Para Dilma, falar em racionamento de energia é ridículo | Fábio Campana

Para Dilma, falar em racionamento de energia é ridículo

Da Agencia Estado:

BRASÍLIA – A presidente Dilma Rousseff admitiu novos riscos de interrupção de energia elétrica, mas rejeitou o termo “apagão”. Dilma disse que os cortes de luz são provocados, na maioria das vezes, por falha humana e afirmou que o maior problema é a demora no restabelecimento da energia. Em café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto nesta quinta-feira, a presidente definiu como “ridículo” o comentário de que o Brasil pode sofrer racionamento.

“Quando falarem para vocês que caiu um raio, vocês gargalhem”, disse Dilma aos repórteres. “Raio cai todo dia nesse País, a toda hora. Raio não pode desligar sistema. Se desligou, é falha humana. Não é sério dizer que a culpa é do raio. A nossa briga é para impedir que, quando o raio cai, o sistema pare.”

Dilma também atribuiu a “falha humana” a falta de luz que atingiu, na noite passada, o Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. “O sistema elétrico do Galeão inteiro terá de ser trocado. No Rio de Janeiro, sempre que a temperatura passa de 40 (graus), a Light tem problema.”

Para a presidente, o sistema elétrico tem de ser “implacável” com as interrupções. “Não podemos aceitar conviver com isso”, insistiu. Ela afirmou, ainda, que o governo investirá na manutenção da rede, em 2013, e lembrou que, antigamente, todos os recursos eram destinados somente à transmissão e à geração de energia por falta de verba. “Não tinha dinheiro, não tinha tarifa. Você faz o quê? Não tem mágica. Agora vamos fazer as duas coisas porque temos dinheiro. É bastante recente que voltamos a investir em hidrelétricas”, comentou, citando as usinas de Santo Antônio e Jirau.

A presidente usou, ainda, uma expressão mineira para dizer que o Brasil tem condições para aplicar a verba nessa área. “Estamos saindo (da fase) da mão para a boca”, disse. “Acho ridículo dizer que o Brasil corre risco de racionamento.”

Leia mais em Para Dilma, é ridículo falar em racionamento de energia.


11 comentários

  1. Viezzer
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 11:03 hs

    “O pior cego, é aquele que não quer ver.”…Quando haviam problemas de energia no Governo Lula, o corintiano colocava a culpa no antecessor Fernando Henrique…Agora fica complicado para a atual presidente colocar a culpa em seu antecessor, pois ele foi o criador dela…Daí temos de ouvir essas baboseiras…

    Isso é Brasil, onde muito se fala e pouco se faz…

  2. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 12:31 hs

    RIDÍCULO, é não investir em modernização e manutenção.

    Aliás, Dilma, em “ato falho”, disse que o país NÃO INVESTIU, NOS ÚLTIMOS ANOS, EM ENeRGIA.

    Lembrando:

    Os últimos 10 ANOS, são de governo do PT,
    Lula e dilma.

  3. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 12:34 hs

    Mais,

    Burrice pura:

    Podem rir, quando disserem que raio causa apagão…

    – Palavras da DILMA -.

    Na verdade, RAIOS podem causar APAGÕES.

    Acontece, que por falta de MODERNIZAÇÃO ou de manutenção, o peoblema “apagão”, que deveria ser “bloqueado”, ficando restrito ao local, acaba se alastrando e “DERRUBANDO” usinas e linhas, causando um APAGÃO GENERALIZADO.

  4. Sergio R.
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 13:37 hs

    Também acredito que seja falha humana. A humana que está na presidência, o humano que está no ministério de Minas e Energia, os humanos companheiros que não têm projetos para o setor, os humanos do governo que não investem. Sobra pro coitado do humano que tem que aguentar calado, que a culpa é sua por não ter religado rápido todo o sistema. E isto é só o começo do verão…

  5. Pedro Gunha
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 17:52 hs

    A petezada não assume mesmo a sua incompetência, apenas muda os nomes das coisas. Agora, Roubalheira mudou para malfeitos, Privatização virou concessão, apagão virou falha humana. Qual será a apróxima invenção?

  6. kiko
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 18:34 hs

    A diferença entre os companheiros 51 e a presidente, é que ela não pode por a culpa nem no FHC e nem no 51. Aí fica pondo a culpa pelso apagões nos empregados das empresas de energia elétrica. Kiko

  7. Zangado
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 20:08 hs

    Claro que é rídiculo – é incompetência governamental mesmo !!!
    Além de se expressar mal, não convence nem o mais perplexo orangotango …

  8. Troll
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 21:38 hs

    Burra no “ultimo”!
    Após tantos anos atuando no setor elétrico ,não aprendeu nada.
    Deveria repassar alguns conceitos básicos como descargas diretas, surtos induzidos e nível básico de impulso em vez de generalizar da forma com que o fez.
    Falhas humanas existem , e muitas. Porém se houver uma descarga direta de grande magnitude nem Cristo segura o Sistema elétrico em pé.
    Burra no “ultimo”

  9. Deutsch
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 – 22:05 hs

    Essa é a dilmANTA a presidANTA.
    Não se preocupe dona ANTA, seu “pibão” já tá preparado para lhe escangalhar em 2014.

  10. sergio silvestre
    sábado, 29 de dezembro de 2012 – 14:54 hs

    Aproxima invenção será um pedro gunha com saco e bilau.

  11. sergio silvestre
    sábado, 29 de dezembro de 2012 – 14:55 hs

    Isso é só para divertir os moderadores do blog.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*