'Fechado', ex-escritório de Rose ganha reforma | Fábio Campana

‘Fechado’, ex-escritório de Rose ganha reforma

Do Claudio Humberto:

Fechado pela presidenta Dilma logo após o escândalo de corrupção e tráfico de influência revelado pela Operação Porto Seguro, que demitiu a ex-chefe Rosemary Noronha, a “Rose”, o escritório de representação em São Paulo será mantido nos trinques, com interiores, fachada e piscina tratada. A licitação para a manutenção da casa na capital paulista será no próximo dia 21, e poderá custar até R$ 45,4 mil anuais.

Palavras ao vento
Ao demitir Rose, ex-assessora especial de Lula, Dilma anunciou que despacharia em 2013 na sede do Banco do Brasil ou na Petrobras.


Um comentário

  1. Lee
    terça-feira, 8 de janeiro de 2013 – 17:51 hs

    Por que não despacha na CEF ou em alguma outra estatal?
    Petrobrás e BB são sociedades de economia mista e seus acionistas não tem que ficar pagando pelos mimos e despesas de atividades alheias aos objetivos e à administração da companhia.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*