Apartidários são maioria no País pela 1ª vez desde a redemocratização | Fábio Campana

Apartidários são maioria no País pela 1ª vez desde a redemocratização

Julia Duailibi e José Roberto de Toledo, Estadão

Pela primeira vez desde 1988, o número de brasileiros que se declara apartidário superou o de pessoas que afirmam ter preferência por alguma legenda política. Levantamento feito pelo Ibope, a pedido do Estado, mostra que, no final de 2012, 56% das pessoas diziam não ter nenhuma preferência partidária, contra 44% que apontavam preferência por alguma legenda.

Vinte e quatro anos antes, na esteira da redemocratização, apenas 38% das pessoas declaravam não ter um partido da sua preferência – 61% apontavam um favorito.

Os dados do Ibope mostram uma queda na popularidade do PT entre os brasileiros desde março de 2010, último ano do governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Naquele momento, antes de a campanha eleitoral esquentar, o partido atingiu o auge na preferência dos eleitores: 33% dos entrevistados. Em outubro de 2012, o porcentual caíra para 24%.


10 comentários

  1. OCIMAR
    domingo, 20 de janeiro de 2013 – 12:21 hs

    O POVO ESTA SE REDIMINDO E EM TEMPO,LUGAR DESSES ” PTRAIS ” É NA CADEIA,OU SETE PALMOS EM BAIXO DA TERRA,DE PREFERÊNCIA EM UM ATERRO SANITÁRIO QUE É PARA NÃO CONTAMINAR O QUE ESTA LIMPO.

  2. salete cesconeto de arruda
    domingo, 20 de janeiro de 2013 – 14:29 hs

    Com o PIG destruindo PARTIDOS as pessoas estão preferindo votar sem se filiarem. Curitiba teve em 2012 – a ELEIÇÃO DO SILÊNCIO – para prefeito. Nunca ví tantos CALADOS votando em GUSTAVO como nesse pleito. Logo na cidade onde o PSDB parecia dominar a área.

  3. Gilmar Trento
    domingo, 20 de janeiro de 2013 – 22:49 hs

    O Ibope revela tambem que o PT aparace com 24% da preferencia do povo PMDB com 6% eo PSDB com apenas 5% mostra que a oposição esta em decadencia, esta acontecendo que o povo não acredita mais na DIREITA BRASILEIRA

  4. Helena
    domingo, 20 de janeiro de 2013 – 23:28 hs

    SALETE, entro nessa estatísitica, pois, fui filiada a um único partido, ai que decepção! Advinhe qual era o partido??? aquele que você ainda acredita, eu acordei cedo, acorde mulher!!!

  5. sergio silvestre
    segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 – 0:29 hs

    Campana o que não esta ai,e que o psdb está em extinção.
    Só 4% cita este partido nas entrevistas,enquanto o pt é citado em 24%.
    Se não acharem seu ELDORADO,a oposição ,mais a imprensa com pouca verba,vai ficar anos malhando o PT sem assumir a presidencia.

  6. Márcio
    segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 – 9:18 hs

    Campana.
    Faltou dizer que se o PT (só) tem 24% de preferência, o segundo lugar tem 6% (PMDB), e o terceiro 5% (PSDB).

  7. Marcio
    segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 – 10:33 hs

    Esqueveram de informar que o segundo partido mais lembrado é o PMDB com com 6%, e o PSDB, com 5%, ou seja, o PT está ainda muito a frente dos demais.

  8. Helena
    segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 – 19:07 hs

    Vai ficar até quando o dinheiro deles der para comprar todo mundo, quando acabar, os honestos, sejam quem for, entraram em evidência e salvarão a economia nacional da ameaçadora INFLAÇÃO EXTINTA COM O PLANO REAL.
    ESQUECERAM DISSO PETISTAS???

  9. OCIMAR
    terça-feira, 22 de janeiro de 2013 – 8:33 hs

    É PRA VER QUANTO OTÁRIO AINDA EXISTE NO PAÍS.

  10. salete cesconeto de arruda
    terça-feira, 22 de janeiro de 2013 – 11:59 hs

    Helena
    Acho que você é homem. Esse acorda mulher… enquanto sexóloga não me engana. Salvo que você se identifique vou continuar pensando que és homem. Quanto a acreditar em partidos eu repito: só existe um que foi passado a limpo e até cruelmente como dizem grandes JORNALISTAS SÁBIOS. Então fico com eles. Não sou filiada mas RESPEITO os mais POBRES que escolheram de forma CONSCIENTE o PT.
    E você?
    Já foi militante de alguma coisa ou apenas grita nestes espaços?
    Conhece toda a periferia de Curitiba e como ficou abandonada nestes últimos anos?
    Quer fazer um passeio?
    Estás convidando.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*