46% dos gastos via cartão corporativo são mantidos em segredo | Fábio Campana

46% dos gastos via cartão corporativo são mantidos em segredo

De Alana Rizzo, Estadão:

Em 2012, ano em que a Lei de Acesso à Informação entrou em vigor, quase metade dos gastos com cartões corporativos do governo federal foi mantida em segredo. O argumento é que são informações estratégicas para a segurança da sociedade e do Estado brasileiro.

Entre janeiro e setembro, 46,2% das despesas via cartão foram classificadas como sigilosas – as informações referentes aos meses finais de 2012 ainda não foram enviadas pelo Banco do Brasil à Controladoria-Geral da União (CGU) para divulgação no Portal da Transparência do governo.

Ao todo, na administração pública, os portadores dos mais de 13 mil cartões de pagamento do governo espalhados pelo País gastaram, de forma secreta, R$ 21,3 milhões dos R$ 46,1 milhões pagos pelo chamado suprimento de fundos. A maioria é de compras e saques da Presidência da República, da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e da Polícia Federal. Na Presidência, 95% das despesas com cartões são sigilosas.


2 comentários

  1. domingo, 6 de janeiro de 2013 – 14:31 hs

    Como é que é? ( informações estratégicas para a segurança da sociedade e do Estado brasileiro?) É O FIM DO MUNDO VÃO TUDO À PQP CAMBADA DE LADRÕES VAGABUNDOS E SAFADOS, É NISSO QUE VAI NOSSO PAGAMENTO DE IMPOSTOS ??.

  2. zukim
    domingo, 6 de janeiro de 2013 – 15:21 hs

    fabio, veja o face do novo pres da fund cult curitiba chamando a vereadora q forjou o sequestro de grande amiga e tals… ahahahahahahah

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*