Em fevereiro, o novo partido de Marina Silva | Fábio Campana

Em fevereiro, o novo partido de Marina Silva

Marina Silva cria novo partido para lançar sua candidatura à Presidência em 2014. Será em fevereiro, através do recolhimento de assinaturas. Pretende acolher políticos que tenham deixado seus partidos e partirá do Movimento Social Nova Política, criado por ela após sua saída do PV. Especula-se que nomes, como, Roberto Requião, do PMDB, Alessando Molon, do PT do Rio, Heloísa Helena, do PSOL de Alagoas, Reguffe, do PDT do Distrito federal e Domingos Dutra, do PT do Maranhão. estão sendo sondados para deixarem suas legendas e ingressar no partido de Marina Silva.


6 comentários

  1. Pato-branquense
    sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 – 13:33 hs

    Com Requião? Vai começar bem, hein? PQP…

  2. justino bonifacio martins
    sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 – 13:43 hs

    É, de fato a direitona é muito capax, esperta; enquanto as ” esquerdas” continuam divididas, fazendo o jogo da direita; desde o PPS, passando pelo PSB, pelo PCdoB e, infelizmente, até o PCB- o Velho Partidão. Assim como fizeram contra Jango, do Pentágono cooptam quadros despreparados para formarem partidos laranjas a fim de confundirem os eleitores e manterem seu projeto hegemônico de poder. Marina Silva e Heloisa Helena são as bolas da vez usadas pela CIA e pelas elites nacionais. Infelizmente, por personalismo, indivudualismo e outros semvergonhismos tem gente – que eu achava inteligentes- enchendo a bola dessa farsante, dessa tartufa.

  3. tadeu rocha
    sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 – 14:26 hs

    MARINA SILVA, O REQUIAO VOCE PODE LEVAR, VOCE VAI FICAR ALGUNS ANOS SEM MANDATO, MARINA SILVA VOCE TROCOU O PV, PARA OUTRO PARTIDO VOCE PARA MIM JA PERDEU 50%, pula pula marina silva

  4. Lucas
    sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 – 15:39 hs

    Esqueceu Alvaro Dias do PSDB

  5. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 – 16:38 hs

    Pense bem, dona Marina. Tem um nome aí que sei não, hein?

  6. VISIONÁRIO
    sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 – 18:36 hs

    Quando é que a nossa legislação eleitoral vai controlar o número
    exagerado de partido “qualquer coisa” que são fundados no Brasil ??
    É mais um partido que se forma para a drenagem do fundo parti-
    dário e outros recursos afins para nunca dar em nada…
    Os brasileiros pensantes já foram para a UTI há muito tempo…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*