Na Argentina, uma onda de saques intensifica a disputa entre governo de Cristina e sindicalistas | Fábio Campana

Na Argentina, uma onda de saques intensifica a disputa entre governo de Cristina e sindicalistas

Do Josias de Souza:

Iniciada na periferia de Bariloche há dois dias, uma onda de saques alastrou-se para outras duas cidades da Argentina: Santa Fé e San Fernando, esta última na província de Buenos Aires. Num intervalo de 48 horas –entre quinta e sexta-feira— registraram-se duas mortes. Cerca de cem pessoas ficaram feridas. Os principais alvos são os supermercados. Os saqueadores levam comida, mas carregam também toda sorte de produtos –de brinquedos a televisores e eletrodomésticos. Acionada, a polícia é recebida a paus e pedras.

Governo e sindicalistas acusam-se mutuamente pela desordem. Chefe da Casa Civil da presidente Cristina Kirchner, Abal Medina declarou que o pedaço do sindicalismo que se opõe ao governo de sua chefe está “por trás” dos saques. Mencionou três categorias: caminhoneiros, trabalhadores de bares e restaurants e professores.

Líder dos sindicatos de caminhoneiros, o presidente da Central Geral dos Trabalhadores, Hugo Moyano, desdisse o assessor de Cristina. Os saques “podem ter sido organizados pelo próprio poder”, declarou ele. Não há política por trás das ações, acrescentou Moyano. O problema é que “muita gente está passando por dificuldades” econômicas.

A encrenca iça 2001 ao topo da memória dos argentinos. Naquele ano, uma onda de saques levou 38 pessoas à sepultura, submeteu o país ao estado de sírio e escancarou a ruína do governo do então presidente Fernando de la Rúa. Sob Cristina, a Argentina arrostou no ano passado 24% de inflação com crescimento de 8%. Chega ao Natal de 2012 com a mesma taxa inflacionária, mas com o crescimento econômico na casa de 1%.

Contra esse pano de fundo inflamado, Cristina Kirchner risca dois fósforos: com um, mantém acesa a guerra judicial do governo contra o grupo de mídia Clarin, o mais influente da Argentina. Com outro, liga as fornalhas de uma articulação que visa alterar a Constituição para abrir caminho para mais um mandato presidencial.


9 comentários

  1. ubiracy gudeiki
    sábado, 22 de dezembro de 2012 – 10:53 hs

    aqui tá tudo bom o crescimento de 1%, salário defasado para todas as categorias, o aposentado ganha uma merreca e tá tudo bem. sorte que o mundo não acabou e o flávio arns salvou a lavoura com essa para os professores de educação fisica é brincadeira.

  2. O CURITIBANO
    sábado, 22 de dezembro de 2012 – 11:37 hs

    A NOTA DO SENADOR . NA AVALIAÇÃO DO CONGRESSO

    3,5…. É DIGNO DELE………………

  3. celestino
    sábado, 22 de dezembro de 2012 – 11:59 hs

    Se esta moda chegar para o Brasil, quem sabe os politicos façam alguma coisa.

  4. Sergio R.
    sábado, 22 de dezembro de 2012 – 12:47 hs

    Mais uma incompetente mostrando serviço. Quebrou o povo, as instituições e está terminando de quebrar o país.

  5. DEXTER
    sábado, 22 de dezembro de 2012 – 12:47 hs

    Esse é o futuro do Brasil governado pelo PT!

  6. Mutatis Mutandis
    sábado, 22 de dezembro de 2012 – 13:21 hs

    Isso chama-se: Futuro do Brasil PETRALHA.

    É exatamente isso que o PT está plantando.

  7. kiko
    sábado, 22 de dezembro de 2012 – 18:13 hs

    Madame K está colhendo o fruto amargo da demagogia. E das idéias bizarras dos gurus amigos dos filhos. Como a realidade não se enfrenta com demagogia, só podia ter dado nisto. Os desafetos de hoje são os aliados de ontem. E todos, mas absolutamente todos, tem razão. O caos se aproxima, mas o risco de golpe de estado é mínimo, porque os milicos de lá não vão querer pegar este abacaxi de novo para descascar. Kiko

  8. OCIMAR
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 8:37 hs

    O BRASIL AINDA ESTA A SALVO POR CONTA DO REAL,MESMO QUE ESSA QUADRILHA DE VAGABUNDOS O DESVALORIZARAM,ASSIM MESMO A NOSSA MOEDA ESTA RESISTIDO,DANDO UMA VIDA MELHOR AOS BRASILEIROS,TANTO AOS QUE TRABALHAM QUANTO AOS ENCOSTADOS NO DINHEIRO PÚBLICO,BOLSA ISSO

  9. zangado
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 15:44 hs

    La Pinguina precisa tomar samancal – vai levar a Argentina a chorar lágrimas de sangre …

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*