Bernardo Figueiredo e o desconforto de Requião | Fábio Campana

Bernardo Figueiredo e o desconforto de Requião



4 comentários

  1. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2013 – 15:25 hs

    Requião tem razão: Tem que tirar o Bernardo e por o mano lá, aquele do guarda-roupa e cuja melhor gestão à frente da Appa nunca será repetida.

  2. Lucas
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2013 – 16:36 hs

    Causa ou não causa desconforto?

  3. Evandro Maciel
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2013 – 17:41 hs

    Vota logo no seu “cumpadre nordestino” e o povinho paranaense não vai ficar desapontado com sua cumplicidade nordestina………………..

  4. Anônimo
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2013 – 18:12 hs

    Senhor Senador da Republica, quando tinha o mandato de Governador do Paraná, o Senhor não tinha um desconforto com seus parentes ocupando altos cargos no Estado, seu irmão Eduardo no Porto de Paranguá o mesmo dos dolares, que desconforto hein ! ou o Mauricio Requião na Educação com as TVs laranjas, que desconfortem hein ! ou sua irmã na Provopar perseguindo funcionários e fazendo campanha politica para eleger o filho, que desconforto hein ! Ou Maria Stella Guerique Requião sua esposa fazendo altos chás da tarde com madames no Museu Oscar Neheimaier da alta sociedade com dinheiro do povo, que desconforto hein! seu sobrinho João Arruda hoje Deputado Federal Superitendente da Cohapar fazendo politica com dinheiro do povo pelo interior, deu certo se elegeu que desconforto hein ! seu primo chefe de setor na sanepar em Piraquara, que desconforto hein ! seu tio Wallace de Mello e Silva conselheiro da Copel, que desconforto hein ! sua sobrinha filha de Heitor diretora na Secretaria de saude, que desconforto hein ! Então Senador aonde mais poderiamos falar em desconfroto que tal o presente a empresa malucelli em que o proprietário e Sogro de seu sobrinho deputado Federal João Arruda presentaço com a contrução da barragem da usina no rio Tibagi tal de usina de Maua se me recordo para não cometer injustiça como o senhor comete tantas, ou aqueles empreiteiros que desciam de helicoptero na granja do governo para acertar as contruções de penitenciarias no Paraná e deixavam queijos e vinhos carissimos para o senhor degustar,e mais seus companheiros de primeira hora que estão nos escalões do governo Federal e Estadual e mesmo assim o Senhor quer escrachar as pessoas que sempre le ajudaram, acorda senador………….. acho que recordar e viver certo !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*