas escolas, à exemplo da Família Folha, que até hoje temos o jingle na nossa cabeça e ajudou a revolucionar a cultura local.

  6. segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 12:09 hs

    Até que enfim estão fazendo alguma coisa.
    Não tem coisa mais feia do que uma cidade pichada…
    As autoridades devem colocar essa gurizada para lavar e pintar os edificios (com roupa vermelha)…

  7. Antônio Dercy Silveira filho.
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 12:45 hs

    Fico muito feliz com a iniciativa e espero que resulte em uma cidade limpa e segura. Espero que se estenda especialmente aos bairros São Francisco e Mercês, visivelmente mais atacados pelo vandalismo dos pichadores. As leis e punições devem ser revistas com aplicações de medidas sócio-educativas de verdade, além de multas de verdade para quem pratica esses atos.

  8. Adelino
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 13:03 hs

    Fico indignado em ver que tanto se fala nesse nosso pais em tomar providencias e nada se torna realidade. No Brasil ianfelizmente tudo é movido a tragédia. Tanto os politicos como os orgãos de fiscalização quando algo aconteçe ai todo mundo faz um alvoroço. Nesse caso especfico é so ver a Rua Paula Gomes todos os moradores fazem de tudo para pintar os imóveis e no outro dia estão todos pichados. Parte da culpa desses vandalos são os chamados botecos noturnos que vendem bebifdas alcoolicas até altas horas onde esses vandalos se encontram. É so acabar com o consumo de bebidas nas ruas que mais 50% desses casos são solucionados. E pior de tudo e quando voce vê as pessoas pichando chama a guarda municipal e eles não aparecem ou quando ve chegam duas horas depois. Isso é uma Vergonha.

  9. Carlos
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 13:10 hs

    Amém se essa idéia for prá São Paulo também…

  10. nem carros do estado escapam
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 13:19 hs

    até os onibus do sistema penitenciario foram pichados, dentro do patio

  11. HELCIO MIGUEL KRICKY
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 13:50 hs

    PARABENIZO PELA ATITUDE, POIS ESTÁ INSUPORTÁVEL VER A NOSSA CIDADE E AS NOSSAS PROPRIEDADES TOMADA PELA AÇÃO DESSES VÂNDALOS. SUGIRO QUE ALÉM DA PRISÃO SEJAM TOMADAS AÇÕES DE RESSARCIMENTO AOS ESTRAGOS CAUSADOS POR ESSES DELINQUENTES, INCLUSIVE COM A DIVULGAÇÃO DA FOTO DOS MESMOS.

  12. Rafael Pussoli
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 14:55 hs

    Excelente iniciativa,meus parabens para o Prefeito Gustavo Fruet
    e para o Dr.Edson Ramon da ACP,até a Casa dos Pobres São João Batista,instituição de apoio aos doentes de cancer,cardiopatas,transplantados e migrantes carentes,com 59 anos de existência,nas esquinas da R.Brasilio Itibêre e Piquiri,foi completamente pinchada no ultimo mês de dezembro.
    Necessitamos reeducar nossos jovem ,com valores inerentes as familias.
    .

  13. solução rapida
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 15:02 hs

    muito facil solucionar esse problema. Basta que haja um lei que obrigue o pai do pichador (quando menor de idade) pagar a tinta e ao menor pintar todos os predios que ele pichou. E ainda com uma camiseta escrita: to pagando pelo meu crime!!
    cansei de denunciar isso e acompanhar o trabalho dos policias da guarda municipal…por mais boa vontade que eles tenham…o sistema transforma tudo em pizza.
    lei de verdade e punição de verdade essa é a solução.
    o resto é querer aparecer na midia.

  14. segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 15:08 hs

    Pronto…. la vai uma grana em propaganda “educativa” tem é METER A BORRACHA NESSA VAGABUNDADA, PRENDER “PAI” E “MÃE”.

  15. Tisa Kastrup
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 15:39 hs

    Já não era sem hora, Curitiba está emporcalhada.

  16. ATLETICANO
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 17:26 hs

    Sr. Prefeito, parabéns por essa decisão. Na minha opinião os pichadores pegos no ato ou, através de denúncias comprovadas, deverão fazer a limpeza custeadas por eles (marginais) usando uma jaqueta no cor AMARELA com os seguintes dizeres:
    “DE HOJE EM DIANTE, MANTEREI MINHA CIDADE LIMPA”

  17. VISIONÁRIO
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 18:07 hs

    Não existe ação educativa para este tipo de crime. O combate é
    no “porrete” mesmo. Prendam e façam limpar as pichações com a
    própria língua. Quero ver se vão pichar novamente !!!

  18. jbairro
    segunda-feira, 28 de janeiro de 2013 – 20:34 hs

    Por favor começem qualquer coisa pela região do São Francisco!!! Socorro está tudo pichado principalmente perto dos bares do Torto, Wonka, e os outros da rua Trajano Reis e Paula Gomes.

  19. Rossana Becher
    sábado, 2 de fevereiro de 2013 – 2:17 hs

    No facebook é tudo aberto para quem quiser saber. Já vi tanta pichação do ISK 6
    e sei bem quem são pois estão no face, fica a dica.

  20. antonio carlos
    quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013 – 15:54 hs

    Estava lendo os comentários, e percebi que um senhor que diz se chamar Leandro criticou o atendimento do 153, o engraçado que ele fala que ligou 12 vezes e só foi atendido na 13° vez, ele deve ter ligado pra qualquer outro lugar menos para guarda municipal, pois eu como morador de curitiba sempre ligo para a guarda municipal no 153 e sou prontamente atendido, ele deve rever suas mentiras antes de posta-las aqui, ou apreender usar o telefone senhor Leandro.

  21. Monsueto Araujo de Castro
    domingo, 3 de março de 2013 – 15:11 hs

    ” A pichação é o resultado da falta de sensibilidade, do egoísmo, da vaidade e da disputa, com prejuízo para o cidadão, o poder público e o meio ambiente. ”

    Autor:
    Monsueto Araujo de Castro

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*