Novo projeto de reajuste das custas judiciais é lido em Plenário e já tramita | Fábio Campana

Novo projeto de reajuste das custas judiciais é lido em Plenário e já tramita

Começou a tramitar hoje o novo projeto de lei que reajusta o valor das custas judiciais e as taxas cartorárias em 18,5%. Ele foi lido no início da sessão plenária de hoje e substitui a proposta anterior a pedido do próprio Judiciário.

O texto anterior foi alvo de críticas por parte de muitos deputados, inclusive do presidente da Assembleia, Valdir Rossoni. Os aumentos na antiga proposta chegavam, em alguns casos, a mais de 1.000%. Agora, com a redução dos valores, o texto é apresentado ao plenário para deliberação. A nova proposta considera a variação da atualização da Unidade Padrão Fiscal do Paraná (UPF), para os exercícios financeiros de 2010, 2011 e 2012.

“Foi retirada a mensagem daqueles aumentos que considerávamos abusivos, e eram abusivos, e agora veio uma mensagem em torno de 18%. Vou cumprir o que determina a Constituição. Vou colocar em pauta para ser apreciado pelos deputados”, disse o chefe do Poder Legislativo, lembrando que o projeto deverá estar em condições de se analisado nesta semana. “Já foi feita a leitura e deve entrar em votação a partir de amanhã”, declarou Rossoni.


4 comentários

  1. caruncho
    segunda-feira, 17 de dezembro de 2012 – 21:40 hs

    COLOCARAM O BODE NA SALA,TIRARAM O BODE E COLOCARAM UM CAVALO, E OS BURROS VÃO TER QUE ENGOLIR. 18,5 POR CENTO , QUEM TEVE ESSE INDICE DE AUMENTO ? SÓ O TJ DO PARANÁ PARA EMPURRAR GOELA ABAIXO UM AUMENTO DESSES, E OS NOSSOS NOBRES DEPUTADOS SE FINGEM DE MORTO E APROVAM ESSE AUMENTO ABSURDO.

  2. loop
    segunda-feira, 17 de dezembro de 2012 – 22:00 hs

    A título de concorrência, nem de longe pensar em cartórios que mais parecem bancos, RESPEITANDO A ANTIGA LEI da desburocratização … Como faço para abrir um cartório? Seria burocrático?

  3. Origem
    terça-feira, 18 de dezembro de 2012 – 8:51 hs

    TUDO IGUAL E SO PARA ENGANAR, ISTO É UMA VERGONHO CADE O INTERESSE DO POVO PARANAENSE

  4. terça-feira, 18 de dezembro de 2012 – 10:43 hs

    Em 2009 eu pagava pelo registro de um imovel em torno de 450,00 reais hoje se paga mais de 600,00. Houve um aumento de mais de 35% em 2010, e agora vem com esses 18,5%, se juntarmos os dois em menos de 2 anos quase 60% de aumento. A alegria dos donos de cartorios é tanto, que eles ja estão tirando seus iates e barcos, para festejarem. Mas la em Miami né?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*