Reação imediata | Fábio Campana

Reação imediata

Do Lauro Jardim:

A notícia de que a cúpula do PMDB irá enquadrar seus deputados pela aprovação das MPs do setor elétrico na segunda-feira caiu como bomba na Câmara (Lei mais em: De cima para baixo). Que Michel Temer não ouça o que estão dizendo dele por lá.

Os comentários vão desde críticas de subserviência desmedida à ameaças de retirada de apoio a Henrique Eduardo Alves, na Câmara, e Renan Calheiros, no Senado. Há parlamentar afirmando que, em vez de enquadrar, a cúpula peemdebista será enquadrado na segunda-feira.

Difícil é imaginar que algum correligionário tenha dito isso diretamente a Temer. Só a reunião de segunda-feira mostrará quem recuou: o partido abaixará o tom ou os deputados, a cabeça?


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*